E a OSPA ? Sai ? Ou não ?

Conforme já postado mais de uma vez aqui mesmo no Blog, estamos cobrando o início das obras da nova Sala Sinfônica da OSPA. Ainda com tapumes, e nada de obras. A que será uma das mais modernas e tecnicamente mais perfeitas salas sinfônicas do mundo, permanece apenas como um sonho para nós.

Chegamos a noticiar o início das obras aqui, conforme se vê clicando aqui.

Como está agora:


Foto: Gilberto Simon

O leitor Gerson Ibias nos envia uma montagem do que provavelmente sairá lá. Claro, com um toque de humor:

Montagem: Gerson Ibias

 Para relembrar o projeto e sua localização:

Share



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

9 respostas

  1. Tomara que saia mesmo essa sala sinfônica, e que os esquerdopatas não inventem de querer aproveitar a acústica perfeita para fazer baile funk (depois que um vereador declarou que o funk faz parte da cultura portoalegrense eu não surpreendo com mais quase nada).

    Curtir

  2. noticias do cais….desculpe!!

    Curtir

  3. Gilberto…noticias novas no polibio braga. Parece que vai andar a coisa.

    Curtir

  4. será que vao fazer uma ‘ospa station’ usando o aeromóvel da loureiro da silva ?

    Curtir

  5. A montagem daria um excelente campus de circo. Os palhaços estão bem ao lado.

    Curtir

  6. Ficaria demais o teatro ter vista para o rio lá de dentro, mas creio que não vai ter considerando o local. De qualquer maneira, é uma obra bonita.

    Curtir

  7. Quem tem que bancar esta obra são os comunistas, os ecochatos, os esquerdistas de plantão… esse pessoal sempre atira pedra nas empresas privadas, mas na hora de pedir ajuda para reformar UFGRS, Teatros, etc, recorrem a quem?!?!?!?!?

    Se não fossem os investimentos privados, a nossa cidade estaria muito, mas muito pior do que está hoje.

    É só olhar o Parcão. É um parque simples se comparado com o de outras grandes cidades. Porém, é um parque limpo e bem cuidado. Dá gosto de ver! E quem é que o mantém? Na maior parte, a iniciativa privada (leia-se Cia. Zaffari e Hospital Moinhos de Vento)…

    Curtir

  8. Acho que a maior tristeza é o local escolhido. Tão perto do Guaíba, e tão longe ao mesmo tempo. Ficará escondido atrás de um milhão de maricás, ignorando o rio como é habitual por aqui.

    Curtir

    • Eu particularmente gosto do local. Só não gosto do que veio junto: os que idealizaram o projeto se comprometeram a não mexer no entorno, não realizar um projeto paisagístico no Teatro. Ou seja, vão continuar os maricás em volta do prédio. Outra coisa: todo mundo falou na época do lançamento do projeto que ele ficava em área do parque da Harmonia. Não é verdade. Aquela área ao lado da Câmara não é parque.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: