Balanço do PAC aponta problemas em obras de aeroportos no país

No Salgado Filho, as duas obras com recursos do PAC estão dentro do cronograma, segundo Infraero

O atraso em obras do PAC, anunciado nesta quinta-feira em balanço do governo federal, ameaça um setor sensível para as festas de fim de ano e também para a Copa de 2014: os aeroportos. Uma das obras com problemas é a do aeroporto de Brasília. A construção de um novo terminal de passageiros deve ser concluída só em abril de 2013, poucos dias antes do início da Copa das Confederações.

Nos aeroportos de Vitória e Macapá, a situação é pior devido a supostas irregularidades, sob questionamento judicial. A situação dos aeroportos só não é mais preocupante, segundo o levantamento do governo, porque obras importantes em aeroportos de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Boa Vista e Fortaleza já foram concluídas.

No Rio Grande do Sul, a Infraero informa que as duas obras em andamento que tem recursos PAC estão dentro do cronograma estabelecido pelo convênio. São elas: a ampliação da pista do Aeroporto Internacional Salgado Filho e o novo terminal de cargas do aeroporto. A previsão de conclusão destas obras é 2012.

O secretário extraordinário da Copa em Porto Alegre, Ricardo Gothe, diz que já na metade do próximo ano o aeroporto terá o déficit no atendimento de passageiros zerado. Segundo ele, com o fim da reforma no antigo terminal, o Salgado Filho terá capacidade de atender mais um milhão e meio de passageiros.

Zero Hora

Share



Categorias:aeroportos brasileiros, COPA 2014, PAC e PAC2

Tags:

2 respostas

  1. Balanço do PAC aponta problemas e atrasos em todas as áreas. Mas tudo bem, afinal esse programa de marketing político já atingiu se propósito: eleger a candidata do governo através da criação de uma “imagem” de boa gestora.

    Curtir

  2. “No Rio Grande do Sul, a Infraero informa que as duas obras em andamento que tem recursos PAC estão dentro do cronograma estabelecido pelo convênio. São elas: a ampliação da pista do Aeroporto Internacional Salgado Filho…”

    Nossa. Eu nem sabia que a ampliação da pista já estava em andamento. Vou trocar os meus óculos, pois fui lá e não vi nada.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: