Pular para o conteúdo

RUMO A 2014 – Obras na orla começam no ano que vem

17/09/2010

Com a manutenção de veto no Plano Diretor, prefeitura prepara intervenções junto ao Guaíba

Com a confirmação do veto ao artigo do Plano Diretor que previa ampliação da faixa de preservação junto à orla do Guaíba, a prefeitura se prepara para começar obras na área. O plano é realizar até a Copa de 2014 uma série de intervenções no trecho de três quilômetros entre a Usina do Gasômetro e o Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Na quarta-feira, vereadores mantiveram o veto do prefeito José Fortunati à proposta de ampliar a faixa que limita construções junto ao Guaíba de 30 para 60 metros, com a criação de avenida e ciclovia ligando a Usina do Gasômetro ao Lami, pela orla. Foram 12 votos a favor da derrubada do veto, 12 contra e uma abstenção (a do presidente da Câmara, Nelcir Tessaro). Para derrubá-lo, seriam necessários 19 votos favoráveis.

Com o veto, segue valendo o limite de 30 metros usado atualmente. Se fosse derrubado o veto, passaria a valer a restrição para novas construções a menos de 60 metros da margem. Sem prazo definido, a prefeitura poderia ser obrigada a construir avenida e ciclovia na orla. Embora a prefeitura defendesse que a aprovação da proposta poderia resultar em desapropriações milionárias, não deveria haver alteração nas áreas já ocupadas.

– Seria inviável para a prefeitura remover obstáculos existentes nesses 60 metros. Também geraria um conflito com a população dessas áreas – avalia o secretário do Planejamento, Márcio Bins Ely.

Projeto prevê equipamentos públicos

No trecho da orla entre a Usina e o Beira-Rio, está prevista uma marina pública, passarelas sobre a Avenida Beira-Rio, áreas de lazer para crianças e idosos, plataformas para caminhada estilo palafitas, espaço para arvorismo (esporte que consiste na travessia entre plataformas montadas no alto das árvores), ciclovia, bares, restaurantes e quiosques.

– Queremos até o fim do ano estar com o processo licitado para as intervenções no primeiro dos cinco módulos, mais próximo à Usina do Gasômetro – explica Fortunati.

Segundo o prefeito, não será necessário encaminhar o projeto à Câmara porque as obras previstas não transgridem as normas do novo Plano Diretor, que entrará em vigor no fim do mês que vem. Para o conjunto de intervenções, já estão assegurados R$ 27 milhões de emendas parlamentares, mas o valor cobriria apenas uma parte do custo. O restante seria proveniente de empresas, por meio de Parcerias Público-Privadas.

 

http://zerohora.clicrbs.com.br/zeroh…3&section=1025

_______________________________

Não creio que Porto Alegre precise ter o pensamento de “MELHOR QUE NADA”. Não, não creio. Estas obras anunciadas pela prefeitura vem bem, claro. Mas não encerram aí a nossa discussão e as nossas exigências para que a cidade tenha um novo ícone, uma orla a altura da época em que vivemos e a altura da cidade que queremos. Algo grandioso, algo que chame turistas, algo que transforme a cidade. Canchas? Trapiches, passarelas ? Sim, queremos tudo isso!

Mas porque não um grandioso monumento, um grandioso teatro, um grandioso equipamento urbano no meio disso tudo ?

Porque, então, não controem o teatro da OSPA bem na orla, chamando a atenção e sendo um novo marco arquitetônico pra cidade?

Foi só uma sugestão.

Mas ainda temos tempo para que seja melhorado e este projeto seja colocado nos trilhos e na direção do que vão as grandes cidades do mundo. Algo sustentável, algo bonito, algo OUSADO !

Precionemos os governantes ! Nós não estamos sozinhos !

Parabéns prefeitura por este projeto ! Mas queremos mais ousadia para Porto Alegre.

Gilberto Simon

About these ads
7 Comentários leave one →
  1. Glauber Link Permanente
    17/09/2010 14:15

    Concordo plenamente Gilberto, se fossemos espertos o anfiteatro pôr-do-sol seria mil vezes mais ousado, qualquer empreendimento na beira do Guaíba poderia se tornar uma obra prima, basta planejamento. Ao contrário da maiorias das capitais, Porto Alegre é cheia de espaços vazios na orla e no centro administrativo, zonas incrivelmente valorizadas e incrivelmente abandonadas. É possível varias melhorias urbanísticas, POA não é uma cidade turística porque não quer.

  2. 17/09/2010 14:16

    Eu adoro os comentarios do Gilberto, ele pensa de uma forma parecida que a minha.
    Adorei a proposta de colocar um grande monumento no meio desse projeto na orla que ATÉ QUE ENFIM VAI SAIR DO PAPEL.. acho que um monumento na orla de grande porta no estilo do Museu do Ibere vai representar uma nova Porto Alegre.. um marco que a cidade quer pra que possa representar a cidade.. ao envés de toda foto promocional ser no gasometro..seria desse novo monumento, mas tem q ser algo grande.
    Esse blog é foda.

  3. Guilherme Link Permanente
    17/09/2010 15:07

    Sim, mas ai os “cultos” vão reclamar que esse monumento vai apagar a usina do Gasometro.

    Por que tu acha que não deixam construir certos prédios do projeto do cais?

    Os abostados querem que a usina seja nosso ponto turistico.
    Mente podre dessa gente.

  4. 17/09/2010 17:04

    Estou copiando qui um comentario meu que postei em outro site bem antes desse post ter sido criado:

    Bom, melhor do que nada….

    Mas pelo jeito vai ser algo “meia-boca”!

    … bem que poderiam incluir no projeto um novo “icone” para a cidade….algo de “destaque”:
    uma torre panoramica, um super chafariz no lago(estilio Genebra), sei la….algo que viesse a impulsionar o turismo na cidade.

    …quiosques, passarela sobre o rio(deve ser de madeira como aquela pontezinha em Ipanema), ciclovias, canchas esportivas….hummmm….me deu sono agora!!:

    PS: Quanto sera que vao custar esses estacionamentos no meio do lago!?!?

  5. Georgeano Link Permanente
    18/09/2010 8:58

    O que nossa orla vai ter é ISSO que tá na ilustração? Que coisa TOSCA!
    Guaiba ainda dá de 10 a 0 em Poa.
    Nem com a Copa se fala em fazer algo mais a orla.
    Não acredito mais em um dia haver uma orla legal na capital.

    Na metropole que odeia ser uma.
    Na provincia. Na Capital da Resistência, o bastião do atraso do pais. Que nem querem ser brasileiros porque se acham superiores, e sua cidade também é o melhor lugar do mundo.
    A cidade com mais cultura de ódio à burguesia e investidores.
    A metrópole que ODEIA ser uma.
    Essa vergonha cujos nativos são cada vez mais orgulhosos e ufanistas.

  6. andervaz Link Permanente
    18/09/2010 18:43

    Calma gente. Isso é só o esquema do que está previsto. Vamos deixar a “nuvem negra” pairar quando o projeto for apresentado. Aí sim vai ter neguinho podendo criticar comparando com Buenos Aires, NY, Chicago, Lodres e por aí vai…

  7. jorge eli cubas dossantos Link Permanente
    04/11/2010 21:09

    eu bom porto alegre se gostaria que o meu querido rio quaiba foce uma bela beira de praia para todos que pssamos caminhá´correr andar de bicileta uma avenida bel beira da orlaate lami sem neunhum obstacolo para os moradore e turista melhor dizendo vamos ser realista temos que ligar avenida quaiba do bairro assuçao ate ipanema bela beira rio melhor dizendo orla ate lami um abraço vamos fazer como em santa catrina rio de janeiro fortaleza bernabuco bahia ceara etc nos estamos seculo 21

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.157 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: