Atrasam as obras na Praça da Alfândega

Restauração na Alfândega levará mais um ano

Chuva e imprevistos técnicos atrasam as obras de restauração da Praça da Alfândega, no Centro da Capital. A expectativa é que os trabalhos sejam concluídos em junho de 2011, um ano após a data prevista, segundo a coordenação do Projeto Monumenta, responsável pelo serviço. O projeto teve início em julho de 2009.

Conforme o arquiteto responsável pelo projeto, Luiz Merino, o trabalho de restauração é delicado e, muitas vezes, surgem imprevistos que alteram o cronograma de execução. “Por ser uma restauração, devemos respeitar as características originais e, em cada serviço, descobrimos novidades que influem na execução e até nos obrigam a fazer mudanças”, afirmou. Lembrou que o trabalho conta com a participação de arqueólogos, que recolhem materiais históricos nas escavações. Além disso, Merino reconheceu que as condições climáticas trazem prejuízos à continuidade do serviço. Assim, o andamento das obras é vistoriado uma vez por semana.

Com o atraso na execução, a Feira do Livro de Porto Alegre será o evento mais prejudicado. A 56 edição ocorrerá entre os dias 29 de outubro e 15 de novembro. Segundo Merino, a feira deverá perder cerca de 50% do espaço tradicionalmente ocupado. Ele acredita que até a data do evento estará pronto o trecho que corresponde ao espaço entre o calçadão da rua Sete de Setembro e o Cais do Porto. Para ampliar a passagem, os tapumes atualmente em frente aos museus Margs, Memorial RS e Santander Cultural deverão ser recuados. O espaço entre a rua Sete de Setembro e a rua dos Andradas ainda deverá estar interrompido na data.

Atualmente, está sendo alterada a rede elétrica. Haverá fiação subterrânea e serão instaladas mais 37 luminárias, além das 85 já existentes.

Correio do Povo



Categorias:Parques da Cidade, Revitalização do centro

Tags:

1 resposta

  1. Está uma vergonha essa reforma da praça da Alfândega! Sou morador do centro, passo todos os dias pela Andradas, e há tempo não vejo nenhum trabalhador no local, sendo assim, n vejo mudança nenhuma! Até quando o centro de Porto Alegre ficará às escuras, como que abandonado??

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: