Pedágio: Governo Federal confessa que prejudicou intencionalmente o governo Yeda

O presidente Lula concordava, a nova presidente, Dilma Roussef, também, e o próprio ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, era favorável, mas até ser eleito o sr. Tarso Genro, o governo federal travou guerra aberta com o governo gaúcho e anunciou que não aceitaria a devolução das estradas estaduais pedagiadas.

Só agora o ex e próximo ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, confessa que estava a serviço da campanha eleitoral do PT e do sr. Tarso Genro no RS. Foi o que ele disse nesta quinta-feira em Brasília (clique aqui para ler a entrevista do jornal O Pioneiro, de Caxias).

Em Porto Alegre, no mesmo dia, quinta, o atual ministro, Paulo Passos, sentou com Tarso Genro e com o futuro secretário de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, para replicar Alfredo Nascimento:

Trata-se (o ato da governadora Yeda Crusius) de um ato juridicamente perfeito. A indenização às concessionárias, que alegam desequilíbrios provocados por atos do poder concedente, será paga.

Ao responder por que mentiu antes e reconhece o acerto dos atos praticados por Yeda Crusius, o ex-ministro Alfredo Nascimento avisou:

– O PT é o Partido do governo federal e facilita muito.

O governo gaúcho só devolveu as estradas pedagiadas (sete pólos rodoviários, integrados por estradas estaduais e federais) porque o governo do PT interferiu na proposta que Yeda encaminharia para a Assembléia, intitulado Duplica RS, pelo qual as concessionárias concordavam em investir R$ 1 bilhão novos nos pólos, abririam mão da indenização de R$ 500 milhões já concedida em juízo e reduziriam as tarifas, em troca da extensão dos contratos.

O que ocorreu foi uma violação ao princípio republicano e ao pacto federativo. O governo Lula interferiu abusivamente nas eleições do RS, prejudicou o povo gaúcho e este seu tardio reconhecimento, configura que houve um estelionato eleitoral no Estado.

http://www.polibiobraga.com.br/

 

Share



Categorias:Outros assuntos

Tags:

7 respostas

  1. Vou colocar o início da reportagem da ZH que citei acima

    “Representantes de entidades empresariais, sindicatos e usuários de rodovias se uniram nesta terça-feira na tentativa de barrar o projeto Duplica RS, que prevê a prorrogação dos contratos de pedágio. Eles começaram uma peregrinação por gabinetes de deputados às 11h, na tentativa de fazer com que os parlamentares votem contra a proposta. Um dos argumentos usados pelos manifestantes é a falta de licitação para um contrato que será prorrogado por mais 15 anos a partir de 2013.”

    Logo de acordo com que voces falam, representantes de entidades empresariais, sindicatos e usuários de rodovias são todos do PT.

    Tenham a santa paciência, ninguém em sã consiência queria a prorrogação dos pedágios em nome da duplicação de mais ou menos 50km de estradas. Era o previsto no Duplica RS. Se duplicava uns 50km de estradas, provavelmente nos locais mais fáceis de duplicar (zona plana, sem desapropriações) e se ficaria mais trinta anos pagando pedágio.

    Quem mais lutou contra os pedágios foram os representantes dos transportadores, e muitos prefeitos do interior. O PT inclusive entrou mole contra os pedágios. Lembro que graças ao governo do PT, principalmente do secretário Beto Abulquerque, foi introduzido o pedágio bidirecional modificando os contratos anteriores.

    Curtir

  2. Tudo pelo poder, para o poder e do Poder.

    O povo é só um meio.

    Curtir

  3. Eu já sabia!

    Curtir

  4. cade os defensores do PT?
    Olha ae..

    O mesmo acontece com o cais.
    Desgraçados

    Curtir

  5. Máfia! Máfia de petistas!
    O Brasil está a caminho de virar uma Cuba ou Venezuela. Aproveitem para criticar bastante enquanto ainda podemos. Logo seremos proibidos e presos se criticarmos esses BANDIDOS!

    Curtir

  6. Está se atribuindo a oposição o que ela não fez, o projeto Duplica RS foi barrado pela sociedade civil, veja a notícia na Zero hora intitulada

    Entidades tentam barrar votação do Duplica RS
    http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Pol%EDtica&newsID=a2324583.htm

    ou seja, quem não quis o Duplica RS, não foi a oposição foi o povo gaúcho.

    Com a Internet, não dá para esconder a realidade!

    Curtir

  7. So agora, depois das eleicoes, que os “podres” dos PeTralhas comecam a aparecer.
    O grande complo que eles armaram contra o Governo Yeda esta vindo a tona…pena que a populacao ignorante so esta sabendo agora.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: