REFORÇO NO POLO NAVAL – Plataformas podem vir para Rio Grande

Rio Grande pode ser a sede dos projetos para construir as plataformas P-58 e P-62, ambas da Petrobras. As empresas Queiroz Galvão e Camargo Corrêa-Iesa, que integram o consórcio Quip, apresentaram as menores propostas na concorrência pública realizada pela estatal. O valor dos dois projetos está estimado em R$ 1,5 bilhão.

Em Rio Grande, o consórcio Quip já construiu a P-53 e constrói a P-55

ZERO HORA http://zerohora.clicrbs.com.br/zeroh…n=capa_offline



Categorias:Economia Estadual

Tags:, , , ,

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: