Imagem do dia: aeromóvel

Uma imagem do acervo da Prefeitura mostrando, possivelmente, como será o veículo da linha do aeromóvel ligando o Terminal 1 do Aeroporto Internacional Salgado Filho à Estação Aeroporto do Trensurb.



Categorias:Aeromóvel

Tags:, ,

6 respostas

  1. Os “argumentos técnicos” de alguns aqui, me fizeram lembrar, historicamente, os usados por alguns diante da troca de cavalos por automotores no início dos século XX e, mais recentemente, quando se fez a opção pelo, então moderníssimo, da hora, hitec… transporte rodoviário, nos anos 40/50, justificando o desmonte do antigo sistema ferroviário, ao invés de aprimorá-lo. Diferente de lugares com mentalidade realmente avançada, evoluem seus meios de transporte, os complementando e não substituindo matrizes como convém a poucos, sempre com a dissimulação da tal modernidade. Alguém aí falou até da velocidade do Aeromóvel! Não sei onde tirou isso. Talvez lembrança distante de uma vez que experimentou o bólido, então futurista, em Uma Expointer dos 80s? Em 2010, minha experiência na Asia foi bem boa, apesar da defasagem do projeto. Por falar em projeto antigo, o trem é uma invenção clássica, atulizada, segue firme, enquanto assiste a aposentadoria de outra vedete da modernidade, a do ônibus, o espacial.
    Caminhões, ônibus, trolebus, trens, barcos, bondes, taxis, vans, teleféricos…e os monorails, como o Aeromóvel, podem conviver e serem utilizados em trajetos/demandas que sejam a melhor solução. Por quanto tempo mais, o lobby dos idealistas da modernidade delirante (ou elitista) e o lobby dos interesses de um certo e fossilizado mercado, ligado direto ou indiretamente ao rodoviário, irão nos manter longe do bom senso? Um pitaqueio, como eu e outros aqui, podem fazer isto em sua ignorância ou observação/experiência parcial, mas secretários, ministros e engenheiros, é de desconfiar.

    Curtir

  2. Só lunáticos ainda querem ver investimentos no aeromóvel. Com tanto investimento correto necessitando ser realizado, como ampliação do Trensurb – composições e vagões. Vamos racionalizar a aplicação do dinheiro público. E deixar o aeromóvel com sua única e última pista de testes em Jacarta. Não precisamos copiar o quarto mundo.

    Curtir

  3. Essa tecnologia ja esta superada, andar a 20 km/hora é andar em bonde com cara de desenho dos Jetstons, só cenario!
    Muito dinheiro pra tecnologia de 50 anos no passado

    Curtir

  4. Pára de assistir “perdidos no espaço”, e cai na real.
    Se fosse bom, já estaria em uso em todo o mundo.
    Se não está, é porque não funciona, e não é viável.
    É um blefe dizer que custa mais barato do que os meios com motor autopropelido.
    Basta ver a história do motor.

    Curtir

  5. que sonho distante

    Curtir

  6. Como eu gostaria de ver este aeromóvel espalhado por Porto Alegre, em todas as Avenidas Grandes!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: