IBGE faz apelo para reduzir resistência a recenseadores em Porto Alegre

IBGE faz apelo para diminuir índice de “domicílios fechados” no Censo gaúcho.

Recenseadores não encontram pessoas em casa e não recebem retorno para uma nova visita

A unidade estadual do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) faz um apelo para os moradores que estiveram ausentes durante a visita da coleta de dados e por isso não responderam o questionário do Censo 2010. Em Porto Alegre, dos 530 mil domicílios visitados até agora, 8,08% foram encontradas fechados.

Censo 2010 já contabilizou 79% da população brasileira

Segundo o chefe da unidade estadual do IBGE, José Renato Braga Almeida, este é o maior problema da atual fase do censo no Rio Grande do Sul, que já contabiliza mais de 2,7 milhões de domicílios visitados até agora.

— Pedimos às pessoas que receberam bilhetes que retornem ao número de telefone informado pelos pesquisadores. Isso facilitará muito o nosso trabalho — afirma o chefe.

O índice de domicílios fechados no Estado, por sua vez, é inferior ao da Capital: 6,05%. O procedimento padrão é que o recenseador deixe um bilhete quando o morador não for encontrado. A pessoa pode ligar e marcar inclusive outro local para a entrevista. Também pode solicitar o material para responder o questionário pela Internet.

 

ZERO HORA Livia Meimes



Categorias:Demografia

Tags:, ,

%d blogueiros gostam disto: