Gramado não se interessa por delegações da Copa. Como fica Porto Alegre com essa?

Gramado refuga convite para abrigar delegações da Copa 2014

Pouco antes de sair do cargo de secretário extraordinário da Copa do Mundo 2014, o deputado Paulo Odone entregou ao presidente da Famurs o Manual para Apresentação de Candidaturas a Campo Base para Equipes.

. As cidades que queiram receber delegações devem se inscrever até o dia 30 de abril.

. A prefeitura de Gramado já se apressou a dizer que não faz questão alguma de abrigar delegação alguma.

Políbio Braga

____________________________________________

Haverá 72 horas entre um jogo e outro. Porto Alegre terá atrações que segurem os turistas do Brasil e do mundo ?  Ou a solução será ter que botar ônibus de 10 em 10 minutos para Gramado ?

RicardoH



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , ,

9 respostas

  1. Já escrevi demais… sei que a cidade tem muito a melhorar nessa área. Mas as coisas estão andando. O centro está sendo revitalizado (aqui no blog têm diversas notícias sobre isso); o projeto Cais Mauá vai sair do papel; teremos um bonde histórico; a praça da Alfândega está sendo revitalizada, assim como o Largo Glênio Perez; o Pontal do Estaleiro será construído; a prefeitura pretende investir (com recursos do Prodetur) US$ 15 milhões na urbanização da orla; a Arena está sendo construída e o Beira-Rio reformado… mas acredito que o fundamental para melhorarmos nosso turismo é uma campanha com a população de valorização da cidade e de seus atrativos. E pra quem disse que PoA não tem belezas naturais: visitem as Ilhas do Guaíba, os morros da Capital, a zona rural e o Parque de Itapuã.

    Curtir

  2. Uma das coisas que mais me chamaram a atenção em BsAs foi o Museu Casa Gardel. Numa ruazinha afastada, sem nenhum grande atrativo, nada de interessante lá dentro… e mesmo assim, milhares de turistas visitam o lugar… mesmo sem conhecer nada sobre o músico. E o que fazemos com nossos museus, que possuem melhor estrutura? E com nossos artistas? Pq não usamos Mario Quintana e seus poemas sobre a cidade como produto turístico… tipo, fazer uns cartões postais com fotos da cidade e versos de Quintana. Olhem a beleza que é a Casa de Cultura Mario Quintana. Se aquilo não é atração turística, não sei o que é.

    Curtir

  3. No ano passado, aqui no blog, fiz uma comparação turística entre Buenos Aires e Porto Alegre (guardadas as devidas proporções). E, tendo voltado à Buenos Aires recentemente, repito: o que nos falta é valorizar as nossas atrações. Vejamos… o que é o Caminito? Uma quadra, com artesãos, casas caindo aos pedaços, lojinhas de bugigangas, localizada num bairro perigosíssimo – que nenhum turista pode conhecer sozinho. Mesmo assim, milhões de turistas visitam esse lugar. Por quê? Pois o povo de lá acha aquilo maravilhoso e faz propaganda pra quem quer que chegue a cidade. E aqui? Um turista chega e os próprios porto-alegrenses falam: “aqui não tem nada pro turista ver”. Assim é óbvio que os visitantes irão para Gramado ou Canela. Voltando à comparação BsAs x PoA… o que é a Calle Florida se não uma rua de comércio, igual a nossa Rua da Praia? E não venham me dizer que nosso centro está em péssimas condições de receber turistas… o centro da capital argentina está imundo, sujo, pichado, com mendigos e pedintes em cada esquina. Mas lá, tudo vira turismo. Até cemitério (e olhem que o nosso cemitério da Sta Casa tem túmulos tão lindos qto os da Recoleta).

    Curtir

  4. O maior entrave para o turismo da cidade é seu povo, que não valoriza as atrações de Porto Alegre. E isso acaba tendo reflexos na (falta de) participação dos órgãos públicos nessa área – afinal, os políticos são eleitos pelo povo. Porto Alegre tem tantas atrações quanto qualquer cidade citada acima (Belezas naturais de floripa? Aquela orla fedendo a esgoto?). Só que aqui, ninguém valoriza ou reconhece que essas são, realmente, atrações turísticas. É só olhar as fotos que o autor do post usou para falar do turismo de PoA… pq não uma foto da Usina, do Iberê ou do Mercado? Não são atrações? Ou, então, que colocasse renders do Cais Mauá, do Teatro da Ospa, da Arena ou do Beira-Rio. Mas não… na mentalidade porto-alegrense, nada é turístico! Depois falamos dos “contra-tudo”…

    Curtir

  5. Porto Alegre não pode competir com cidades que possuem belezas naturas e são em suas essencias, cidades voltadas para o turismo (Rio, Salvador, floripa etc).

    Evidentemente que precisamos valorizar a orla, o cais e o centro histórico (urgentemente). O “velho” e o novo devem viver juntos, deve existir espaço para ambos.

    Precisamos desenvolver nossas caracteristas e qualidades que são muitas, dois exemplos distintos: Nosso Tradicionalismo e a noite de porto alegre.

    Mas precisamos ir além e desenvolver uma cidade voltada para novos negócios. Porto Alegre precisa ser um ponto de encontro de eventos empresarias.

    Acho que é por ai…..

    Curtir

  6. Se eu fosse um turista de longe, não pegaria um avião para Porto Alegre só por causa do Caias Mauá. Se fosse por causa disso, eu iria para o Rio, que também vai fazer um cais, mas tem ainda uma ORLA maravilhosa, ou iria para Buenos Aires, que tem um cais do porto maior e uma cidadade que é e quer ser “do mundo”, ou para Salvador, que tem a belíssima marina Bahia com acesso, lazer e beleza na orla…
    Não andaria horas de avião pra fazer turismo em Porto Alegre “só” por causa o cais mauá e centro um pouco melhor (e o esqueleto, como vai?).
    Não me venham falar de cultura, pois se é por isso vou para Rio de Janeiro, São Paulo ou Buenos Aires, que tem até mais ofertas culturais que aqui, pois lá também tem museus deslumbrantes, locais historicos, etc.

    No mínimo eu iria querer em Porto Alegre um hotel num local maravilhoso junto à orla, e lazer qualificado e fascinante em marinas, ou restaurantes com vistas panorâmicas, no alto de prédios ou na orla.
    Toda cidade cosmopolita e grande tem isso. Aqui não há desculpa para continuar não tendo.

    Curtir

  7. Mesmo sndo maravilhoso pra cidade, acho pouco para atrair turista de outros lugares do Brasil e do mundo.

    Tu iria pra Belém do Pará só por causa do cais do porto deles revitalizado?

    Curtir

  8. O centro velho revitalizado e o Cais Mauá são as grandes chances de Poa não passar vergonha na copa de 2014.

    Curtir

  9. Já temos atrações suficientes e novas surgirão. Resta que o poder púbico dê uma “ajeitada” e uma “melhorada” e que os porto-alegrenses conheçam e valorizem esses pontos turísticos. Se os próprios moradores da cidade disserem que aqui não há nada pra visitar, aí sim os turistas irão pra outras cidades.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: