DEP promove grafitagem no Arroio Dilúvio em Porto Alegre

Aproximadamente 20km de taludes de concreto receberão pintura

Obra está atualmente no trecho entre as avenidas Azenha e Silva Só Foto:Jonathan Heckler, PMPA

Os taludes do Arroio  Dilúvio terão seu visual renovado. A iniciativa do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP), em parceria com o setor privado, vai promover grafitagem nos taludes de concreto do maior arroio de Porto Alegre.

O objetivo é dar um toque diferenciado à paisagem da Capital. Serão aproximadamente 20km de taludes de concreto que receberão a pintura com temas variados, mudando completamente o visual da avenida Ipiranga.

Obra dos taludes

A obra de recuperação dos taludes do Arroio Dilúvio, executada pelo DEP, iniciou em fevereiro na esquina das avenidas Salvador França e Ipiranga. Atualmente a obra está na avenida Ipiranga, entre as avenidas Azenha e Silva Só.

As lajes grês são substituídas por concreto e as redes pluviais que apresentarem problemas são reconstruídas, assim como as redes que desembocam no arroio. Também são recuperadas as paredes de pedra que formam a calha do arroio e os degraus do leito. Nos trechos em que os taludes já são em concreto, são recuperadas as placas danificadas.

Com investimento de R$ 8,49 milhões, a obra terá uma extensão de 10,5km de cada lado do Dilúvio, atingindo um total de 21 quilômetros de concretagem de taludes. A execução do serviço trará um novo visual ao arroio e a reconstrução das redes otimizará a drenagem.

Zero Hora

 

_________________________

Acho bem discutível esta iniciativa, embora fique melhor do que pichado. Na minha opinião seria melhor manter de uma cor só os taludes, dando um visual mais clean, do que esta forma que ficará, multicolorido. Não há de ser nada…..

Share



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , ,

15 respostas

  1. Olha…eu até acho uma estratégia interessante…por um único motivo. Como os taludes NÃO vão ficar com uma só cor (já que as pichações serão amplas, gerais e irrestritas), quem sabe grafitando-se tudo, os pichadores resolvam não atacar. E mesmo que pichem, ao menos os rabiscos deles vão ficar melhor disfarçados em meio aos desenhos dos grafites. Vai ser uma poluição visual danada…mas ainda assim, melhor do que se olhar um talude pintadinho bonitinho mas decorado com aquelas letras pontudas imbecis dos vagabundos filhinhos de papai.

    Curtir

  2. Pichação é um problema, mas graffiti não chega a ser tão diferente quando é malfeito. Mas se tivessem umas trepadeiras cobrindo esses taludes até seria bom, apesar de alguns vagabundos que provavelmente iriam danificar as plantas.

    Curtir

  3. Distraidos coma “poluicao visual” o numero de carros que vao cair no riacho so vai aumentar….

    Curtir

  4. …..“INSONIA 2010″

    HUAheuaheuaheuahuhaueh.

    É rir pra não chorar!

    Curtir

  5. É completamente de apostar a bunda que vai aparecer um “INSONIA 2010” ou algo do gênero… lamentável

    Curtir

  6. Porque não aproveitam a idéia das vacas que estão na cidade e fazem um concurso cultural onde artistas inscrevem seu trabalho e depois a população escolhe o melhor desenho poderiam “lotear” o diluvio ou convidar algum grafiteiro importante e de renome internacional como os gêmeos por exemplo

    Curtir

  7. Eu tenho sentimentos mistos a respeito de grafite.

    Sim, sem dúvida é melhor que pichação. Sim, é uma forma de arte. Existem grafiteiros fantásticos, com uma arte muito inteligente. Pesquisem “banksy” para ver do que falo.

    O que me incomoda, no entanto, é que muitos grafites que eu vejo em Porto Alegre são quase pichações: letras grandalhonas, desenhadas de maneira complexa, quase indecifráveis. Fica parecendo que o objetivo do grafiteiro é marcar território, e não arte.

    O ideal, para preservar um visual clean, seriam desenhos grafitados, de maneira meio esparsa. Um lugar que isso ficou legal foi o túnel de pedestres da estação rodoviária do trensurb. Mas tem um porém: até onde eu entendo, ter um comitê para “aprovar” desenhos me parece ir totalmente contra a ideia do grafite como arte social.

    Curtir

  8. Corrigindo, 10km de muro, e não vinte…

    Curtir

  9. Alias, temos uns dos mais famosos grafiteiros do MUNDO, um “muro” para grafitar com mais de 20km (ou melhor, dois muros) pode atrair gente do mundo todo…. mesmo sendo em um arroio.

    Curtir

  10. Gosto de grafite, mas pra mim o que fizeram com o diluvio foi um crime.
    Mas tudo bem, antes isso do que pixação.

    Curtir

  11. Acho interessante essa iniciativa. Também prefiro uma cor só, clara. Mas conheço bem os moradores daqui. Mal terminaral alguns taludes e eles já foram pichados. Acredito que o grafite iniba a pichação. Pode ser que fique visualmente poluído, mas antes poluído com grafites que com pichações…

    Curtir

  12. Que pessima iniciativa da prefeitura….vai ficar uma baita pouluicao visual e depois de velho vai somar-se a pichacao e ficara ainda pior…Pq nao plantam trepadeiras para tapar, ou algum tipo de vegetacao?

    Curtir

  13. Concordo contigo Gilberto.

    Ficaria um visual mais “clean” se mantivéssem uma cor padrão. Desde que começaram a reconstruir as taludes, achei que ficou melhor. Na minha opinião, prefiro aquele tom de cinza do que um festival de cores.

    Cada vez que chover forte suficiente para encher o arroio, as águas levarão um pouco da tinta deixando um tom descascado… vai ficar horrível!

    Curtir

  14. Concordo Gilberto, que é bem discutível essa ação, pq de certa forma acaba causando uma certa poluição visual, para o meu gosto a boa conservação do concreto limpo ja bastava assim como a maioria das pontes de concreto são, mas deixamos assim…isso é um gosto meu, pode que a maioria goste do resultado…

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: