Ford na Bahia: cartão de visitas

Esta é sempre dureza para nós gaúchos: lembrar a expulsão da Ford pelo governo Olívio Dutra em 1999. À época, os radicais do PT que assumir o governo do RS e fizeram Olívio Dutra de títere não concordavam com o financiamento com dinheiro público de uma multinacional norte-americana. Com uma visão tacanha, criaram todos os empecilhos para que a empresa, cuja área já estava na fase de terraplenagem na cidade de Guaíba, fincasse bandeira em definitivo. O resultado? O governo da Bahia foi ágil e ofereceu tudo e mais um pouco para que a Ford para lá se transferisse. O resultado é que a Ford instalou-se em Camaçari e nós gaúchos ficamos a ver navios.

No ano passado, a Ford anunciou ampliação da planta com investimento de US$ 1,2 bilhão. O governador petista da Bahia, Jaques Wagner, fez o impossível para viabilizar o projeto, com apoio total do presidente Lula. Todos os benefícios fiscais foram ampliados.

Hoje a Ford é um cartão de visitas na Bahia. Quando se desembarca no aeroporto internacional Luiz Eduardo Magalhães os primeiros banners de publicidade que se vê são estes. Os baianos estão de parabéns!

BLOG DO DIEGO CASAGRANDE – 17/11/2010
http://www.diegoreporter.blogspot.com

_______________________________

Só falta inaugurar uma estátua do Olívio Dutra na praça principal de Camaçari … rsrsrs



Categorias:Economia Estadual

Tags:, , , , ,

23 respostas

  1. A forde é uma grande empresa que, respeita o meo ambiente, com grande tecnologiae enovação. quero muito fazer parte dessa empresa.

    Curtir

  2. Paula,
    Não sou contra o projeto do cais, bem pelo contrário, sou muito a favor. Assim como era a favor do projeto do estaleiro como mesmo relatei no outro post.
    E que bom que a Yeda esta tentando aprovar o projeto do Cais.
    Sobre a comparação com Portugal e Canadá, acho que temos sempre que nos compararmos com algo melhor para irmos em busca desse ideal, como tu mesmo falou.
    O nosso problema é achar que porque um governo roubou menos que o outro já é lucro.
    Concordo com o Julião em gênero, número e grau.
    Como tu morou no Canada um tempo sabe a diferença entre educação de la com a nossa, esse sim é o grande problema.
    Mas não podemos culpar somente nossos políticos pois eles são o retrato da sociedade em que eles vivem em proporções menores é claro.
    Alguém por acaso não conhece algum amigo que tenha net pirata? Ou que um dia furou uma fila por conhecer o porteiro? Ou estacionou em lugar não permitido? Ou precisou da ajuda de algum amigo importante sendo que outro não tinham.
    Por bem ou por mau somos o retrato dos nossos políticos em menor escala de importância.
    Paula, sobre o teu último questionamento, sou sim a favor do cais e muito a favor.
    O que não entendo é esse radicalismo contra ou a favor do PT como tu mesmo fala na sua ultima frase. Isso sim prejudica a todos.
    E como te falei não sou PT, mas parece que o simples questionamento sobre o assunto me torne um.
    Ser “apartidário” aqui no RS é como não torcer para Inter ou Grêmio, ou alguém conhece um torcedor do zequinha?

    Curtir

  3. O que as pessoas não entende que quando dizemos que em outros países não roubam como aqui não estamos falando só da corrupção e outros crimes definidos no código Penal, pois para estes basta provar num processo e o criminoso é punido. O pior roubo no Brasil, para mim é o da ineficiência administrativa – um estado que existe para si próprio e não produz nada para a sociedade – consequência de apadrinhamentos, excessos de CCs, estatais improdutivas, métodos adminstrativos antiquados, salários de marajás para servidores fazerem atividades comuns… Sem contar as consequências disso tudo também para a iniciativa privada, o custo-Brasil.

    Aí perdemos dezenas e dezenas de bilhões de reais, não cueca abaixo, mas ralo abaixo mesmo.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: