Salão Náutico do Mercosul mudará de endereço em 2010

Com expectativa de venda pelo menos 15% maior do que ano passado, foi lançado ontem o Salão Náutico do Mercosul 2010. A quarta edição do evento ocorrerá entre os dias 20 e 29 de novembro.

Uma das novidades será a mudança de endereço. Até o ano passado realizado ao lado do Anfiteatro Pôr-do-Sol, o Salão Náutico terá como principal base o Centro de Eventos e parte do estacionamento doBarraShoppingSul, na Capital.

Para não perder o contato com o Guaíba, será montado um paradouro coberto, palco flutuante e restaurantes em uma praça na orla, local para test-drives de equipamentos da mostra e chegada de visitantes embarcados. O acesso é próximo à entrada principal do shopping. O investimento total no salão chega a R$ 1 milhão.

Em paralelo, serão realizados o Salão do Automóvel e o Imóvel Show.

Zero Hora

____________________________

Não gostei da idéia de mudança de local de um evento que ajudou a chamar a atenção para aquela parte da orla onde é regularmente realizado há 3 anos. Tenho como idéia a construção de um centro de eventos náuticos na área do evento, e que sejam realizados diversos outros eventos neste centro, com estrutura permanente, com o intuito de revitalização desta parte da orla. No caso de levar o evento para o BarraShooping, foge-se desta idéia e leva-se uma evento para um local já movimentado e consolidado. Espero que os organizadores revejam a sua posição.

Quanto a participação do Barra, não precisaria eliminar totalmente, poderiam realizar palestras e cursos vinculados ao evento principal nas dependências do Shopping.

 

Salão Náutico do Mercosul, orla de Porto Alegre

Foto: Della Rosa Studio

Resposta recebida dos organizadores do Salão Náutico do Mercosul, diretamente ao Blog:

Prezado Gilberto, lendo o seu comentário sobre a mudança do Salão Nautico para  o Barra Shopping, acrescento  informações. A área ao lado do anfiteatro Por-do-Sol onde foram realizadas as edições do evento até então, começará a sofrer transformações para receber ali as instalações da Marina Pública de Porto Alegre, um grande projeto que abrigará 1000 vagas de barcos e a estruturação para a realização de eventos náuticos. Há um grupo de trabalho debruçado neste tema e que conta com o expertise do Paulo Renato Paradeda (merece ser contatado). Portanto, a mudança seria inevitável e, diante deste quadro, a aliança com o Barra Shopping, além de estratégica do ponto de vista comercial para uma feira de negócios, nos proporciona o acesso ao rio, preservando a manutenção da instalação do Paradouro com  restaurantes e piers para receber os barcos de visitantes, marca registrada do Salão Náutico.
Estou à disposição para ampliar as informações sobre a próxima edição do Salão e transmito os cumprimentos pelo posicionamento de vocês e abordagens sobre os temas da nossa cidade. Saudações.

Leonardo Albuquerque
http://www.salaonauticodomercosul.com.br



Categorias:Eventos, ORLA, Zona Sul

Tags:, ,

6 respostas

  1. No caso do Clube social do Internacional, da Escolinha do Grêmio, do Clube dos Jangadeiros e das diversas residencias nos bairros vila assunção, tristeza, vila conceição e etc foram retirados da população o direito de convivio da orla….ao contrário, por exemplo do projeto do potal…….fazer o que , né? Dificil entender isso….

    Curtir

  2. Sim, sim… A preocupação da Lusia Gabriela em garantir acesso generalizado a uma orla urbanizada é válida, e tenho certeza que o desejo dela é igual ao de outras milhares de pessoas.
    O problema é o ranso criado! Quando se fala em “apropriação de áreas públicas (…) privatizada para fins específicos e ainda atender os interesses de Porto Alegre…”, parece que automaticamente se está querendo tirar da população o convívio com a orla.
    Bem, Lusia, se você não tem barco ou não for tripulante de um, provavelmente não poderá acessar o trapiche onde estão os barcos, mas poderá, certamente, usufruir de toda a infraestrutura montada ao redor dos trapiches para atender aos barcos e à comunidade.
    É assim ao redor do mundo, nas cidades que possuem marinas públicas.
    Agora, o que não pode mais é termos uma cidade de costas para o Guaíba e sua orla, abandonada e feia como está atulamente.
    Chega de discurso mofado!

    Curtir

  3. Como Conselheira do Conselho Municipal de Cultura da Região Centro, me preocupa como é que a apropriação de áreas “públicas” como a orla do nosso Lago possa ser privatizada para fins específicos e ainda atender aos interesses de Porto Alegre, como uma cidade que tem preocupação de preservar públicos os seus espaços de convívio, lazer, etc. Esperamos que o espaço de uma Marina Pública possa ser pública no sentido mais amplo da palavra. Atenciosamente.

    Curtir

  4. Aceito sem problemas a mudança de endereço por uma marina publica.
    sahuahuasha
    Muito bom.
    =D

    Curtir

  5. Prezado Gilberto, lendo o seu comentário sobre a mudança do Salão Nautico para o Barra Shopping, acrescento informações. A área ao lado do anfiteatro Por-do-Sol onde foram realizadas as edições do evento até então, começará a sofrer transformações para receber ali as instalações da Marina Pública de Porto Alegre, um grande projeto que abrigará 1000 vagas de barcos e a estruturação para a realização de eventos náuticos. Há um grupo de trabalho debruçado neste tema e que conta com o expertise do Paulo Renato Paradeda (merece ser contatado). Portanto, a mudança seria inevitável e, diante deste quadro, a aliança com o Barra Shopping, além de estratégica do ponto de vista comercial para uma feira de negócios, nos proporciona o acesso ao rio, preservando a manutenção da instalação do Paradouro com restaurantes e piers para receber os barcos de visitantes, marca registrada do Salão Náutico.
    Estou à disposição para ampliar as informações sobre a próxima edição do Salão e transmito os cumprimentos pelo posicionamento de vocês e abordagens sobre os temas da nossa cidade. Saudações

    Curtir

    • Obrigado pela pronta resposta Leonardo. Neste caso, a cidade irá ganhar importante equipamento na orla, o que será extremamente positivo. Irá colaborar para que tenhamos um maior contato com a orla do Guaíba, minimizando o deslocamento do Salão Náutico. Mas espero que o deslocamento de vocês não seja em vão. Sou totalmente a favor da construção da marina, de porte grande. E que ela tenha uma boa infraestrutura, como bares e locais para contemplação do Guaíba. E, espero que saia do papel. Abraço.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: