Nem Tarso pode mais atrapalhar este projeto de R$ 500 milhões

Ainda que quisessem, o PT e o Governador eleito, Tarso Genro, nada poderão fazer para impedir que sejam iniciadas e concluídas as obras do chamado Cais Mauá, o Puerto Madero de Porto Alegre.

É que o prefeito José Fortunatti confirmou nesta sexta  o que este editor já tinha adiantado há dez dias:

1) Yeda vai assinar na semana que vem  todos os documentos da licitação que escolheu o consórcio que implantará e administrará o Cais Mauá.
2) Em seguida passará tudo para o Prefeito Fortunatti.

Tarso Genro e o PT poderiam barrar o Cais Mauá ? Nem que quisessem. Isto significa que o Deputado Raul Pont poderá rosnar quanto desejar, porque Inês é morta. Nem o Dr. Da Camino entrou no jogo de Pont.

O próprio José Fortunatti acha que o novo governador não vai querer comprar uma bronca sem necessidade, pedindo de volta o que Yeda vai passar. Se fizer isto, passará um recibo indigesto para a população de uma cidade da qual foi prefeito duas vezes e para a qual negou-se a entregar o cais do porto revitalizado, tudo por preconceitos ideológicos anti-diluvianos. A área toda levará investimentos de R$ 500 milhões. O projeto todo tem a grife de Jaime Lerner.

Isto é o que se chama amarrar bem o cavalo no obelisco.

www.polibiobraga.com.br

 

Share



Categorias:Projeto de Revitalização do Cais Mauá, QUERO CAIS

Tags:, ,

15 respostas

  1. Andre, culpar simplesmente a classe dos arquitetos é para alguém que não conhece o mercado ou o pais em que vive.
    Arquiteto é simplesmente um empregado do mei que vive assim como tu.
    Tu acha que as grandes construtoras “brasileiras” aceitariam fazer projetos modernos e bonitos sendo que o seu lucro caisse pela metade só para melhorar a qualidade urbanistica da cidade?
    Em alguns casos, muitos raros por sinal, se consegue fazer uma arquitetura boa sem que o empreendedor fique “podando” os projetos.
    Garanto que na sua casa isso também ocorre, ou quando você foi comprar um objeto para a sua casa escolheu o mais revolucionário independente do preço?
    Aqui a arquitetura não é valorizada e pode ter certeza que não é porque os arquitetos são incompetentes.

    Curtir

  2. Quando o cais for revitalizado, todos vão ganhar. Quem é contra e quem é a favor. Todos poderão passear, curtir o Guaíba e o pôr do sol, aproveitar o anfiteatro, as opções culturais, os restaurantes, o bonde, a ciclovia, museus, bibliotecas, etc, etc, etc.
    Além disso, vão ser beneficiados indiretamente pelos empregos e impostos gerados, revitalização do centro histórico, turismo, e tantas coisas mais.
    Todo mundo é a favor disso!
    Quem apóia a Yeda pelo que está fazendo, na verdade o que quer é ver o cais revitalizado (e é assim que vc deve ler as juras de amor à Yeda), mesmo que esperava mais do projeto. Quem se diz contra o cais revitalizado, na verdade não é a revitalização em si que lhe incomoda.
    Argumentos existem de sobra a favor da revitalização. Quem não apresenta argumentos é quem é contra.

    Curtir

  3. gostaria de ver um projeto de primeiro mundo uma coisa revolucionaria para a cidade ,gostaria de ver torres altissimas de mais de 100 metros ou torres mais baixas mas com formas diferentes mas infelismente nossos arquitetos so sabem contruir coisas quadradas sem desenhos de predios diferenciados sempre a mesma coisa estilo caixotes bom mas antes isso do que nada.. quem sabe um dia teremos arquitetos de verdade a nivel de primeiro mundo ai sim teremos belas cidades no brasil por mais que eu goste de porto alegre a cidade construida e terrivel feia sem vida o que salva essa cidade ea maravilhosa natureza ao redor por isso que achamos ela linda somente pela natureza que a cerca….

    Curtir

  4. Não deem atenção a esse professor linguiça, deve ser só um troll petista. Quanto ao comentário do Gabriel sobre comemorarmos um projeto “pequeno”, parece esquecer que estamos em Porto Alegre, que apesar de tudo ainda é um local complicado para empreendimentos mais arrojados.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: