Muito bom o projeto da Rossi Fiateci para a área da ex-indústria de tecidos

Iniciativas como esta, de empresas privadas só ajudam na revitalização de um dos bairros mortos da cidade, que é esta região do 4º Distrito. Esta região agora é um dos lados que a cidade tem para crescer, mas crescer com qualidade. Apesar dos projetos arquitetônicos não serem nenhuma Brastemp, vai dar outra cara a esta parte da cidade. E esta é a primeira grande iniciativa. Outras virão.

 

Share



Categorias:Revitalização 4º Distrito

Tags:

11 respostas

  1. muito legal a iniciativa…pena que os prédios sejam tão feios!!!

    Curtir

  2. Exato isso valoriza a area, depois mais empreendimentos comecam a aparecer….e’ tudo um processo de crescimento e maturidade cultural. Quantos mais empreendimentos aparecerem, mais oferta de lugares modernos e mais confortaveis para morar. Depois disso, ninguem vai querer morar naqueles muquifos tipo pombais que tem tantos por ai, vao querer algo mais limpo e bonito….

    Curtir

  3. Muito bom.
    É assim que começa, com o tempo a a rea ganha valor e os prédios melhoram.
    =D

    Curtir

  4. “””””””em uma decada vao conseguir descarterizar todo o 4o distrito com dezenas desses mostrengos por todos os lados”””””””””

    Descarecterizar????
    Tu prefere aquele monte de galpão abandonado, cheio de ratos????
    Eu hem, tem gosto pra tudo mesmo

    Curtir

  5. Legal eles utilizarem os prédios antigos. Gosto muito deste encontro do antigo e “moderno”. Os prédios realmente podem não ser uma Brastemp, mas quem passa por lá sabe a imundície que é aquele distrito e uma iniciativa assim é muito bem-vinda!

    Curtir

  6. Ainda bem que vão fazer isso. Fiquei muito tempo tendo que pegar T3/T8 ali naquela região e é uma das mais horríveis da cidade. Galpões horrorosos abandonados, muita sujeira e muito lixo. Sugiro ao senhor Gerson dar uma passadinha na Santos Dumont com a São Pedro e nos dizer se aquela montanha de lixo, comida, paredes pixadas e queimadas seriam o que caracteriza o bairro? Parece que sim.

    Curtir

  7. Gilberto,

    o projeto é muito tri! Desde localização, até o marketing. Eles contrataram o Fabrício Carpinejar que montou em 4 rotas diferentes, por toda a cidade, uma história escrita em outdoors que terminam lá. Segui estas rotas, e é muito bom saber que há investimentos em nossos valores, turísticos-literário.

    Segue um link para melhor apresentar: http://www.contoaceuaberto.com.br/

    Abraço!

    Curtir

  8. Hummm me pergunto se há muito o que manter de característico naquela região. Me doeu ver alguns casarões do Moinhos serem demolidos, outras casas clássicas do Menino Deus também, mas ali?

    Curtir

  9. blocoes altos e horrorosos….em uma decada vao conseguir descarterizar todo o 4o distrito com dezenas desses mostrengos por todos os lados.

    Curtir

  10. Interessante mesmo, mas me pareceu bem caro.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: