Cais Maua: Festa sem assinatura

Se até 31 de dezembro não tiver nas mãos um parecer da Procuradoria-Geral atestando que não há empecilhos jurídicos à assinatura do contrato com a empresa vencedora da licitação para a exploração do Cais Mauá, a governadora Yeda Crusius fará um evento da não assinatura. Será o que ela chama de uma celebração para mostrar todas as etapas que o governo dela cumpriu e explicar por que o contrato não está sendo assinado.

– Não vou assinar se não tiver todas as licenças. Agora, vou celebrar o Cais Mauá, celebrar fazendo festa no Cais Mauá. É uma festa da não assinatura.

Yeda anunciou o ato ontem, numa entrevista ao programa Gaúcha Atualidade, convencida de que a Agência Nacional dos Transportes Aquaviários tinha entrado com ação no Supremo Tribunal Federal contra a licitação. Minutos depois, o coordenador do projeto, Edemar Tutikian, disse que nenhuma ação entrara no STF até aquela hora. No final da tarde, a assessoria de comunicação da Antaq não sabia informar se, afinal, o procurador da agência protocolara ou não uma ação no Supremo.

A suspeita de Yeda é de que o PT gaúcho se esconde atrás da Antaq para tentar inviabilizar o projeto, alegando que o valor a ser pago pelos investidores pela exploração é muito baixo.

À tarde, numa entrevista a blogueiros, Tarso foi questionado sobre nota publicada na Página 10 em novembro, dizendo que o Cais Mauá poderia se transformar na Ford do governo dele se o processo de revitalização fosse interrompido por ações do PT. Tarso disse que interpretava a nota como uma ameaça de quem defende “o pensamento único” de que, se ele não der continuidade às políticas de Yeda, sofrerá como Olívio sofreu quando a Ford foi para a Bahia. E ironizou:

– Fiquei com um medo terrível. Não dormi a noite inteira.

O governador eleito disse que não tem visão fechada sobre o tema, mas quer mais informações:

– Se a licitação for um ato jurídico perfeito, vou levar a termo o projeto.

Rosane de Oliveira – Página 10 – Zero Hora

Share



Categorias:Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:, ,

14 respostas

  1. Só no Brasil mesmo para eleger uma presidenta que ja foi presa por crimes e participava de atentados, maniacos pelo Partido Terrorista PT, não enchergam nada só uma bandeira, formação de quadrilha, financiavam os ataques do MST para destruirem com tudo, ta muito longe disso tudo mudar, o jeito é tentar sobreviver dia após dia pagando altos impostos e uma qualidade de vida muito longe de se alcançar…

    Curtir

  2. Tarso=Olivio(talvez)

    Curtir

  3. PARABÉNS INTELIGENTES INTELECTUAIS PETISTAS QUE VOTARAM NO GRANDE FALSO GENRO.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: