Pedido fim das carroças em 2011

O relatório final sobre a aplicação da Lei das Carroças em Porto Alegre foi entregue oficialmente ontem ao presidente da Câmara Municipal, Nelcir Tessaro. O documento propõe a antecipação de 2013 para o ano que vem da retirada das carroças do Centro Histórico da Capital. O presidente da comissão que debateu o tema, vereador Beto Moesch, defendeu a necessidade de tornar formal o trabalho dos carroceiros.

O relatório também aponta necessidade de realização de reuniões trimestrais com a prefeitura para avaliação do andamento do cumprimento da lei; a presença de veterinários à disposição da fiscalização das carroças; e cadastramento não só dos carroceiros, mas também dos cavalos e das carroças. Segundo Moesch, a retirada dos veículos de tração animal da área urbana visa proteger os bichos dos maus-tratos, mas é igualmente necessário oferecer alternativas de trabalhos formais aos carroceiros que utilizam as carroças para catar e reciclar lixo. Moesch lembrou que a construção de dois galpões destinados à reciclagem, já em andamento, irá contribuir para essa formalização. “O lixo triado irá para unidades de reciclagem e não para terrenos baldios ou rio”, disse. Ele ressalta que apenas 30% do lixo produzido na Capital é separado. “Se isso acontecesse com os outros 60%, significaria a geração de 2 mil empregos”.

O relatório dos vereadores será agora encaminhado aos órgãos relacionados à matéria, como o poder Executivo, a Brigada Militar, o Ministério Público, a Delegacia Regional do Trabalho e as organizações de proteção aos animais.
 

Correio do Povo



Categorias:Carroças e Catadores

Tags:, ,

1 resposta

  1. Os cidadãos porto-alegrenses tem de passar a separar 100% do lixo da cidade: esse deve ser um objetivo da cidade para ser concretizado em 2 ou 3 anos a base de campanhas de conscientização e depois por multas.

    Por outro lado, a prefeitura deve apresentar um plano para, nesse período, passar a recolher TODO o lixo da cidade em contêineres, disponibilizando os materiais recicláveis a unidade de separação, organizados por coopertivas de catadores.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: