Alguns comemoram o 1º ano do NÃO ao Pontal…

Alguns comemoram o 1º ano do NÃO ao Pontal… MAS ESQUECEM que o que foi votado, não foi o projeto em si, e sim, a presença de prédios residenciais ou não!

Pontal do Estaleiro sairá, sem os prédios residenciais

Equivocam-se os ditos “DO NÃO” (clique aqui para ver)  ao comemorarem o primeiro ano da vitória do NÃO, pois o projeto continua de pé, apenas não terá edifícios residenciais. Será composto com torres comerciais e, possivelmente, com hotel e outros equipamentos comerciais, como restaurante, cinema 4D, etc.

Os empreendedores – a BMPAR – já anunciaram que o projeto sai em 2011 !

E ainda fazem charges, insinuando que os favoráveis ao projeto são idiotas ou débil-mentais!

Enquanto isso, eles preferem que a área seja transformada em um simples parque, sendo investidos recursos do município em mais esta área e seja, como de costume em áreas da orla, entregue aos marginais, como outras áreas da orla atualmente.

Olhem bem o que o Beto Moesch escreve em seu boletim:

(…) “quando 80,7% dos cidadãos porto-alegrenses que votaram manifestaram-se contra a construção de espigões na orla do Guaíba”.


Cliquem acima para ampliar e poder ler.



Categorias:ORLA, Pontal do Estaleiro

Tags:, , , ,

10 respostas

  1. O sr. Beto Moesh, como vereador de nossa urbe, deveria ter a nonestidade de informar em seu boletim o quanto da população representa este mágico número de 80,7% de votantes. Da maneira como exploram este dado, até parece que a maioria dos habitantes da província foram contrários ao projeto – devemos ser justos: eles aprenderam muito bem as lições do sr. Goebbels…

    Curtir

  2. Ainda a respeito do Greenpeace, acho que é bom ler o que eles dizem sobre a BP (inclusive sobre a fumaça aqui no Brasil). Ver em http://click2.virtualtarget.com.br/index.dma/DmaPreview?2028,343,288679,681d0fc1bfd676f4238b09427c857a4c,2

    Curtir

  3. É bom saber disso, Gilberto. Sou associado do Greenpeace, que é uma forma de evitar que eles precisem do dinheiro de governos e de empresas. Ainda assim, sou visto como um “predador ambiental” pelos técnicos da Fepam, só porque defendo a necessidade de dragagem de manutenção das hidrovias, e isso era/é visto como algo criminoso. Na verdade, em muitos casos, a dragagem é a única salvação de um rio (o rio Gravataí, por exemplo). Não sou, portanto, um ecoxiita. Realmente há críticas à suposta omissão do Greenpeace no caso da BP, mas tenho visto manifestações deles contrárias à BP, inclusive com fechamento de postos da BP. Não creio que eles recebam dinheiro de governos, nem do UK. Tomara que não recebam…

    Curtir

  4. Ah, tinha esquecido, tratam-se de “militantes sociais”, o novo nome para ECOXIITAS.

    Curtir

  5. Já que chorar não adianta, vamos rir…
    ahahahahahahaha

    Curtir

  6. terroristas ecológicos.. belo nome.

    Curtir

  7. Se essa turma aí é considerada como “ecologistas radicais”, eu fico imaginando o que sobra para o pessoal do Greenpeace! Na tua avaliação eles seriam, no mínimo, terroristas ecológicos, a serem banidos por meio de uma nova cruzada modernizante…

    Curtir

    • Hermes, não considero o pessoal do Greenpeace tão radical assim. Na verdade, admiro o trabalho deles, e muito! Mas infelizmente todos são passíveis de erro e todos são corruptíveis… basta ver um dos piores acidentes ecológicos pelos quais o mundo já passou, a explosão de plataforma petrolífera e consequente vazamento de milhões de litros de petróleo no Golfo do México, próximo dos Estados Unidos. A plataforma era da British Petroleun (BP) suficiente para CALAR o Greenpeace, já que eles são “ajudados” pelo governo britânico. Nunca entendi o silêncio deles neste caso ….

      Curtir

  8. Mais ecologistas radicais:
    – Juremir Machado da Silva,
    – Flávio Tavares,
    – Erico Valduga,
    – Zoravia Bettiol

    Ainda tem os ALIENADOS que se posicionam CONTRA para parecerem poltizados, sem saber e se informar sobre o que estão falando:

    – Luis Fernando Veríssimo,
    – Moacyr Scliar,
    – Cíntia Moscovich,
    – Néstor Monasterio,
    – Círio Simon,
    – Mirna Spritzer,
    – Carlos Urbim,
    – Luiz Antonio de Assis Brasil,
    – Rualdo Menegat,
    – Deborah Finochiaro

    Curtir

  9. Muito bom ver esse site, pois agora temos uma lista quase completa dos ecologistas mais radicais de Porto Alegre:

    – Nestor Ibrahim Nadruz,
    – Elmar Bones (jornal JA),
    – Adriane Bertoglio Rodrigues,
    – Clarinha Glock,
    – Eugênio Neves,
    – Santiago,
    – Kayser ,
    – Beto Moesch,
    – Sofia Cavedon,
    – Professor Garcia,
    – Cláudia Cardoso (blog dialógico)
    – Marco Weissheimer (blog RS urgente)
    – Cristóvão Feil (blog Diário Gauche),
    – Rodrigo Cardia (blog Cão Uivador)

    * fora a lista de ONG fajutas e “organizações sociais”, que de sociais só levam o nome.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: