Moradores da Chocolatão conhecem novas moradias

Obras de infraestrutura no bairro Mario Quintana estão quase prontas Foto: camila domingues

Representantes da comunidade ocupante da Vila Chocolatão conheceram ontem à tarde a obra das novas moradias que o Departamento Municipal de Habitação (Demhab) está construindo na avenida Protásio Alves, 9099, bairro Mario Quintana. Conforme a prefeitura, a infraestrutura do local está 98% concluída.

Estão prontas a estação de tratamento de esgotos, muros e terraplenagem. Em fase final estão as redes de esgotos pluvial e cloacal, de abastecimento de água, pavimentação e a bacia de amortecimento de águas pluviais.

Ainda ontem à tarde, o grupo de 181 famílias que participam da Rede de Sustentabilidade da Vila Chocolatão participou de encontro no Galpão Crioulo do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU). A reunião foi acompanhada pelo mestre e doutor pela PUC do Paraná Klaus Frey, que veio ao Estado para conhecer a experiência de transição que está sendo aplicada em Porto Alegre pela Secretaria de Governança Local. “É interessante levar essa experiência de estímulo ao desenvolvimento local de uma comunidade que vivencia graves problemas sanitários e conflitos sociais”, disse. Segundo a coordenadora da rede, Vânia Gonçalves de Souza, o projeto piloto de inclusão social da Vila Chocolatão está em andamento há quatro anos e busca preparar as famílias da ocupação para a nova vida em moradias regulares, tentando preservar a forma de vida e de renda das pessoas, cuja maioria atua na coleta e separação de recicláveis.

A recicladora Vera Lúcia dos Santos, 46 anos, ficou impressionada. “Vai mudar muita coisa. Vamos ter mais saúde, menos umidade, menos barro”, disse. O projeto prevê 102 sobrados, 78 casas térreas e uma casa com acessibilidade para pessoas com deficiência. O loteamento ainda terá creche, cozinha comunitária, unidade de triagem de resíduos recicláveis e praça. A transferência dos moradores deverá ocorrer em dezembro. A obra é financiada com recursos do Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal (31,60%) e contrapartida da prefeitura (68,40%). O investimento total é de quase R$ 6 milhões.

Correio do Povo



Categorias:Outros assuntos

Tags:

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: