Governadora apresenta primeira etapa da restauração do Piratini

Previsão é de que a obra completa, orçada em R$ 2,6 milhões, seja inaugurada em novembro

Governadora apresenta primeira etapa da restauração do Piratini Foto:Camila Domingues

A primeira etapa da restauração da ala governamental do Palácio Piratini foi apresentada nesta terça-feira pela governadora Yeda Crusius. A previsão é de que a obra completa, com investimento total de R$ 2,6 milhões, seja inaugurada no dia 15 de novembro.

O Salão Negrinho do Pastoreio, no segundo andar, teve o piso e a rede elétrica recuperados, além de novo sistema de climatização. Os trabalhos prosseguem no Salão Alberto Pasqualini, no gabinete da governadora e no terraço do prédio.

A recuperação do Palácio foi idealizada em 2007, quando uma comissão de restauro foi formada por Yeda. “Estava completamente condenado. Era até perigoso caminhar de salto”, afirma o coordenador do grupo, Antônio da Silva Alves. Segundo ele, tapetes eram utilizados para cobrir imperfeições no piso.

Para a governadora, o valor investido é insignificante perto da história que está sendo preservada. “Vai ser um museu aberto. Isso é preservação, valorização e registro da história.”
Fonte: Danton Junior / Correio do Povo

Share



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Patrimônio Histórico

Tags:, ,

1 resposta

  1. Enquanto isso as reformas do Palácio do Planalto custaram 111 MILHÕES de reais. Descontando as diferenças de dimensões entre esses 2 prédios públicos e a maior capacidade de gasto do governo federal, fico pensando, como é possível gastar toda essa fortuna numa reforma?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: