SEMANA DE PORTO ALEGRE – Exposição projeta o futuro de Porto Alegre

Na cerimônia de abertura da principal atração da Semana de Porto Alegre, Eu, Porto Alegre, a Cidade do Futuro, o prefeito José Fogaça ressaltou que a exposição “é a cidade na sua identidade mostrando o que ela pretende ser no futuro”.  Aberta ao público, a mostra pode ser conferida das 9h às 21h, até o dia 4 de abril, na Usina do Gasômetro.

Na mostra que promete divertir a garotada, imagens gigantes exibem os projetos para a cidade. Foto: Fernando Gomes, ZH

Com planejamento da Coordenação de Comunicação Social da prefeitura, a exposição apresenta como será Porto Alegre nos próximos anos, com a execução de obras estratégicas para a qualificação urbana e ambiental da cidade.

São sete espaços de interatividade e tecnologia que mostram aos visitantes como será a Capital depois da execução de importantes projetos para qualificar o trânsito, o transporte e a mobilidade urbana, proporcionar maior segurança e moradias dignas, revitalizar áreas do Centro Histórico, além de trazer investimentos e incrementar a economia da cidade, trazendo mais qualidade de vida à população. “O que vemos aqui são cartões postais do futuro para que as pessoas possam entender como a cidade se transformará. Não se trata de sonho e ideologias imaginárias, são projetos existentes, com recursos garantidos e com obras em plena execução. Nos 238 anos de Porto Alegre, queremos mostrar a cidade que estamos modulando, definindo e construindo nos últimos anos”, enfatizou Fogaça.

Na chegada, o público pode conhecer e sentir como serão as estações dos Portais da Cidade, sistema que visa a qualificação o transporte público. Ao longo do espaço da exposição, o visitante pode conhecer uma representação eletrônica que simboliza o Projeto Integrado Socioambiental numa combinação de tratamento de esgotos e despoluição da água do Guaíba. Pedalar bicicletas dispostas em raias simuladas dá ao visitante a sensação de estar passeando por ciclovias e ciclofaixas da Capital.

Um ambiente com lâmpadas e espelhos mostra a revitalização da iluminação da cidade pelo programa Porto Alegre + Luz. “Esta não é uma exposição para ser apenas visitada. É para ser vista, sentida, imaginada e projetada, tal como é a dinâmica da vida, a dinâmica de uma cidade”, afirmou o supervisor de Comunicação Social da prefeitura, Anílson Costa, sobre os impactos e sensações provocados pela exposição.

Um passeio por um grande deck dá ao visitante a ideia de como será o Cais Mauá depois de revitalizado. As obras da Copa do Mundo de 2014 são apresentadas dentro de uma representação de estádio, em estilo de narração esportiva, a partir do momento em que o visitante tocar em uma bola de futebol fixada no centro de um gramado sintético. Na saída da exposição, o visitante se despede conhecendo um ambiente que simboliza à mudança de centenas de famílias das vilas Dique e Nazaré para novas moradias. Dignidade e cidadania é o tom do projeto que está vinculado à duplicação da pista do Aeroporto Salgado Filho. Todos os espaços contam com vídeos explicativos dos detalhes das iniciativas com vinhetas eletrônicas e efeitos especiais de sonorização.

A mostra tem produção da Capacità Eventos e direção artística de Marcelo Bacchin. “Cada espaço tem identidade própria e o conceito do projeto que está abrigando. A ideia é trazer tecnologia para a cidade, com interação sensorial e emocional do público”, explica Bacchin. Em cada projeto apresentado, o visitante poderá ainda identificar as parcerias realizadas pela prefeitura para realizar as obras, entre elas, os governos federal, estadual, entidades e iniciativa privada. São projetos que desenham o futuro da cidade e que ganham relevo na semana em que Porto Alegre completa 238 anos.

A cerimônia de abertura da exposição contou com a presença do vice-prefeito José Fortunati; da primeira-dama Isabela Fogaça; do secretários de Comunicação Social, Anilson Costa; de Gestão e Acompanhamento Estratégico, Clóvis Magalhães; de Cultura, Sérgius Gonzaga; de Educação, Cleci Jurach, e dos diretores do Dmae, Flávio Presser, do DMLU, Mário Moncks, do Dehmab, Humberto Goulart, entre outras autoridades.

Percorrendo a exposição:

Portais da Cidade – Primeiro espaço da exposição onde são mostrados, através da simulação de uma estação, por onde os visitantes entram na mostra. Monitores de TVs apresentam todo o projeto. Na saída da exposição, uma porta se abre liberando o acesso à exposição.  

Pisa – O visitante acessa um ambiente todo azul, onde três grandes telas projetam a imagem de uma gota de água caindo em um recipiente. No teto, canos refletem no piso espelhado a queda da água e seu movimento, criando um ambiente de purificação onde as pessoas fiquem próximas da água.

Porto Alegre + Luz – Espaço branco circular onde lâmpadas no teto ajustadas por dimer, sincronizado com o som ambiente, dão a sensação da ampliação da iluminação na Capital. Ao passar as mãos pelo totem, a palavra “luz” surgirá em vários idiomas.

Copa 2014 – O público passa por um enorme gramado de piso sintético com duas telas circulares de 12 metros por 3,4 metros com vinhetas contendo elementos de futebol. No centro do gramado, um totem em forma de bola de futebol deve ser pressionado pelo público, acionando os vídeos com os projetos previstos para a realização do mundial.

Ciclovias – O visitante encontra sete bicicletas com monitores de TV posicionados em frente, mostrando imagens das ciclovias. Ao pedalar a bicicleta e colocar o fone de ouvido, tem a impressão de estar pedalando pelas ciclovias e conhecerá o Plano Cicloviário.

Cais Mauá – Num grande deck , um projetor de 15 metros de comprimento mostra um skyline com imagens da cidade. A cada três minutos, o projetor faz um percurso de 12 horas na imagem do amanhecer até o anoitecer. Junto ao deck, lunetas futurísticas apresentam o vídeo do projeto de revitalização do Cais.

Cidadania –  Último espaço da exposição, consiste em uma sala de espelho com piso vermelho onde um vídeo rodando em looping mostra o projeto de mudança das famílias das Vilas Dique e Nazaré, que possibilitará a ampliação da pista do Aeroporto Internacional Salgado Filho. Pessoas se misturam às imagens do vídeo, rebatidas em vários espelhos, tomando parte da cidade, em um conceito de inclusão.

o quê: Exposição “Eu, Porto Alegre, a Cidade do Futuro”
onde Usina do Gasômetro
horário: das 9h às 21h
até quando: dia 4 de Abril
entrada franca

Fonte: prefeitura de Porto Alegre



Categorias:COPA 2014, portais da cidade, Revitalização do centro, TURISMO

Tags:, ,

%d blogueiros gostam disto: