NOVIDADE: RODOANEL ALTERNATIVO – Daer quer nova ponte no Guaíba

Piratini diz que pretende construir com US$ 350 milhões obra que une ERS-118, BR-290 e BR-116 e alivia trânsito metropolitano

Na tentativa de dar resposta a uma das principais reivindicações dos gaúchos, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) planeja uma terceira ponte sobre o Guaíba, na Região Metropolitana. A travessia seria uma opção à atual ligação da Capital com o sul do Estado, à beira de um colapso. Concorreria com o projeto do governo federal de construção de outra alternativa, na Zona Norte.

Tratado sob sigilo nos gabinetes do órgão estadual e trazido a público pelo jornalista André Machado, da Rádio Gaúcha, o estudo da ponte integra um megaprojeto de um rodoanel na Grande Porto Alegre, ao molde paulista. O traçado do rodoanel deve seguir pela ERS-118 duplicada até Viamão e chegar ao Lami. Do outro lado do Guaíba, em Barra do Ribeiro, seriam feitas obras que cortariam a BR-116 e chegariam à BR-290.

Com a nova travessia, a intenção é desafogar o transporte de carga que vem da Região Metropolitana e da Serra, sem entrar na conflituada área da Avenida Castelo Branco, e seguir ao sul do Estado, segundo o secretário de Infraestrutura e Logística do Estado, Daniel Andrade. O total do complexo rodoviário custaria até US$ 350 milhões (cerca de R$ 630 milhões) – R$ 200 milhões a menos que o investimento prometido pelo Palácio do Planalto na Rodovia do Parque. Segundo o diretor-geral do Daer, Vicente Britto Pereira, o custo da travessia sobre o Guaíba não seria tão grande porque o órgão escolheria um ponto onde o canal seja estreito.

A intenção do diretor do Daer é apresentar o estudo à governadora Yeda Crusius nos próximos dias para que o anúncio oficial seja feito até julho. Andrade afirma que o Estado pode tentar financiamento internacional.

– A ideia é que em 2011 a gente tenha condições de licitação da obra. Estamos estudando um conjunto de medidas na Região Metropolitana e na Serra para fazer uma negociação de um pacote de financiamento internacional, incluindo talvez esse trecho (rodoanel). Mas isso não está dependendo de financiamento externo – afirmou.

A notícia foi encarada com ceticismo pela oposição. O deputado estadual Raul Pont (PT) classifica a obra como “um despropósito”. Ele tem dúvidas da capacidade de o governo gaúcho executar a obra.

– O governo nem consegue fazer a ERS-118, que todos os especialistas afirmam que é uma obra necessária para diminuir o número de vítimas do trânsito. Sem comentários – reagiu.

Como está a evolução da segunda travessia

A ideia da segunda ponte sobre o Guaíba foi anunciada em 2007 pela Concepa, concessionária de pedágio da freeway. A partir daí, o governo federal passou ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) a responsabilidade de definir o local e o tipo da ponte. Para tanto, um estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental foi iniciado.

O diretor do Dnit, Vladimir Casa, não soube dizer ontem em que estágio está o estudo. Ele afirmou que o resultado deverá sair em cem ou 120 dias.

– Obra, só no ano que vem. Este ano é para definir o tipo, o local e iniciar o projeto – explicou.

Obras costumam interromper ponte

Novas travessias sobre o Guaíba são necessárias porque a cinquentenária ponte de vão móvel está superada. O trânsito está saturado e o vão móvel causa paralisações no tráfego que geram congestionamentos. Por dia, passam em média 40 mil veículos sobre a ponte, que liga a Capital à Região Metropolitana e ao Interior do Estado.

Além disso, quando há obras, como a que está prevista para este final de semana, o trânsito fica bloqueado, atrapalhando a saída de Porto Alegre. A partir das 21h de hoje, será iniciado um serviço de recuperação da alça de acesso do vão móvel para a freeway. O bloqueio será no sentido Interior-Capital e vai durar até as 8h de domingo. Se chover, o trabalho será cancelado.

Compare valores
– Rodoanel: R$ 630 milhões
– Arena do Grêmio: R$ 400 milhões
– Reforma do Beira-Rio: R$ 150 milhões
– Duplicação da ERS-118: R$ 27,5 milhões
– Rodovia do Parque (BR-448): R$ 824 milhões

Zero Hora



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito, Nova ponte Guaíba

Tags:,

14 respostas

  1. Estava procurando notícias sobre o assunto, que voltou à tona…
    Em princípio o projeto do Tarso é diferente. A ponte sul ligaria a Ponta Grossa (passando Ipanema) ao sul de guaíba…
    Seria uma ponte de 6 km, muito mais turística, com projeto arquitetônico bonito, pois seria vista de toda a orla da cidade, em especial de Ipanema, coisa que a outra não seria. Além do mais, ela serviria para alterar a expansão demográfica da cidade.
    Ouvi de um amigo meu engenheiro que a altura da ponta grossa (que é um morro) ajudaria muito a baixar custos da ponte, que simplesmente seria muito alta, e não em arco…

    Após a eleição descobriremos o que será destinado a PoA em obras…
    Com SC e PR elegendo a oposição, imagino que o RS experimente algo nunca visto antes por aqui: pesados investimentos federais…

    Curtir

  2. Sonha Yeda! Sonha…

    Curtir

  3. vai mudar para muito mais melhor a zona sul …ela e esquecida pela prefeitura.

    Curtir

  4. projetos dao sertos no papel,aos engenheiros e arquitetos,nao se trata de ser uma casa em uma esquina bonita e com cores e jardins para jamar atençao de quem passa,vao ao lado da ponte e olhe para direita e esquerda temos a mau como alternativa entrada no centro de porto alegre pela mau via porto,ponte trocar equipamentos por mais modernos como sistema hidraulicos,viaduto sobre a rodoviaria lado esquerdo somente onibus e as tres pista do viaduto com entrada no centro com entradas pelo gazometro via o tunel a lima e silva com a perimetral entrar a direita para o tunel andre da rocha as duas com entrada tambem pelo tunel de quem entra em poa,sao ideias malucas mais quem sabe nao pode dar serto,motorista que vive da direçao e do transito sonha com um transito mais rapido em porto alegre.

    Curtir

  5. Isso, não votem na Yeda, na Dilma e ninguém que prometa pontes…

    Curtir

  6. A minha maior preocupação não é o dinheiro de tal obra, mas seu impacto na paisagem, na sociedade e na natureza da região. Isso é um absurdo total. E uma obra dessas custa em torno de Bilhões. Certamente é blefe político, porque nada faz sentido. Caso aconteça, a sociedade não pode deixar. Não votem na Yeda!

    Curtir

  7. Gente a construção da 2ª ponte deu vitrine para politicos por esse motivo até surgiu a idéia da 3ª ponte o que não resta duvia é uma boa. Porem as pessoas devem fazer projetos com os pés no chão e não criar espectativa a quem tem necessidade de uma ponte alternativa. Os mesmo que criaram a Governadora a expectativa da 3ª Ponte, forão os que em 8/01/10, fez o anuncio que a construção da ponte do Jacuí que foi tragada pelas enchente teria o custo de 10 milhões de reais. Só que no dia 17/06/10, a Governadora teve que liberar 39, milhões para a construção da ponte. Vão alegar que mudaraõ o projeto, mais que engenheiros são os que dão um projeto de 10 milhões e depois faz algumas modificações e da um aumento de 400% em 6 meses? Os mesmo estão argumentando que o custo da 3ª e de R$ 600 milhões de reais.
    Vamos fazer uma pequena continha! A Ponte do Jacuí tem 400 Mt X 13mt. Custa 39, Milhões. Dividindo os 39 milhões por valor do m², o metro custa 93 Mil. Sendo o mt 93, Mil e a 3ª ponte tendo 6,9 metros os 600 milhoes que disseram custar todo o projeto vai ficar somente na construção da ponte e ainda vai faltar dinheiro. Qual é o valor do mt de asfalto? De Viamão até Lami tem 23 Km., isso é o caminho mais Curto. Terão que fazer duas pistas para não ter congistionamento total 46 Km. Do outro lado do Rio em B.do Ribeiro até a Br.116 tem mais 14 Km. como tera que ser duas pistas da mais um total de 28 Km. E mais esse valores são sem que a ponte tenha a altura suficiente para passar Navios, porque por bais da da 3ª ponte vais passar Navios com navegabilidade Oceanica, terá que ter uma curvatura de 42 mt. do nivel da agua ate a pista de transito. Agora o Pior será que os projetistas não se deram por conta de que na Br 116 até a Barra tem Mias de 10 mil comerciantes nas Laterais da Br? Como é bom brincar de politica e de Projetista. Se executarem o projéto com os 600 milhões, será muito bém vindo mais se for com o intuíto de angariar votos para as Eleições, vão se dar mal com a Região Sul. Esperamso anciosos que de tudo de certo eo projetista que rezem para não frustar a Governadora que não tem nada a ver com isso.

    Curtir

  8. Não gostei, vão destruir o nosso pantanal, o que vão fazer com o arroio salgado,vai se terminar se vocês fizerem isso.Nós temos que cuidar da nossa fauna!!! E a empresa que trabalha lá ? Vocês só estõa pensando no lodo de lá e aqui no nosso lado , na nossa reserva!!!

    Curtir

  9. E a distância entre a Ponta do Salgado até o Lami é de 15 quilômetros.

    Curtir

  10. Detalhe que o projeto passa a ponte exatamente sobre a Reserva Biológica do Lami (José Lutzemberger).
    Se isso é para “desafogar” o tráfego, que tal mudar um pouco nossa matriz de transportes para algo mais racional? (trens, hidrovias)

    Curtir

  11. ^^ alem da profundidade do canal naquele trecho.

    Curtir

  12. Felipe, concordo com o teu raciocínio. Mas a tua proposta de novo trajeto e nova ponte passa dentro do Parque Estadual de Itapuã, reserva ambiental, parque estadual modelo no Brasil, preservado. Impraticável. Imagina uma estrada com movimentação grande dentro do parque ?

    Curtir

  13. Proposta meio ousada para os níveis de provincianismos locais…

    Aliás, o traçado é meio estranho… poderíamos construir uma ponte bem mais curta mais ao sul. Veja nessa imagem as comparações:

    1) traçado mais otimizado se feito no Lami (~7 km)
    2) traçado que aparece na matéria da ZH (~10 Km)
    3) traçado que eu imaginaria (~5 Km)

    Curtir

  14. Será que teremos uma ponte do tipo Golden Gate ou a ponte da Baia de Sydney na entrada do Guaíba?

    Acho que não… Que pena!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: