Diferentes obras buscam qualificação do Centro Histórico

O  Viva o Centro, um dos projetos especiais do programa estratégico Cidade Integrada, que busca a reabilitação do Centro Histórico da Capital, por onde passam diariamente cerca de 400 mil pessoas, promoveu um verdadeiro canteiro de obras em 2010. Inúmeras ações tiveram por objetivo estimular seu potencial econômico e resgatar a atratividade da região, de forma a valorizar o patrimônio cultural e ambiental existente no bairro.

Praça XV está em transformação. Foto: Gilberto Simon / Porto Imagem

O Viva o Centro a Pé realizou, durante este ano, 18 caminhadas orientadas, com a participação de mais de duas mil pessoas. Nos meses de janeiro e fevereiro de 2011, serão quatro Caminhadas Turísticas, oferecendo passeios por atrativos turísticos de Porto Alegre. Acompanhados por um guia de turismo, os passeios a pé terão quatro edições (8 e 22/01 e 12 e 26/02).

Para valorizar o patrimônio cultural, o Viaduto Otávio Rocha, tombado pela prefeitura como patrimônio histórico e marco arquitetônico e simbólico da cidade, recebeu limpeza A prefeitura também lançou edital para propostas de gestão e recuperação do equipamento. Outro patrimônio importante a ser restaurado é o Chalé da Praça XV, cujas obras de ampliação estão sendo finalizadas, e que passará, em 2011, por um processo de restauração do prédio tombado.

Compõem esse conjunto de obras, a conclusão da primeira fase de qualificação do Largo Glênio Peres, em parceria com a Coca-Cola/Vonpar. Por meio da adoção do Largo, foram recuperados o pavimento, com a colocação de 12 novos postes de iluminação, instaladas cinco câmeras de vídeomonitoramento e rede wireless de acesso à Internet, além da construção de deques em madeira nos bares do Mercado Público. Contribuem ainda para a qualificação do espaço as obras da Praça XV e ruas Mal. Floriano e José Montaury.

Diretrizes – Outras ações importantes para a área central foram ressaltadas pelo coordenador do Projeto Viva o Centro, Glenio Bohrer, como o lançamento do Plano de Diretrizes da Área Central, que se constitui na base conceitual da atuação estratégica do projeto que tem caráter integrador e busca a participação dos diversos órgãos do município, das várias esferas e setores sociais, visando à construção conjunta de soluções e à potencialização das oportunidades para o desenvolvimento da área central, explica.

Glenio ainda cita o início das obras da Praça da Alfândega, as obras do Cine Imperial, que darão lugar a um centro cultural, a conclusão do processo da parceria público-privada do Cais Mauá, processo do governo do Estado, que contou com o apoio da prefeitura; a conclusão das obras no Museu Hipólito da Costa e a criação do Centro Administrativo Regional (CAR) Centro. O CAR Centro é o projeto-piloto da reestruturação dos CARs, que atuará visando à excelência dos serviços, fiscalizando e monitorando áreas de atuação relacionadas a secretarias e órgaos do município (Meio Ambiente, Saúde, Indústria e Comércio, Limpeza Urbana, Obras e Viação e da Fundação de Assistência Social e Cidadania), enfatiza o  coordenador.

Retrospectiva 2010 Prefeitura de Porto Alegre 

Share



Categorias:Revitalização do centro

Tags:,

2 respostas

  1. A Travessa do Comércio, no Rio de Janeiro, e a Praça XV, em Porto Alegre, demonstram o que as pessoas querem a partir das 18h00: CHOPP. Na verdade, querem alívio, querem relaxar. Pra isso, precisam de segurança e de um AMBIENTE AGRADÁVEL.

    Não adianta… Se olharem a Padre Chagas em 1995, tinha só um mercadinho e uma (saudosa) padaria. Quanta mudança, não? E qual o motor? O álcool. É assim na Europa, é assim aqui. Tudo é possível, mas não adianta só obra: as pessoas têm que desejar o lugar.

    Muito bem: acho que boa parte da revialização do Centro passa pela manutenção dos profissionais no bairro após o expediente. Um happy hour das 18h00 às 21h00, com boas opções de transporte público (afinal, bebida e direção não combinam), e bom policiamento, seriam uma mão na roda. Uma dica: LOTAÇÃO É O OURO!

    Portanto, lanço a idéia: “Mesinhas na rua em Porto Alegre” (o Tuim já aderiu).

    Lugares adequados:

    – Praça Otávio Rocha;
    – Viaduto Otávio Rocha (por que não transformar os calçadões sob as arcadas em novo point?);
    – Rua dos Andradas, entre o Edifício Cacique e a Casa de Cultura Mário Quintana (já tem alguns);
    – Praça da Alfândega, na face que vai do Largo dos Medeiros ao Santander Cultural.

    Só que tem que ter policiamento ostensivo. Alguns desses locais, acima, já dão medo durante o dia, que dira à noite…

    Curtir

  2. “Centro é o projeto-piloto da reestruturação dos CARs, que atuará visando à excelência dos serviços, fiscalizando e monitorando áreas de atuação relacionadas a secretarias e órgaos do município (Meio Ambiente, Saúde, Indústria e Comércio, Limpeza Urbana, Obras e Viação e da Fundação de Assistência Social e Cidadania), enfatiza o coordenador.”

    A Câmara Municipal criou mais 4 cc’s e uma FG para o Car Centro. O Objetivo, segundo a Administração, é qualificar o serviço. haha, Eu acredito.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: