Prefeito rebate críticas de especialista espanhol e aposta nos “Portais” como solução do transporte

Ilustração de como deve ser um dos Portais da Cidade, ponto de integração do BRT de Porto Alegre

No mesmo dia em que o blog publicou a entrevista com Francesc Teixidor, ex-dirigente do sistema de transporte público de Barcelona, onde o urbanista dizia para Porto Alegre esquecer os veículos subterrâneos, a manchete do maior jornal da cidade foi categórica: “plano aponta metrô como prioridade para evitar colapso”. Diante do impasse, o prefeito José Fortunati salientou que os estudos para melhorar a mobilidade já têm dez anos: “e não será um trabalho de três dias (tempo em que o assunto foi discutido no laboratório Copa de 2014, do 54º Congresso Mundial de Arquitetura), que vai apontar o melhor caminho.”

“Em primeiro ligar, não estamos pensando no metrô para Copa, mas para requalificar o transporte público de ônibus”, destacou Fortunati, com exclusividade para este blog, diretamente do México, onde foi conhecer mais um BRT (Bus Rapid Transport), semelhante ao projeto Portais da Cidade, que visa melhorar a mobilidade em Porto Alegre para o Mundial. “Mas isso não afasta a discussão”, completa.

Quando perguntado se, conforme afirmação de Francesc Teixidor, a frota que servirá ao BRT precisará ser adaptada ou renovada, gerando dificuldades para as empresas operadoras, o prefeito salienta as vantagens da modernização: “Não vejo como barreira tecnológica, mas como facilidade para o usuário. Com o piso [das plataformas de embarque] mais alto, as viagens serão agilizadas”, diz. E na av. Sertório, importante corredor da zona norte da cidade, os ônibus já são diferentes. Com uma vantagem: os novos veículos utilizarão combustível ambientalmente aprovado. 

Altura dos pontos de embarque deve agilizar o acesso dos passageiros

Segundo o prefeito, a idéia de criar linhas de trem nos dois lados da Ipiranga, avenida que liga o norte e o sul da capital, colide com o projeto que prevê ciclovias no local. E as tratativas para injetar recursos federais na construção não terminaram: “Só pararam por causa da transição do governo, mas devem voltar assim que a presidente eleita, Dilma Roussef, assumir.”

Portais, climatizados, terão espaço para lojas e serviços

Veja o vídeo explicativo do sitema dos Portais da Cidade

Mais fotos: 

Retirando a maioria dos ônibus do centro, projeto é opção para melhorar a mobilidade da capital

Passando pelo estádio Beira-Rio, ciclovias se estenderão por 250 ruas de Porto Alegre

Mapa com a futura localização dos Portais da Cidade

Fonte: De Olho em 2014

 Share



Categorias:COPA 2014, Meios de Transporte / Trânsito, portais da cidade

Tags:

4 respostas

  1. Na boa. Entre a opinião do especialista de trânsito espanhol e do glorioso Fortunati…eu fecho os olhos e aposto todas as fichas no primeiro.

    Curtir

  2. Esse vídeo do projeto portais tá totalmente diferente daquele que andava circulando qdo o Fogaça ainda era prefeito.

    Tá bem diferente daquele anterior, bem mais pobre, evidentemente!

    Curtir

  3. Sou usuário do transporte público municipal. É um absurdo o que as empresas fazem com as pessoas!
    Os atrasos são constantes, e o tempo de espera, principalmente nos finais de semana e feriados, nos fazem perder um tempo precioso em paradas imundas, sem segurança, sem bancos ou proteção contra a chuva, o frio e o sol escaldante.
    O ser humano fede! Na hora do rush os veículos ficam superlotados. Em dias quentes, na volta do trabalho, o mau cheiro é uma constante. Quando saio do ônibus não sei mais se o suor é meu ou das outras pessoas. A maioria dos veículos não tem ar-condicionado. É um horror!
    Em dias de passe livre não dá pra sair de casa. Como o transporte é gratuito, as empresas colocam poucos carros na rua. Se quiser andar de graça vai ter que sofrer! Sem contar a questão da marginalidade, mas aí é outra estória.
    Por essas e outras que não tenho como ser contra o projeto dos portais. Qualquer coisa que traga mais qualidade ao serviço já tá valendo! No entanto, vamos às críticas:
    Não gostei do modelo das paradas!
    1)Falta rampa para pessoas em cadeira de rodas;
    2)Poderia ser totalmente fechada e com ar-condicionado;
    3)Poderiam tirar o cobrador do ônibus e colocá-lo nas paradas, o que aumentaria a segurança e evitaria degradação;
    4)As paradas poderiam ser monitoradas por câmeras;
    5)Outros serviços poderiam ser agregados tais como: orelhão, internet, chaveiro, banca de revista;
    6)Monitores com o tempo de espera dos ônibus;
    7)Banheiros;
    8)Mini-bicicletário.
    Estes serviços aumentariam a segurança e gerariam receita para manter a estrutura;
    Era isso.

    Curtir

  4. Estamos diante de três maiores eventos dos últimos tempos, a Copa das Confederações em 2013, Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. A repercussão que trarão para as cidades, serão de tal forma grandiosas, que afetarão toda a população residente. Por enquanto só vejo blá blá blá, coisas que não saem do papel e da boca dos governantes. Tenho depositado minha fé em uma pessoa, que acho ser a mais equilibrada, que se chama José Fortunati. Quanto a um dos mais relevantes problemas que nos deparamos, será o transporte da população futura. Como não teremos a extensão do Metrô para a copa, pois o custo sairia muito alto e demorado, a melhor solução rápida, será o transporte articulado, sem a necessidade de trilhos, rede elétrica para os trens etc etc. Só necessitamos de vias expressas e estratégicas em vários pontos da capital. Os ônibus articulados estão em vários grandes centros do mundo, modernos, confortáveis e muito práticos, pois temos condições de usa-los com nossos combustíveis não poluentes. Além do mais, esses ônibus podem ser desconectados, cada composição, como se fossem os nossos antigos trens.
    py3cvs.

    OBS: Está em uso em todo o planeta, o YAHOO MESSENGER, que dá para falar de qualquer parte do mundo, pelo celular, com áudio e vídeo e muito mais, ainda ontem falei com um amigo meu de Toronto, ele rodando pela cidade e eu vendo tudo pelo meu computador.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: