Ciclistas protestam acorrentando bicicletas em frente à prefeitura da Capital

Grupo pede a ampliação de ciclovias e a criação de bicicletários

Ciclistas acorrentaram bicicletas nas grades que protegem a Fonte Talavera, em frente à prefeitura de Porto Alegre. Foto: Genaro Joner

Para pedir mais respeito no trânsito da Capital, ciclistas acorrentaram na tarde desta segunda-feira bicicletas nas grades que protegem a Fonte Talavera, em frente à prefeitura. O grupo ainda estendeu faixas com reivindicando mais bicicletas, menos carros. O ato foi pacífico.

A manifestação ocorreu uma semana depois de polêmica envolvendo bicicletas no Mercado Público, onde não há local para esse tipo de veículo. Uma servidora da Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic) respondeu e-mail de um casal de ciclistas aconselhando que bicicletas fossem deixadas para “momentos de lazer” e não para fazer compras.

O objetivo da ação é pedir políticas públicas que deem prioridade à qualidade de vida das pessoas, como a ampliação de ciclovias e criação de bicicletários, e não apenas solução para os problemas viários. Uma carta foi entregue ao prefeito José Fortunati, que sancionou nesta tarde a criação da Semana de Combate à Violência no Trânsito.

Zero Hora

 

Share



Categorias:Bicicleta

Tags:, , , ,

7 respostas

  1. Felipe X,

    Já teve uma postagem aqui no blog a respeito de um projeto de iniciativa popular que queremos aprovar que prioriza justamente o transporte público. Precisamos de ajuda de toda a população para fazer pressão no governo em relação a isso.

    http://massacriticapoa.wordpress.com/2010/11/27/projeto-de-lei-de-iniciativa-popular-para-o-incentivo-ao-transporte-publico-e-de-propulsao-humana/

    Curtir

  2. Eliseu,

    A carta que entregamos ao Fortunati está disponível para leitura aqui:
    http://massacriticapoa.wordpress.com/2010/12/05/carta-ao-prefeito/

    Dá uma lida nela e veja se não é legal, sempre é bom dar uma pesquisada antes de chamar as pessoas de hipócritas.

    Entendo que o texto do artigo pode induzir ao erro o que foi a das intenções dos ciclistas na frente da prefeitura nesta segunda-feira.

    Bicicletários e ciclovias são na verdade a coisa mais simples e não o principal motivo do ato simbólico que fizemos, nem falamos deles na carta.

    A visão de que bicicletários e ciclovias resolvem os problemas do trânsito é ultrapassada ingênua, sem dúvida ajuda em algumas situações, mas outras medidas muito mais importantes e o simples respeito por parte dos motoristas resolve não só o problema para os ciclistas, mas para toda a população.

    Curtir

  3. meu deus, não li isso.

    Curtir

  4. Eu acho que enquanto não tivermos ciclovias segregadas dos carros nas ruas, as bicicletas serão apenas mais uma forma de lazer mesmo.

    Curtir

  5. ,u acho estranho eh a ipiranga ter ciclovia mas nao um corredor de onibus

    Curtir

  6. Eliseu,

    Uma coisa não exclui a outra. Se os problemas que citaste te incomondam, vá e proteste, oras.

    Os ciclistas não estão pedindo um luxo, eles estão pedido algo BÁSICO de mobiliário urbano. Um bicicletário é uma estrutura extremamente barata de construir e instalar. Hiprocrisia é a prefeitura gastar construindo um estacionamento para carros em cima do camelódromo para um privado faturar – mesmo sabendo que o centro não suporta mais um carro que seja.

    Enquanto isso, a prefeitura continua tratando a bicicleta como lazer.

    Curtir

  7. E viva a hipocrisia, não temos segurança para andar na rua, e os ciclistas querem estacionamento para bicicletas, vamos cobrar da prefeitura segurança, menos lixo nas ruas, menos cocô de cachorro nas ruas do centro.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: