Três meses após anúncio, nada foi feito para resolver problema da Nilo Peçanha

Rótula tem problemas de sinalização e obriga motoristas da Capital a pararem por minutos

Três meses após anúncio, nada foi feito para resolver problema da Nilo Peçanha - Foto: Mateus Bruxel/ CP

Com alegados problemas de sinalização, é complicado o trânsito na rótula da avenida Nilo Peçanha. Há três meses, a prefeitura anunciou mudanças para melhorar o fluxo de veículos, mas nada ainda foi feito. Quem utiliza frequentemente as vias, em especial nos horários de pico, perde minutos para conseguir transpor a rótula.

A rotatória está localizada no cruzamento das avenidas Nilo Peçanha e Nilópolis e das ruas Carazinho e Carlos Trein Filho, junto à Praça da Encol. Os horários mais complicados do trânsito são entre 12h30min e 14h, e entre 17h30min e 19h30min.

A falta de agentes de fiscalização para orientar o trânsito é uma das principais queixas dos motoristas. Sem a sinalização adequada, é comum os veículos colidirem.

Segundo o comerciante Jarbas Leonel da Silva, que trabalha junto à rótula, o problema é que para atravessá-la os motoristas precisam estar atentos. “O trânsito é caótico, totalmente sem ordem. Assim, só quem avança mais com o veículo consegue entrar e sair da rótula”, afirmou ele. O comerciante lembrou ainda que nos dias de chuva são registradas muitas batidas.

Correio do Povo



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:

3 respostas

  1. Tirar a rótula nao resolve?

    Curtir

  2. Nenhuma surpresa. Com tantos e tantos debates, reuniões com os moradores pra eles darem sugestões, com idéias de plebliscito, e mais debates, polêmicas e debates, debates e debates, alguém queria uma solução ágil e tecnicamente eficiente?

    Curtir

  3. Com certeza deve ser feito algo para minimizar os problemas da Rótula.

    Mas a questão não é a Rótula, pois ela já existe faz tempo.

    Com o aumento da frota carros não existe solução.

    Sem investimentos em transporte público e CICLOVIAS, é questão de tempo para o problema voltar.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: