Troca bem sucedida: As 10 palmeiras sobreviventes

Árvores cinquentenárias foram retiradas da Praça da Alfândega e replantadas

Árvores retiradas da Praça da Alfândega e transplantadas em outros pontos sobreviveram à mudança As 10 palmeiras já estão com brotos novos, após serem retiradas da Praça da Alfândega, no centro de Porto Alegre, em agosto e logo replantadas em outros pontos.

Nove das árvores foram recolocadas em frente do Museu de Arte do Rio Grande do Sul (Margs), distante alguns metros do local onde estavam havia 50 anos. A décima foi plantada no canteiro central da Avenida João Pessoa, nas proximidades da esquina com a Avenida Princesa Isabel.

– Todas ainda estão com escoras, que deverão ser retiradas nos próximos seis meses – informou a bióloga Regina Patrocínio, gerente da Zonal Centro da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam).

Embora a tecnologia de remoção e recolocação de árvores seja segura, Regina disse que os primeiros quatro meses da operação são considerados críticos.

– É o período em que podem ocorrer problemas, como a árvore não “pegar”, o que significa que ela pode morrer. Mas todas as 10 palmeiras pegaram – comemorou a bióloga.

O primeiro sinal de que a operação foi bem-sucedida foi o nascimento de brotos novos. Isso já aconteceu com as 10 palmeiras. A árvore que teve maior dificuldade de pegar foi a plantada no canteiro da João Pessoa, onde existem outras palmeiras.

– Ela substituiu uma que morreu–lembrou Adilson Bica, comerciante há vários anos no local.

Segundo Regina não há uma única explicação técnica para as dificuldades enfrentadas pela palmeira transplantada para a João Pessoa.

– Pode ter sido uma soma de fatores, incluindo a qualidade do solo. Felizmente, ela superou tudo e acabou pegando – disse a bióloga.

As nove palmeiras transplantadas para as proximidades do Margs estão integradas ao projeto Monumenta que, entre outros objetivos, tem a finalidade de recompor a paisagem que o local tinha em 1924. Getúlio Fraga, que engraxa sapatos na Alfândega há 30 anos, disse o seguinte:

– Torci para que as palmeiras sobrevivessem. A praça estava muito feia.

A praça está fechada por tapumes e a previsão é de que as obras sejam concluídas até outubro.

 ZH



Categorias:Parques da Cidade, Revitalização do centro

Tags:, ,

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: