Socioambiental: Capital tem operação inédita hoje

Tubos do Pisa vindos de Rio Grande em direção a Porto alegre

Rebocadas por um barco, flutuando no Lago Guaíba, chegarão nesta segunda-feira, 27, quatro gigantescas tubulações de cerca de meio quilômetro de comprimento e 1,60 de diâmetro. A operação, inédita em Porto Alegre pela logística dentro do Lago, será acompanhada pelo prefeito José Fortunati, pelo diretor-geral do Dmae, Flávio Presser, e autoridades, no início da tarde.
 
Os canos foram produzidos em São Paulo e vieram por Rio Grande (de onde partiram no domingo, 26) e Lagoa dos Patos até chegarem a Porto Alegre, onde serão utilizados para a obra do Emissário Subaquático do Projeto Integrado Socioambiental (PISA). São 22 tubos que vão compor o emissário que será instalado dentro do Lago Guaíba para transportar os esgotos coletados até a estação de tratamento na Serraria. Esta é uma das principais ações para ampliar a capacidade de tratamento de esgotos de 27% para 77% na capital. Corresponde a um investimento de R$ 84,5 milhões.  
 
Megaoperação para receber as tubulações de esgoto

As tubulações serão depositadas às margens do Guaíba, próximo ao canteiro de obras que fica no Pontal do Estaleiro Só. Nos próximos dias, após a montagem dos blocos de ancoragem e dos flanges, será feita a dragagem no leito do Lago e a instalação dos tramos dentro do Guaíba. Com o acompanhamento de mergulhadores, o tubo será assentado na vala e depois realizado o reaterro com o próprio material dragado. Após isto, o emissário estará pronto para interligar a Estação de Bombeamento Cristal com a Estação Serraria. 
 
O Socioambiental:

– 187 km de redes serão implantadas.
– É o maior conjunto de obras contratado pela Prefeitura de Porto Alegre nos últimos 40 anos.
– Investimento total: R$ 586,7 milhões
– R$ 383 milhões em obras de saneamento. 
 
Benefícios para a população:

– retomada da balneabilidade do Lago Guaíba;
– redução de doenças de veiculação hídrica;
– melhoria do IDH da população diretamente beneficiada;
– geração de emprego e renda;
– melhoria das habitações para a população que vive às margens do arroio Cavalhada.

Prefeitura de Porto Alegre

Share



Categorias:Programa Sócio Ambiental

Tags:

%d blogueiros gostam disto: