Ospa agora é patrimônio imaterial de Porto Alegre

Além dos concertos oficiais, orquestra se apresenta em parques, igrejas e museus.

Porto Alegre – A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) foi registrada pela prefeitura como Bem Cultural de Natureza Imaterial da Capital gaúcha, em acordo com a Lei nº 9.570, do município. A comunicação oficial do fato será feita pelo prefeito José Fortunati e contará com a presença do secretário municipal da Cultura, Sergius Gonzaga, durante as comemorações do 60º aniversário da Fundação Ospa, terça-feira, em concerto da orquestra às 20h30, no Salão de Atos da Ufrgs.

Esse registro agora por parte da Secretaria Municipal da Cultura, que eleva a Ospa à qualidade de Bem Imaterial de Porto Alegre, equivale ao conhecido tombamento, termo aplicado aos bens imóveis. Já fazem parte dos patrimônios imateriais da cidade a Feira do Livro e a Festa de Navegantes.

Segunda orquestra mais antiga do país em atividades ininterruptas, a Ospa foi fundada em 1950. Completa, portanto, neste ano de 2010, 60 anos de um importante trabalho cultural de formação e ampliação de platéias e de disseminação e divulgação da música erudita.

Sempre buscando a excelência na sua qualidade musical, a Ospa também desenvolve projetos educativos culturais dirigidos especialmente a estudantes e professores da Capital e do interior do Estado. Assim, além dos concertos oficiais, realizados em salas adequadas para essa finalidade, a Ospa tem realizado, ao longo de sua história, concertos em parques e praças públicas, igrejas, museus, escolas, ginásios, atingindo um público anual médio de 100 mil pessoas.

Entre os projetos de cunho social, vale destacar as iniciativas ‘Poema’ e ‘Ouvir a Vida’, voltados para a inclusão de crianças carentes das periferias, com um papel complementar na educação musical dos alunos da rede de ensino. Em reconhecimento ao trabalho realizado pela inclusão social e musical, o “Ouvir a Vida”, criado em 1999, recebeu em 2001 o Prêmio Líderes e Vencedores, da Federasul e, em 2002, a Menção Honrosa do Prêmio Direitos Humanos da Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, entre várias outras homenagens.

Jornal NH

 

Share

Enquanto isso, a parte “material” não existe ainda. Pelo menos a sede. Até quando ?

 

Há quase 1 ano atrás posti esta foto no Blog, neste post: https://portoimagem.wordpress.com/2009/12/02/sala-sinfonica-da-ospa-quando-iniciam-obras/. Ela já tem área pra ser construída.



Categorias:Cultura

Tags:,

17 respostas

  1. Estava lendo teu post e me deparei com a parte dos cabos, mesmo o assunto não sendo este. Muito bom! Wilson

    Curtir

  2. Cobertura de madeira? Outra gambiarra, fora isso eu não duvido nada que acabe sendo roubada e usada para a montagem de malocas em alguma vila. Quanto a transformar num “mendigódromo”, já está transformado a algum tempo. Tem que ser tomada uma providência urgente, esses mendigos SÃO MESMO UMA AMEAÇA à segurança no entorno do Bom Fim, ficam fumando crack e perambulando “pedindo” dinheiro, comidas e bebidas de forma intimidadora, principalmente para idosos. Volto a afirmar que mendicância É CRIME, além de encobrir outros crimes como assaltos e tráfico de drogas.

    Curtir

  3. Essa conversa do novo Araújo Vianna se arrasta há muitos anos. Gilberto…tem alguma foto do projeto vencedor da licitação?

    Já que a prefeitura fez um camelódromo no centro, poderia transformar o Araújo Vianna num mendigódromo. A ideia de reunir todos os moradores de rua num lugar só…não me soa mal. Se bem que…pra caber todos eles, o novo teatro teria que ser umas 100 vezes maior.

    Curtir

  4. Frank, adorei a pérola do teu tio. (rs)

    Gilberto e Daniel, acho que a nova cobertura do Araújo será fixa e de madeira, se não estou enganado.

    Sabem o que seria ótimo ali? Uma torre panorâmica! Podiam até deixar o Aráujo, mas construíssem uma torre panorâmica atrás dele. Vocês conhecem o restaurante giratório de Veranópolis?

    Vejam o link: http://mirantedaserra.webs.com/

    Esta torre da serra gaúcha é bem simples, mas é um baita ponto turístico. Já pensaram em almoçar num restaurante giratório no coração verde de Porto Alegre. Seria o máximo!

    Curtir

  5. Só vinho português… Brincadeiras à parte, eu sinceramente não gosto do Araújo Viana do jeito que é, acredito que seja melhor um teto de verdade ao invés de uma cobertura de lona, e algum tratamento acústico para que o som não seja propagado para fora do auditório com tanta intensidade.

    Curtir

    • Eu detesto a cobertura atual também. Acho que deveriam aproveitar a reforma e mudar radicalmente. Aquilo tem jeito de quiosque na beira-mar… tem jeito de provisório… e que realmente não dura muito. Horrível.

      Curtir

  6. Concordo com o Augusto quanto à necessidade de se demolir o Araújo Viana, que está virado num chiqueiro de mendigos e outros crimonosos (sim, mendicância é crime, apesar de ser bastante tolerado, e acaba servindo para encobrir praticandes de outras atividades criminosas como tráfico e assaltos). Sempre achei bizarro cobertura de lona, coisa de barraco de favela, e aqueles cabos de aço são precários demais.

    Curtir

  7. Pessoal, calma.
    A OSPA tem lugar pra ser construída. Creio que está demorando por algum motivo de verbas, não sei ao certo. Já tem tapume na área e há certeza que ela será construída ali naquele local. Vejam post do Blog:

    https://portoimagem.wordpress.com/2009/12/02/sala-sinfonica-da-ospa-quando-iniciam-obras/

    Curtir

  8. Porque a prefeitura não entrega o Araújo Vianna pra uma empresa demolir e construir o novo teatro da Ospa? Vocês viram no que virou o Araújo Vianna? Um grande valhacouto de mendigos e drogados. Os caras se abrigam e fazem as necessidades em baixo da marquise. E as pichações quase encobrem completamente o prédio. A cobertura…é uma lona rasgada e podre. O interior…não existe mais. ACABOU. Aquilo lá é o retrato da falência do Setor Público.

    Curtir

  9. Eu duvido que num futuro próximo a Ospa tivesse um teatro como esse da ilustração, no máximo vão ser empurrados para algum “puxadinho” qualquer. A propósito: depois que foi feito um destombamento de um casarão histórico em Guarulhos-SP (que acabou demolido), se fizessem o mesmo com o Araújo Viana acabaria reduzindo bastante a burocracia que se dificulta uma reforma (eu até não seria a favor de uma restauração, prefiro uma reforma que pudesse adequar a níveis de poluição sonora e segurança, visto que há alguns problemas com cabos de aço que sustentam a cobertura e podem acabar “chicoteando” espectadores durante temporais).

    Curtir

  10. Rafael, comunista gosta de fazer caridade com o chapéu alheio. Eu tinha um tio que era militante de carteirinha do Partido Comunista Brasileiro que sempre dizia » meus princípios são comunistas mas meus instintos são burgueses». E depois de largar essa pérola maravilhosa dava sonoras gargalhadas debochando de si próprio.E assim eles vão levando. Tudo como uma grande brincadeira!!!

    Curtir

  11. Acho engraçado que os comunistas que querem que tudo seja público, quando precisam de dinheiro para reformar ou construir prédios públicos (Ufrgs, Ospa, etc) pedem dinheiro pra quem? Justamente pro setor privado! Ironia, não?

    Curtir

  12. quem nao sabe deve pensar, OOOOHHHHHHHHHHH…. PATRIMONIO IMATERIAL….AGORA SIM VAI P FRENTE…..

    Curtir

  13. Que espetáculo hein! Meu mundo está cada vez mais vazio. Vivemos a era da politicagem rasteira.
    Não conseguem fazer o que têm que fazer..e partem para homenagenZINHAS inúteis.
    São os governantes que nós merecemos.

    Curtir

  14. Porque eles tem que compensar que não investem no “material” da OSPA, declarando patrimônio disso e daquilo.

    Curtir

  15. A pergunta que cabe é; qual a vantagem PRÁTICA de ser declarada um bem imaterial ?

    Se alguém tiver a legislação sobre esse assunto, favor trazer ao blog.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: