Trensurb descarta baldeação e garante trem direto para Capital

Sistema de carrosséis pode ser adotado para atender demanda e evitar baldeação.

Novo Hamburgo – A Trensurb pode adotar o sistema de dois carrosséis a partir do início das operações da linha 1 até Novo Hamburgo. O objetivo é atender a demanda de 30 mil usuários a mais por dia após a inauguração das estações Rio dos Sinos, em São Leopoldo, e Liberdade, em Novo Hamburgo, prevista para julho de 2011. De acordo com o diretor-presidente da Trensurb, Marco Arildo Cunha, a hipótese de baldeação está descartada, garantindo trem direto para a capital. ‘‘Não está nos planos da Trensurb realizar nenhum tipo de baldeação, o que exigiria que usuários tivessem que trocar de trem para atingirem seus destinos finais’’, reforça Cunha.

Com dois carrosséis – sistema que já foi utilizado em outras épocas de aumento da demanda – trens partirão da capital com destinos diferentes. Para evitar troca de veículos, o passageiro terá que ficar atento ao destino indicado nos trens na hora do embarque. No sentido contrário, todos os trens chegam à capital.

ATENÇÃO

Para o usuário, a única mudança seria a necessidade de observar com atenção o indicador de destino dos trens exclusivamente nos horários de picos (manhã e tarde) para certificarem-se de embarcar no veículo que vai até o destino pretendido nas viagens em direção ao norte. Um trem iria até a Estação Sapucaia e o seguinte até a Estação Liberdade e assim sucessivamente. Em direção à Capital, todos os trens teriam como destino final a Estação Mercado.

Fique por dentro

– O que é o sistema carrossel?
No sistema metroviário o sistema de ida e volta do trem é tecnicamente chamado de carrossel. A Trensurb, hoje, opera com um carrossel único, entre as estações Mercado e São Leopoldo.

-Como funciona a utilização de dois carrosséis?
A Trensurb já operou com o sistema de dois carrosséis: um trem partia da Estação Mercado até a Estação Mathias Velho e o próximo deslocava-se da Estação Mercado até a Estação Sapucaia.

– O que muda para o usuário do metrô?
O usuário que se desloca da capital em direção a São Leopoldo deve observar o indicador de destino dos trens, por exemplo, Mathias Velho ou Sapucaia do Sul.
Se o usuário estiver em São Leopoldo, ou Canoas, por exemplo, todos os trens deverão ter como destino final a Estação Mercado.

-Quando a Trensurb irá utilizar esse sistema?
Os estudos estão sendo realizados para implantar no primeiro trimestre de 2011, possivelmente a partir de fevereiro.

– Em que horários será utilizado o sistema de dois carrosséis?
Somente nos horários de maior demanda, os chamados horários de pico da manhã e da tarde. Nos demais horários do dia permanece o carrossel único, da Estação Mercado até a Estação São Leopoldo.

– Como o usuário será beneficiado?
Com o sistema de carrosséis é possível adequar o intervalo de trens conforme a demanda, fazendo com que os trechos com maior número de usuários tenham mais veículos à disposição.

– A Trensurb pretende comprar mais trens?
A empresa já encaminhou a proposta à gestão do PAC Mobilidade (Programa de Aceleração do Crescimento) para a compra de novos trens, com ar condicionado e composições com seis carros. Porém, mesmo antes da aquisição da nova frota, o sistema de dois ou mais carrosséis, já garantirá maior conforto para os usuários

Carrossel permite adequar intervalo

De acordo com a assessoria de comunicação da Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (Trensurb), o sistema carrossel é, basicamente, o percurso de ida e volta do trem. Atualmente, a Trensurb conta com carrossel único, entre as estações Mercado, na capital, e São Leopoldo.

O novo serviço contaria com dois carrosséis: um entre a Estação Mercado e a Estação Sapucaia, o outro entre Mercado e a futura Estação Liberdade, em Novo Hamburgo.

Esse sistema já foi utilizado quando um trem partia da Estação Mercado até a Estação Mathias Velho, em Canoas, e o próximo deslocava-se da Estação Mercado até a Estação Sapucaia, o que continuava ocorrendo alternadamente (um trem indo até Mathias Velho e o seguinte indo até Sapucaia) nos horários de pico.

Com o sistema de carrosséis é possível adequar o intervalo de trens conforme a demanda de passageiros, fazendo com que os trechos com maior número de usuários tenham mais veículos à disposição.

ESTUDO

O sistema, porém, ainda está em estudo e caso a mudança venha a ser confirmada, a operação com dois carrosséis já passaria a ocorrer no primeiro trimestre de 2011, no trecho atual um carrossel até a Estação Sapucaia, outro até a Estação São Leopoldo. A iniciativa visaria a adequar os equipamentos e sistemas, bem como educar o usuário, antes da inauguração das novas estações.

Jornal NH – Aline Adolphs/ Da Redação

Share



Categorias:Metro Linha 1

Tags:,

%d blogueiros gostam disto: