Cotman sobre Fórmula-Indy na Capital: “Queremos o ambiente mais atrativo”

Resultado com a escolha da cidade será anunciado em 30 dias

Na manhã deste sábado, o vice-presidente de competições da Indy e membro do Conselho de Autódromos da FIA, Tony Cotman, analisou as alternativas de circuitos de rua apresentadas pela prefeitura para a realização do Grande Prêmio Porto Alegre – Mercosul. Junto com o prefeito José Fortunati e o representante da Indy no Brasil, Willy Hermann, Cotman fez um sobrevoo de helicóptero pelas áreas sugeridas.

Os roteiros propostos preliminarmente, além do que tem como referência a avenida Diário de Notícias, têm como base a avenida Edvaldo Pereira Paiva e área nas proximidades do Shopping Iguatemi. De acordo com Cotman, há preferência por regiões mais centrais da cidade:

– O trajeto seria de 2,5km a 3,5km. Não queremos o lugar mais fácil, mas sim o ambiente mais atrativo – disse.

Tony Cotman, Vice-Presidente de Competições da Fórmula Indy, fez um sobrevoo por Porto Alegre na manhã deste sábado Foto:Ricardo Stricher/PMPA

Após o encontro, Cotman avaliará qual das alternativas tem mais viabilidade a partir dos requisitos técnicos exigidos pela Indy. A intenção da prefeitura e dos organizadores das provas da competição é de que o Grande Prêmio Porto Alegre – Mercosul entre no calendário do evento a partir de 2012.

– Porto Alegre é a primeira cidade da América do Sul que está sendo visitada e é a terceira vez que os representantes da Indy passam por aqui. Em São Paulo, foram arrecadados R$ 80 milhões de receita direta em apenas um final de semana de competição. Esperamos o mesmo em Porto Alegre. Agora, basta esperar: em 30 dias deve sair o resultado – afirma Willy Hermann.

Zero Hora on line

 

Share



Categorias:fórmula indy

Tags:, ,

15 respostas

  1. Em sua primeira edição no Brasil, a Fórmula Indy tomou as ruas de São Paulo neste ano. Depois do fechamento de um acordo nesta segunda-feira, na cidade americana de Nova York, foi definido que a prova será realizada na capital paulista até 2019.

    Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Johnny Saad, presidente do Grupo Bandeirantes, explicou os motivos da permanência de uma das etapas da competição em São Paulo.

    “Esta extensão de dez anos dá estabilidade para o evento, que veio para ficar. Ele traz turismo, negócios e pode mostrar melhor um pouco mais do Brasil para o resto do mundo”, contou Saad.

    A Fórmula Indy também já entrou em negociações com Porto Alegre, um dos possíveis palcos da segunda etapa da disputa no Brasil.

    Curtir

  2. Acho que com essa: ” Queremos o ambiente mais atrativo” sepultou de uma vez so’ a ideia do cais e qualquer outra obra…..o pessoal do PT e os outros selvagens da mesma laia virao com mais forca contra, agora que uma organizacao “yankee” quer que limpemos a cidade e construa coisas bonitas para a populacao,: tipico petista : ” deus nos livre, pra longe com esses capitalistas, burgueses imperialistas comedores de criancinhas.”

    Curtir

  3. “Realmente esse é o blog dos contra… os contra Porto Alegre. Tudo aqui é ruim, tudo aqui não dá certo, tudo aqui não pode… a Copa será um fracasso, a Indy não virá, o projeto do Cais não vingará… Que eu lembre, ninguém é obrigado a ficar aqui. #ficaadica”

    Recomendo-te um curso rápido de exegese.
    Não queremos que as coisas não deem certo. É que NÃO dão certo….e não dão, por que nossos seres pensantes…aqueles investidos pelo eleitor e que tem a responsabilidade de ditar o futuro e o presente da cidade….esses não sabem como fazer as coisas. Só querem fazer POLITICAGEM. Não possuem compreensão nem discernimento sobre como fazer uma cidade evoluir, crescer, transcender.
    Nós todos somos A FAVOR de melhorias amplas, estruturais e imediatas….mas ao mesmo tempo, estamos indignados com a nossa desídia administrativa.
    Interprete nosso “mau humor” como um grito de protesto e uma exortação às ações objetivas.

    Curtir

  4. É verdade, é preciso usar melhor o dinheiro público. No entanto, quem investirá na área do Pontal e no cais é a iniciativa privada, e o investimento vai resultar em impostos e no caso do cais, pagamento de 2,5 milhões por ano. Esse dinheiro poderia ser usado pela prefeitura para educação, saneamento, favelas, etc.

    Aqui todo mundo torce para que essas coisas aconteçam. Lamentavelmente, os do contra conseguem barrar os melhores projetos.

    Curtir

  5. Marcelo Morais: concordo 100% com o teu comentario!

    Curtir

  6. Com dinheiro tudo anda bem. Mesmo contra ou a favor. Mas e saneamento básico, segurança, educação, favelas e aí como fica. Só uma pequena parte de POA fica bonita e o resto 80 % fica jogado , vamos usar melhor o dinheiro público, pois tem muitos vagabundos nos governos. Só acredito vendo.

    Curtir

  7. Disse tudo JULIÃO.

    Curtir

  8. Do contra é quem não quer melhorias na cidade de POA e acha que está bom do jeito assim como ela está.

    Curtir

  9. Não são os “DO CONTRA” agora, tu não pode achar que a Porto Alegre é perfeita e que todos os eventos vão querer vir correndo para ca com cidade como ela esta, acredito que grande parte das pessoas aqui apoiam os projetos da Copa, do Cais, do Oceanário, dos novos shopping, etc.. Só que não são tudo mil maravilhas, é preciso sim ficar desconfiado ( infelismente ) Quantos projetos ja não vimos fracassar? E outros que se arrastam por anos? É preciso desconfiar sim, porque quem desconfia procura saber o que esta acontecendo, em que pé os projetos andam, e não só esperar os resultados, a população em geral deveria ser mais desconfiada, NÃO pessimista, mas na questão de fiscalização, de acompanhar o desenvolvimento da cidade.

    Espero realmente que todos os projetos saiam o mais breve possível, só que é preciso sempre estar de olho.

    Abs.

    Curtir

  10. Realmente.
    Era a hora de pensar positivo, torcer. Mas voltam os do contra, os realmente do contra Porto Alegre. Eu to começando a achar que os vilões dessa história toda não são os ambientalistas radicais.

    Curtir

  11. Realmente esse é o blog dos contra… os contra Porto Alegre. Tudo aqui é ruim, tudo aqui não dá certo, tudo aqui não pode… a Copa será um fracasso, a Indy não virá, o projeto do Cais não vingará… Que eu lembre, ninguém é obrigado a ficar aqui. #ficaadica

    Curtir

  12. Não sei nao, to pagando pra ver onde esse pessoal da Indy vai achar ambiente atrativo em Poa, espero que achem, mas tá difícil!!!
    Nunca houve preocupação nenhuma com projetos de urbanismo “atrativos” e avançados nessa cidade, tomara que isso mude daqui pra frente … é muito mais uma mudança de mentalidade do que qquer outra coisa!

    Curtir

  13. Bah eu quero MUITO ver isso

    Curtir

  14. O “queremos o ambiente mais atrativo”…foi uma declaração polida. Ele se mosttrou um gentleman. Interprete-se a frase dele como: “Afinal…mas que porra de cidade é esta?”. kkk

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: