Uma idéia simples para o belvedere Santa Teresa, EXCLUIDO dos planos da Copa 2014

Ao ler o blog de Gustavo Bartzen (http://gustavobartzen.blogspot.com/), me deparei com uma idéia brilhante do jornalista para o não-abandono do mirante do morro Santa Teresa.

Ele fala em incluir o mirante no roteiro do ônibus da Linha Turismo. Essa idéia é brilhante justamente por ser simples e de rápida aplicação. Óbvio que isso não acaba com a necessidade de remover a favela que há no  local para um local mais seguro e digno. A favela deve ser removida sim, por vários motivos:

  • Primeiro, porque é uma área perigosa, insalubre e indigna aos moradores;
  • Segundo, porque continua crescendo e devastando a mata nativa do morro, fora o perigo de assoreamento e deslizamentos na área íngreme, sem falar que a mata é dos poucos resquícios de mata nativa da região;
  • Terceiro, porque o local há muito tornou-se área de assassinatos dos visitantes do belvedere, de assaltos, intimidações e tráfico de drogas.

As condições muito precárias e insalubres para os moradores, a devastação ecológica e a violência já seriam motivos para remover os moradores para uma área melhor. Soma-se a isso o fato de ali ter sido um ponto de interesse dos portoalegrenses e turistas. Há cerca de 10 anos a prefeitura retirou o mirante do roteiro turístico da cidade. Em nenhum local do mundo uma área de interesse tão grande seria colocada fora desse modo. Nem falo que o local mereceria também investimentos como infraestrutura muito melhor e ítens que dessem apoio às pessoas que quisessem ficar mais do que 5 minutos no local. Poderia haver bares, restaurantes. Assim as pessoas poderiam beber alguma coisa e ficar apreciando a paisagem. Poderiam jantar com a paisagem privilegiada, que poucas cidades podem ter.  Belo Horizonte, que cuida da ecologia, protege suas matas e seus morros, tem mirantes bem estruturados, acesso livre, boas vias que levam até eles e, também, tem belos restaurantes e bares no topo de suas montanhas.

A Copa 2014 vem aí. O mirante do morro Santa Teresa poderia ser uma atração incrível.  Até mesmo se ele fosse “longe”,  como o também não explorado e devastado morro da Polícia, seria atração.  Mas o Santa Teresa está bem no pólo de atrações da Copa: o Estádio Beira Rio, o possível Pontal do Estaleiro, o possível Cais Mauá, a possivel revitalização da orla do Parque Marinha do Brasil, o Museu Iberê Camargo, o Barra Shopping Sul, e seu futuro hotel…  Poderia haver até um mini-teleférico até lá embaixo, que seria outra atração, além de encurtar muito o caminho.

Mas voltemos à simples e brilhante idéia do jornalista Gustavo Bartzen. Ele fala em levar a Linha Turismo até lá em cima. Porque isso pode ser tão importante?

Simples:

  • Geraria MOVIMENTO no mirante;
  • Despertaria INTERESSE das pessoas pelo belvedere – ou a descoberta , mesmo…
  • O movimento de pessoas causaria pressão por segurança

Só isso  já valeria a pena e seria uma grande vitória. Mas o círculo virtuoso poderia ir além:

  • A descoberta e o novo interesse das pessoas consolidaria o movimento no local, podendo estimular empresários a investir em melhorias, lazer, bares, etc.
  • Uma nova fase de movimento no local pode criar na população e nas autoridades a idéia de que ali pode ser uma importante atração para a cidade.  E para a Copa.

Mas o mais revolucionário da idéia do Gustavo Bartzen é que a Linha Turismo iria trazer movimento e vida ao local. E uma redescoberta da população – e da  mentalidade portoalegrense  – para esse importante e lindo lugar.

RicardoH

Nota do Blog:

Este texto foi encaminhado via e-mail a todos os Vereadores de Porto Alegre.

O Vereador João Dib respondeu prontamente ao e-mail, com o seguinte texto:

Senhores:
Verifiquei que dentre os Vereadores a quem foi encaminhada a sugestão está incluído o Vereador João Carlos Nedel.
Referido Vereador, integrante da Bancada do Partido Progressista, da qual sou líder, é o Presidente da Frente Parlamentar de Turismo e deverá, certamente, acolher a sugestão, dando-lhe os devidos encaminhamentos.
Saúde e PAZ !
Vereador João Antonio Dib


Categorias:Outros assuntos

Tags:, , , , , , , , ,

6 respostas

  1. Porque eu não pensei nisso antes????
    Um ponto de parada da Linha Turismo ia ser uma ótima maneira de desenvolver o local.
    Poderia ter um ponto de quinquilharias (Cartões-Postais, camisetas, chaveiros, adesivos…) pra ajudar na verba pra manter o local.

    Curtir

  2. Porto Alegre as vezes me dá a sensação que parou no tempo, tenho viajado pelo Brasil e como algumas cidades pensam e planejam o turismo, aqui, quem sabe um dia quando se perceber que o turismo agrega valor para a cidade.

    Inclusive, só temos um ônibus da linha turismo, será que não deveria ser incentivado mais o uso dele, e consequentemente ampliada a frota?

    Curtir

  3. Norton não há, somente, nenhum projeto ousado para a área: não há NENHUM projeto ou plano para lá.

    E pra Copa, também não se fala em nada.

    Curtir

  4. Realmente, Norton. Ainda mais considerando que é colado no estádio-sede da copa.

    Curtir

  5. Morro Santa Tereza é o caso extremo de descaso da prefeitura e do Governo do Estado que é proprietário do terreno da FASE. Incrivel que com a Copa do Mundo não haja nenhum projeto ousado pra ser executado naquele local.

    Curtir

  6. Acho que qualquer iniciativa para salvá-lo vale o esforço. Fui lá uma vez apenas, com minha esposa (namorada na época) para olhar o tão mencionado antigo ponto de namoro dos portoalegrenses. Botamos uma roupa bem velha e estacionamos o carro longe para não chamar a atenção.

    A gente viu a vista por apenas um minuto, pois vimos uma poça de sangue seco no belvedere então o lugar pareceu meio hostil, mas a vista de lá é uma das mais bonitas que já vi na cidade.

    Outro lugar que para mim foi esquecido há tempo é a gruta da Glória.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: