Porto Alegre terá show de luzes no Guaíba

Porto Alegre terá um espetáculo diferente nesta temporada natalina. Intitulado o maior festival de tela d’água ao ar livre do Brasil – Aqualume, chega pela primeira vez à cidade, promoção da Net, prometendo show de luzes, cores, som e tecnologia, que será exibido em uma tela, com projetores de alta performance. A partir de quinta-feira e até o dia 26, com exceção da véspera de Natal, o espetáculo será realizado sempre a partir das 20h, no Guaíba, próximo à Usina do Gasômetro.

Antonio Loss, diretor de Operações da Net Porto Alegre, conta que a ideia é contribuir para a agenda cultural da cidade com mensagens positivas nesta época pré-Natal. O Aqualume foi realizado no Rio de Janeiro em duas ocasiões, ambas na Lagoa Rodrigo de Freitas. A primeira vez, durante os Jogos Pan Americanos, em 2007, e a segunda, durante a Olimpíada de Pequim.

Zero Hora – Informe Econômico

 

Share

Vamos pegando seus lugares, antes que terminem. Não esperem os cambistas comprarem todos. Tem lugar ainda. E mais: você pode escolher na sombra dos maricás e sem sombra. Mas se você quiser mais conforto, corra para pegar os melhores lugares no Bar Flutuante Por-do-Sol. Veja o local do espetáculo abaixo e os lugares para assistir:

Foto: Ivo Gonçalves / PMPA

E aqui você vê o moderno Bar Flutuante. Não é qualquer lugar que oferece este tipo de acomodação.

Foto: Ricardo Haberland

 

Detalhe da orla onde você vai assistir ao show. Cuidado pra não pisar no barro.

Foto: Ricardo Haberland



Categorias:Eventos

Tags:, , , ,

21 respostas

  1. Subespécie eu não digo, mas são SUPERCIDADÃOS, com todos os direitos possíveis e nenhuma obrigação ou dever com a sociedade e os outros cidadãos COMUM. A sua “condição” justifica imunidade para a maioria dos crimes e com esses exemplos estão criando a próxima geração que será muito pior…

    Tudo isso está sendo plantado para, enfim, termos no país a tão sonhada “luta de classes”, a revolução e a chegada ao poder das massas (de manobra).

    Curtir

  2. “Experimenta fazer qualquer coisa contra um vagabundo desses, vem “direitos humanos” e tudo quanto é oportunista querendo te ferrar. Mas um vagabundo desses chegou a apontar uma faca para a mãe de um vizinho meu que reclamou da sujeira que eles estavam fazendo debaixo de um toldo do lado da entrada do prédio, e se eu pegasse a minha espada de samurai e fosse lá expulsar os vagabundos eu me incomodaria com polícia, mas eles são sempre tratados como “vítima”.”

    Exatamente. Uma amiga minha também reclamou desses párias da sujeira e os caras xingaram ela na frente de casa. Ah..como seria bom ter um lança-chamas nessas horas.

    Curtir

  3. Eu me atrevo a dizer que em Poa surgiu uma nova sub-espécie derivada do homo-sapiens. São aquelas pessoas imundas, mais sujas e podres do que cães sarnentos, que perambulam e vadiam aos milhares pela cidade, provomento toda uma série de ações destrutivas e que emporcalham as ruas, casas, águas e praças da cidade.
    Um verdadeiro exército a serviço da sujeira e da disseminação de doenças ligadas ao lixo…que deixam a cidade igualzinha a um aterro sanitário esgotado.
    [x2]

    Experimenta fazer qualquer coisa contra um vagabundo desses, vem “direitos humanos” e tudo quanto é oportunista querendo te ferrar. Mas um vagabundo desses chegou a apontar uma faca para a mãe de um vizinho meu que reclamou da sujeira que eles estavam fazendo debaixo de um toldo do lado da entrada do prédio, e se eu pegasse a minha espada de samurai e fosse lá expulsar os vagabundos eu me incomodaria com polícia, mas eles são sempre tratados como “vítima”.

    Curtir

  4. Muitos dos problemas de POA e’ geracional….essa geracao podre, simpatizantes do esquerdismo e bandidagem que dominam e governam hoje nao querem melhorias, acho que esta em andamento uma especie de DESCONSTRUCAO do RS e culturas do RS. acho que a coisa vai comecar a melhorar quando essa gente sair fora de cena ou morrerem, mas infelizmente Tarso, PONT, Dutra Manuela e tutti quantti sao muito novos ainda, causarao mais bandidagem e judiaria a populacao ainda pelos proximos 15 anos. A nao ser que uma bala perdida ou acidente os achem primeiro, mas e’ improvavel. Esse pessoal dos anos 60, que foram intoxicados com o marxismo cultural e’ quem manda e nao tem como mudar isso.

    Curtir

  5. É impressionante. Eu me atrevo a dizer que em Poa surgiu uma nova sub-espécie derivada do homo-sapiens. São aquelas pessoas imundas, mais sujas e podres do que cães sarnentos, que perambulam e vadiam aos milhares pela cidade, provomento toda uma série de ações destrutivas e que emporcalham as ruas, casas, águas e praças da cidade.
    Um verdadeiro exército a serviço da sujeira e da disseminação de doenças ligadas ao lixo…que deixam a cidade igualzinha a um aterro sanitário esgotado.
    Eu fico só pensando com meus botões: até quando o lugar onde eu nasci, me criei e moro vai aguentar isso? Quanto ainda teremos que piorar para que algo OBJETIVO e EFICIENTE seja feito pelos cidadãos e pelo Poder Público? Será que isso vai ter fim algum dia ou vamos morrer afogados e entupidos pelas geometricamente crescentes imundícies da sub-espécie?
    A cada dia que passa é mais lixo, é mais carrinheiro, biscateiro, catador, drogado, mendigo, pedinte, flanelinha, achacador, carroceiro, morador de rua. O problema é que, ao que tudo indica, ainda estamos longe do fundo do poço.
    Que cidade mais imunda, que povo mais podre.

    Curtir

  6. http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Geral&newsID=a3142843.xml

    É que os catadores de lixo, como cidadão hipossuficientes, podem fazer o que querem, aonde e quando quiserem, não cometem crime algum, porque a lei nao vale para eles numa expansão extrema do furto famélico. Aliás esse mesmo conceito vale para flanelinhas, camelôs, pequenos traficantes e assaltantes.

    E assim acham que estão construindo uma sociedade de verdade.

    Curtir

  7. Chamar essa sucata de “bar flutuante” é um eufemismo, uma gentileza, porque na verdade se trata de um sucata encalhada junto às margens. Prefiro ver essa sucata retirada do local, com o restabelecimento da paisagem original, natural, que é muito mais bonita. Para conseguir essa proeza, de permanecer com esse lixo no local, de forma totalmente irregular, o proprietário deve pagar algum “pedágio” para alguém (não tem outra explicação!).

    Curtir

  8. E agora, assistam esse vídeo de hoje no site da zero hora para perceberem o grande lixão que Poa se tornou. Governantes inúteis e povo estúpido.
    Estamos condenados a sermos mendigos para sempre.
    http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Geral&newsID=a3142843.xml

    Curtir

  9. É como eu digo. Uma foto fala muito mais do que qualquer palavrório ou discurso político.
    Uma foto é o registro nu e cru da realidade….sem tintas políticas ou pílulas douradas. Ela não mente, é direta, definitiva e reveladora. Basta uma fato para que toda a retórica e a enganação caiam por água. Na época do reinado do PT começo a saga institucionalizada de dizer que Poa era a capital da qualidade de vida. Nos jogaram essa MENTIRA DESLAVADA na cara durante 12 anos…e continuam jogando. Entrou o Fogaça e alguns ainda insistem em MENTIR que Poa é uma cidade espatacular. Pois muito bem. Basta meia dúzia de fotos para que essa falácia da qualidade de vida seja cabalmente desmentida.

    Basta que olhemos as fotos para percebermos a pobreza franciscana e o vilarejo atirado que é a nossa cidade. Estamos no mínimo uns 100 anos atrás na história….e o Tarso (o juíz da bronha), quer que nós continuemos a ser um pueril lugarejo sujo e desinteressante.

    Curtir

  10. Esquecem que é o mundo privado que sustenta o Poder Público, através do tributos, e que os serviços públicos, bem como o estado propriamente dito, existem em função da necessidade dos particulares – os cidadãos e suas empresas. Por mais que queiram, o Estado não existe por si próprio, pois é um meio e não um fim.

    A mistura desses mundos – público e privado – não só é inevitável, como desejável e saudável, para o bem da sociedade.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: