Prefeitura de Guaíba já estuda isenção de impostos às indústrias

Para o prefeito de Guaíba, Henrique Tavares, a iniciativa do Distrito Industrial valoriza a área de 900 hectares, ociosa há quase 11 anos. “Para nós, tem significado especial. Além de permitir geração de empregos, teremos melhora na arrecadação.” Freitas não descarta a possibilidade de a prefeitura conceder isenções parciais de ISSQN e IPTU para empreendedores que, porventura, optem por investir no local.

A presidente da Câmara Municipal, Paula Parolli, fez emocionado discurso evidenciando a criação do Distrito. Lembrou que desde 29 de abril de 1999, quando a Ford desistiu de instalar a fábrica, a população sonhava com um investimento na área destinada à montadora. “A partir de agora, o terreno não mais será chamado de terra da Ford, mas de Distrito Industrial de Guaíba.” A vereadora afirmou que a iniciativa tem compromisso social com a cidade por estar devolvendo a esperança aos seus habitantes.
 

Correio do Povo



Categorias:Economia Estadual

Tags:,

%d blogueiros gostam disto: