Obras de Porto Alegre para a Copa 2014 estão dentro do cronograma

Informação é do Comitê de Responsabilidades do Governo Federal, que acompanha investimentos em cidades-sede

O Comitê de Responsabilidades do Governo Federal formado para acompanhar os investimentos nas 12 cidades-sede concluiu na tarde desta terça-feira que as obras de Porto Alegre para a Copa 2014 estão dentro do cronograma. Por enquanto, está prevista a aplicação de R$ 523 milhões em recursos públicos para melhorar a mobilidade urbana na Capital, com a ampliação de avenidas e a implantação de um sistema de ônibus rápido.

Na primeira reunião do comitê federal, chefiado pelo Ministério dos Esportes, com representantes do governo estadual e da Capital, também foi definido que o prazo-limite para a conclusão da reforma do Beira-Rio é dezembro de 2012, mesma data prevista pelo Inter. Já as obras de mobilidade urbana têm de ficar prontas até 2013.

Segundo o secretário municipal da Copa, Ricardo Gothe, as reuniões do comitê serão bimestrais. Nos encontros, o governo poderá cobrar das cidades se houver eventuais atrasos nas obras, apontados em um sistema informatizado de acompanhamento.

O encontro também serviu, segundo o secretário estadual extraordinário da Copa 2014, Eduardo Antonini, para definir que a segurança pública será a próxima área a ser incluída na Matriz de Responsabilidade, documento que, na prática, garante recursos federais para a preparação do Mundial.

Confira as reformas que Porto Alegre terá:

— BRT*: Assis Brasil (7 Estações) – R$ 28 milhões
— BRT: Bento Gonçalves / Portais Azenha e Antônio Carvalho (2 estações) – R$ 23 milhões
— BRT: Protásio Alves – R$ 53 milhões
— Complexo da Rodoviária – R$ 21 milhões
— Corredor 3ª Perimetral (obras de arte) – R$ 120 milhões
— Corredor Avenida Tronco – R$ 133 milhões
— Corredor Padre Cacique / Av. Beira Rio – R$ 78,2 milhões
— Corredor Voluntário da Pátria e Terminal de Ônibus São Pedro – R$ 30 milhões
— Monitoramento dos 3 Corredores – R$ 13,7 milhões
— Prolongamento da Av. Severo Dullius – R$ 24 milhões
— Reforma do Estádio do Beira Rio** – R$ 150 milhões

(*BRT é um sistema de ônibus rápido integrado, ** obra privada)

Zero Hora



Categorias:COPA 2014

Tags:,

8 respostas

  1. Se alguém souber me responda: A reforma do Beira-Rio deve estar pronta até dez/2012. Sei que a parte dos projetos já está em andamento. A minha pergunta é: já está definido que empresa executará a obra?

    Curtir

  2. É necessário aprendermos com os erros de grandes cidades que tem trânsito caótico e com acertos de cidades em que o trânsito flue. Até aqui todos concordam, certo?

    São Paulo seguiu o caminho de priorizar o veículo privado e eu acho que o trânsito de pessoas de lá é ruim. Minha opinião.

    As primeiras centenas de cidades nesse nosso pequeno planeta que RESOLVERAM o fluxo de pessoas priorizaram o transporte público, na segurança e CONFORTO dos pedestres e na inplantação de exelentes redes cicloviárias.

    Estive ontem na Camara Municipal e foi animador conversar com os vereadores, representantes da EPTC entre outros. Ha esperança pois eles estão abertos a conversar e já reconhecem que só investir em maiores vias não irá resolver e problema de fluxo das pessoas.

    Em uma de minhas participações deixei claro o que é óbvio a todos que vivem em cidades inteligentes: aumentar vias é TENTAR melhorar o fluxo de veículos privados. Construir faixas exclusivas para coletivos e ótimas ciclovias são passos na direção de RESOLVER o problema de trânsito dos cidadãos.

    Resta conseguir convencer cada vez mais pessoas desta realidade que é baseada em inúmeros exemplos de outras cidades em que umas vivem um caos de violência, segregaçao e poluição e outras sortudas a tão querida democracia em que o trânsito flue e existe integração social.

    Curtir

  3. Uma grande jogada, seria remover a Estação Rodoviária do centro de Porto Alegre, imagina-se que grande parte do fluxo de onibus e principalmente automoveis que se deslocariam para embarques/desembarques naquele ponto, desafogariam o nosso centro. Um lugar estratégico poderia ser no Humaitá/Anchieta.

    Curtir

  4. espero mesmo que sejam obras de arte pra servir de atraçao turística

    Curtir

  5. obras de arte!!!!! Não vou falar.

    Curtir

  6. 104 milhões pra implantação do BRT e 120 milhões pra “obras de arte” na perimetral?
    Oi?
    Não seriam os viadutos a que eles se referiram?
    Porque se for essas “obras de arte” mesmo, só rindo.

    Curtir

  7. E o que os turistas vao poder apreciar na cidade?? Algum icone novo?

    Estas “obras” anunciadas nao sao nada mais do que uma cidade qq precisaria mesmo sem ter uma Copa.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: