Isenções para estádios da Copa 2014 beneficiam Beira-Rio

O prefeito José Fortunati comemorou o anúncio do governo federal sobre concessão de benefícios fiscais destinados à construção e reforma dos estádios que vão sediar jogos da Copa do Mundo 2014. A confirmação ocorreu no final da tarde desta segunda-feira, 17. Representando as demais 11 sedes, Fortunati esteve à frente das discussões sobre tributos e financiamentos dos estádios junto à União.

Ao receber a notícia, o prefeito confirmou que enviará terça-feira, 18,  à Câmara Municipal, projeto de lei para a isenção do ISSQN ao Internacional na reforma do Beira-Rio. A proposição deve ser votada em caráter de urgência urgentíssima.

A partir da decisão, os estádios das 12 cidades também poderão ser beneficiados com a isenção de  ICMS nas operações com mercadorias e bens destinados à construção, ampliação, reforma ou modernização dos estádios. Já o governo federal vai desonerar o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), PIS/Confins e Imposto de Importação.

“Tenho a convicção de que, com as isenções, as obras serão aceleradas”, enfatizou Fortunati, destacando que vem trabalhando no tema há mais de ano. O prefeito também lembrou que o processo de negociação junto ao governo Federal contou com o apoio da ex-ministra Dilma Roussef.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:COPA 2014, Grêmio e Inter

Tags:, , ,

9 respostas

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    na boa eu ri muito das invejas dos gremista e Alexandre concordo contigo, sou colorada e acho que o que importa é o RS sediar a copa e outra eles (gremistas) querem sediar a copa e não ajudam o Gremio ( como você mesmo disse, comprando mais canecos, faixas, bones, se tornem sócios, paguem as mensalidades em dia)!

    Curtir

  2. acho que se vcs tivessem o minimo de cultura, saberiam que o importante, não é nem o beira rio sediar a copa, mas sim sabermos que o nosso rio grande do sul recebera turistas de todo o mundo, onde muitos de seus familiares estarão empregados em otimos empregos com otimos salarios!

    pensem nisso!

    se quiserem a copa ” na arena” comprem mais canecos, faixas, bones, se tornem sócios, paguem as mensalidades em dia, talvez a arena fique pronta antes da copa e vcs consigam tirar o inter dos planos da Fifa!

    Curtir

  3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    cara como esses gremistas sao invejosos

    Curtir

  4. Muller, claro que sim.

    Como queria que meu Grêmio tivesse tanto influência política e obtivesse tantas vantagens de governos como o Inter consegue.

    Curtir

  5. Já digo: Sou colorado. E acredito que o Inter planejou receber algum incentivo fiscal, sim, até porque não havia projeto visível para sediar. O inter recebeu as terras da prefeitura, e em troca trouxe a Copa para nossa capital. E mais, creio que o Inter tem condições financeiras próprias de reformar o estádio: Possui o Estádio dos Eucaliptos, que em uma area valorizada renderá um bom retorno, e possui um plantel que rende altas cifras, no qual o clube, mesmo com rendimento dentro de campo abaixo do esperado, rende a cada janela um considerável “vintém” ao cofre$$%…

    Acho que a isenção será bem vinda, para acelerar, não sei, mas para concluir a reforma. E garanto, que se fosse o Projeto Arena, o pré-eleito para sediar, eles também não ‘chiariam’.

    Mas que precisamos de reformas na infra-estrutura da cidade, URGEEENNTE, isso, gremistas e colorados, todos concordaremos!!!

    Abraço, cara!

    P.s: A divulgação será dia 05/06. tenho sido pressionado de todos os lados para divulgar, acho que acertei em fazer esse concurso de pouca utilidade.

    Curtir

  6. ABSURDO essas isenções fiscais pro Internacional.

    em outras cidades sede, até pode se caracterizar o regime de urgencia que necessita de tais isenções, pois podem perder a sede da Copa se não receberem tais beneficios, e outros times locais não teriam tempo hábil de elaborar projetos, conseguir licenças, etc antes do prazo de conclusão dos estádios.

    ESSA SITUAÇÃO NÃO SE CONFIGURA EM PORTO ALEGRE.

    As isenções fiscais penalizam o contribuinte SEM NECESSIDADE. Pois em Porto Alegre, ao contrário das outras cidades, TEMOS UM SEGUNDO ESTÁDIO, que começa a construção EM JUNHO. Esse estádio já tem todas licenças, garantias financeiras, terreno, projetos, etc!!

    Ou seja, NÃO SE CONFIGURA O PERIGO DE POA PERDER A SEDE, pois caso o Inter não consiga terminar seu estádio sem as isenções, a Arena do Grêmio assume!

    Portanto, é no MÍNIMO ilegal essa isenção pra construção do Beira-Rio.

    Curtir

  7. Esse comentário do julião é tendencioso? Invejoso? Não entendi.

    Curtir

  8. Parabéns ao Internacional que mais uma vez estará fazendo patrimônio com incentivos público, como se não bastasse ter recebido a doação do terreno da Padre Cacique, onde ergueu o Beira-rio e ter invadido a APP do Guaiba, sem oposição do Poder Público, para fazer seu Parque social.

    Parabéns também pela capacidade de articulação e influência política, pois soube colocar, como fato consumado, a indicação do estádio Beira-rio como estádio da copa e depois correu atrás de todos os incentivos possíveis, inclusive através de chantagem: “sem as isenções Porto Alegre ficará de fora da Copa”.

    Curtir

  9. Parabéns ao Internacional que mais uma vez estará fazendo patrimônio com incentivos público, como se não bastasse ter recebido a doação do terreno da Padre Cacique, onde ergueu o Beira-rio e ter invadido a APP do Guaiba, sem oposição do Poder Público, para fazer seu Parque social.

    Parabéns também pela capacidade de articulação e influência política, pois soube colocar, como fato consumado, a indicação do estádio Beira-rio como estádio da copa e depois correu atrás de todos os incentivos possíveis, inclusive através de chantagem: “sem as isenções Porto Alegre ficará de fora da Copa.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: