Centro de Porto Alegre terá passeios turísticos integrados de ônibus, barcos e bonde histórico

Usina do gasômetro vai ganhar setor de espera climatizado, estacionamento e sanitários. Foto: Ricardo Giusti

Até o Mundial de 2014 o centro de Porto Alegre e sua orla não serão os mesmos. Em breve, sairão os editais para a criação de terminais de ônibus, de barcos e de um bonde turístico na região. Juntas, as três atrações permitirão que os visitantes e os próprios moradores conheçam, num mesmo dia, a história e os atrativos naturais da capital.

“Queremos fazer um modal viário no centro”, explica Maria Helena Müller, coordenadora de planejamento da Secretaria Municipal de Turismo de Porto Alegre. “Vamos ter um espaço para embarque e desembarque das excursões. Depois, podemos pegar o bonde e ir até a Usina do Gasômetro para fazer o passeio fluvial”, resume.

De acordo com Willian Velloso, presidente da Atun-RS (Associação de Turismo Náutico do Rio Grande do Sul), a construção de um terminal fluvial na Usina do Gasômetro é mais um passo para qualificar um serviço que já melhorou, mas ainda precisa evoluir. Apesar de existirem há mais de 40 anos, os passeios de barco pelo Guaíba eram desorganizados, com operadores disputando o mercado “a tapa”. Depois do surgimento da entidade, em 2008, os horários de saída das quatro embarcações que atracam na Usina do Gasômetro deixaram de se sobrepor. Com o terminal, a idéia é aumentar o conforto para o usuário, oferecendo ambiente climatizado para a espera, sanitários, praça de alimentação, estacionamento e bilheteria única.

No local reservado para a chegada e saída de ônibus turísticos, também haverá lojas de conveniência, caixas eletrônicos e vestiário para motoristas. Perto dali, a linha do bonde histórico vai ligar a Praça XV (onde fica o Mercado Público Municipal) ao novo terminal fluvial, totalizando 3,3 quilômetros de extensão. O projeto ainda prevê a criação do Centro de Memória do Transporte Público Porto-alegrense e a renovação paisagística do trajeto.

Inaugurado em 2008, barco Porto Alegre 10 é uma das 5 embarcações que já atracam no Gasômetro. Foto: Ricardo Giusti

O dinheiro para os terminais e do passeio no bonde histórico vieram do Prodetur Nacional. No total, serão investidos R$ 2,2 milhões nos projetos. Segundo Maria Helena, os recursos já estão em caixa, o que obriga a realização das obras.

Fonte: De Olho em 2014

 

Share



Categorias:COPA 2014, Revitalização do centro

Tags:, , ,

5 respostas

  1. Porto Alegre….a capital da qualidade de vida. A criatura que jogou esse epíteto na nossa cara está de volta ao Governo do Estado.

    Curtir

  2. É o ancoradouro dos somhos do Abramovich e do Eike Batista.

    Curtir

  3. Ficará perfeito mesmo se o cais realmente sair como está previsto no atual projeto, sem sofrer influência dos rancores dos corruPTos.

    Curtir

  4. Esse lugar, esse cenário, desse barco atrado naquele BARRANCO é o quadro da dor.
    Deus me livre.

    Curtir

    • É Georgeano ! Parece que as pessoas não enxergam. Cabe a nós que enxergamos este quadro, avisar e cutucar os outros. Porto Alegre precisa mudar ! Urgente ! Deste jeito não dá mais !

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: