Megaeventos sob a ótica da Fiergs

As possibilidades de investimento abertas por meio de financiamentos e redução de impostos, relativas aos grandes eventos esportivos, foram o foco do encontro Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016 – Oportunidades e Conformação Jurídico-Tributária, ocorrido ontem na Federação das Indústrias (Fiergs). O objetivo do evento foi informar o empresariado gaúcho sobre os preparativos e as oportunidades decorrentes desses dois megaeventos.

Idealizado pela Fiergs, em parceria com os escritórios Xavier Advogados e Demarest&Almeida, o evento teve palestras de juristas e do secretário extraordinário da Copa do Mundo de 2014, Paulo Odone, que defendeu o desenvolvimento não só de Porto Alegre, mas de todo o Estado. “Durante a Copa do Mundo de 2006, a Alemanha recebeu milhares de turistas. E lá, de cada dez estrangeiros que foram ao país durante a disputa, apenas quatro estiveram em estádios”, observou Odone.

Já o advogado tributarista Cláudio Otávio Xavier ressaltou que a falta de incentivos tributários é o principal entrave para que a iniciativa privada faça investimentos considerados altos.

Correio do Povo

 

Share



Categorias:COPA 2014

Tags:, ,

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: