Qualificação da orla deve atrair negócios

Allet prevê que iniciativa pública abrirá caminho para empresas privadas Foto: ANTÔNIO SOBRAL

O coordenador do Grupo de Trabalho da Orla, da Secretaria do Planejamento Municipal (SPM), Marcelo Allet, foi o palestrante da reunião-almoço do Conselho Deliberativo da Sociedade de Engenharia do RS (Sergs). O tema do arquiteto foi “Porto Alegre de Frente para o Guaíba: Esforços de Planejamento e Perspectivas para a Copa de 2014”.

As principais intervenções planejadas estão direcionadas ao ponto chamado de Orla Central, entre a Usina do Gasômetro e a rótula da avenida Diário de Notícias. Conforme Allet, nesta extensão de 5 quilômetros a prefeitura pretende instalar projetos de paisagismo, novos calçamentos, ações de preservação ambiental e quiosques. “Queremos qualificar a orla. Usar o espaço a partir de uma iniciativa pública que possa depois ser explorada por empresas privadas”, sugeriu.

A estimativa é que para executar essas intervenções sejam necessários R$ 27 milhões. Os recursos viriam da bancada gaúcha em Brasília. O projeto beneficiaria diretamente uma população de 20 mil pessoas que vivem nas imediações da Orla Central.

Fonte: CORREIO DO POVO  

Share



Categorias:Economia da cidade, ORLA

Tags:,

2 respostas

  1. Eu sempre serei favorável aos empreendimentos. Só estranho o seguinte nessa notícia do projeto-orla. O financiamento viria do tesouro….e quando estiver concluída a obra toda, a administração do complexo seria repassada a uma empresa privada.
    Isso realmente eu não consigo entender. Esse modelo de PPP (parceria público-privada) é um enigma.
    O erário banca os custos e depois entrega o gerenciamento pra uma empresa? Mas se o negócio é lucrativo, então porque o estado não gerencia ele mesmo o lance?
    As parcerias público-privadas fazem sentido quando o estado não tem grana pra bancar uma obra…aí ele tenta atrair uma empresa que queira bancar parte dos custos e dá uma concessão de uso, participação e gerenciamento do empreendimento para a empresa…isso sim é uma parceria de negócio.

    Curtir

  2. xiii vai ter gente querendo protejer os maricás da orla 😀

    Moro no cristal e não tenho acesso a orla… é triste.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: