ESCLARECENDO – AEROPORTO SALGADO FILHO

Eu queria deixar bem claro aqui, neste post informal, que o que algumas pessoas tem dito em relação ao que eu penso, está completamente errado. QUANDO EU DISSE QUE SE DEVERIA DEMOLIR O VELHO E CONSTRUIR O NOVO NO LOCAL ?  Alguém me diz? Cite o post, ou comentário, ou qualquer outra coisa que eu tenha dito em relação a isso.

O que eu penso é o seguinte:

Há anos, meses pelo menos, o Governo Federal (LULA) está nos prometendo a ampliação do Terminal 1 do Salgado Filho. Isso mesmo, a ampliação do Terminal 1, e não somente da pista. As reformas no Salgado Filho também incluem a construção de um terminal de carga aérea, três vezes maior que o atual e também uma nova torre de controle aéreo, além da ampliação ja falada, da pista, em 920 metros. Isto é fato. Não se discute. Veja o seguinte post, de 19/07/2010, daqui mesmo do Blog, esclarecendo que a verba ESTAVA ASSEGURADA PARA A AMPLIAÇÃO DO TERMINAL 1 DO AEROPORTO INTERNACIONAL SALGADO FILHO. (https://portoimagem.wordpress.com/2010/07/19/agora-e-certo-aeroporto-salgado-filho-recebera-r-3458-milhoes-para-ampliar-terminal/)

O que eu insisto em dizer, e repito quantas vezes o Sr. Rogério Maestri quiser, é que sou a favor do cumprimento das promessas dos nossos governantes dos quais infelizmente dependemos. Eles nos enganam, auto aumentam seu salário 3 vezes mais que a inflação e não cumprem o que foi prometido.

É isso que falo: eles nos entregam este Terminal 2, esta porcaria de terminal, em plena segunda década do século XXI, em detrimento da ampliação do terminal 1 ?

O PROJETO JÁ EXISTE. O DINHEIRO JÁ EXISTE. PARA QUE UTILIZAR O TERMINAL 2 ? SE ISSO FOR UMA SITUAÇÃO PROVISÓRIA, EU ACEITO.

MAS SE FOR ISSO QUE OFERECEREMOS AO MUNDO, PARA QUE VOLTEM A CIDADE, APÓS VISITÁ-LA DURANTE A COPA 2014, MEU DEUS. ESTAMOS MAL MESMO.

Veja o projeto da ampliação do TERMINAL 1:

Estava prevista, além da ampliação do Terminal 1 a reforma do mesmo também. Ou seja, ao completar 10 anos em 2011, ele seria melhorado. E não o Terminal 2 restaurado. O Terminal 1 teria sua ampliação terminada em JUNHO/2013. O Lula falou. E assinou. E AGORA ?

Veja o post que eu mesmo publiquei no dia 19 de julho de 2010, aqui no Blog:

AGORA, PERGUNTO: ONDE ESTÃO OS 345,8 MILHÕES PARA A AMPLIAÇÃO DO TERMINAL 1 ?

Share



Categorias:aeroportos brasileiros, COPA 2014

Tags:, , , , ,

8 respostas

  1. Mais uma vez vou avisar. Leia as regras do Blog. Comentários sem identirficação ou fictícios serão deletados sumariamente. Aqui se fala o que quiser, mas identificado. Nada de colocar e-mail e nome oi@oi… isso não é e-mail.

    Curtir

  2. Não vejo problema algum no fato do terminal dois voltar a operar, assim como não vejo problema algum se esse prédio for demolido (ele não é e nunca será um prédio histórico). O problema que vejo é na qualidade das instalações.

    O terminal 2 opera de forma improvisada e precária. Sim, talvez dentro de alguns meses a situação melhore, porém a realidade hoje é lamentável. Não acho que houve qualquer excesso por parte do Blog neste ponto. Se o governo resolve reinaugurar uma estrutura antes de ter toda a operação “redonda”, ele está sujeito as críticas. As pessoas possuem uma condescendência com obras públicas que não possuem com o setor privado, sendo que ao meu ver deveria ser o contrário. Se esse terminal fosse privado e estivesse nas condições que está hoje, haveria críticas pesadas contra a concessionária e ao governante que realizou a privatização e ninguém falaria que é uma crítica exagerada. Vide a telefonia no Brasil. Sim, é muito cara. Sim, há deficiências. Sim ninguém fala que as críticas são exageradas. Porém levando em conta os avanços é inegável que o Brasil deu um salto gigantesco, portanto não entendo as críticas em relação as privatizações.

    Acho que o sr. Rogério Maestri se equivoca em algumas colocações. Primeiramente o terminal 1 já trabalha acima da sua capacidade máxima, sendo inclusive o aeroporto com maior percentual de saturação do Brasil. Ou seja, dizer que o terminal tem uma boa sobre vida é ingenuidade e desconhecimento.

    Independentemente do terminal 2 continuar operando, até 2014 eu não tenho dúvidas de que se dará a ampliação do terminal 1. Porém já vislumbro um novo problema. Minto, não é um novo problema, e sim o problema clássico de falta de planejamento. Ocorre que segundo estimativas de elevação (normal) do volume de passageiros no salgado filho, em 2014 ele já estará operando na sua capacidade máxima novamente. Como se projeta uma obra para suprir as necessidades da cidade para a copa de 2014 se apenas com o crescimento natural no volume de passageiros já estará saturado em 2014? E como será com o volume atípico durante a copa? Por que não construir terminais para os próximos 30/50 anos? É necessário remarmos contra a maré, solucionando problemas a medida que surgem ao invés de propormos soluções muitos anos antes do problema acontecer como se faz nos EUA e na Europa?

    Curtir

  3. Pode-se ampliar o Terminal 1 e utilizar o Terminal 2. Uma coisa não impede a outra, só acho que o Terminal 2 deve ser modernizado, e isso não é complicado.

    Curtir

  4. Caro Felipe X

    Boas lembranças trouxestes, poderíamos ficar relembrando coisas do passado, poderia também associar tudo isto a falta total de preservação do patrimônio arquitetônico ao patrimônio ambiental.

    Lembro-me como se fosse hoje que no momento da construção da segunda perimetral, entre a Avenida Goethe e Rua Mariante, existiam belas árvores que deveriam ser cortadas para a implantação da terceira perimetral. Nesta região uma senhora da alta sociedade porto-alegrense que tinha uma casa nesta rua e não queria perder parte de seu terreno levantou um belo movimento ecológico para conservar as árvores. Isto era por volta de 1972 a 74 (não me lembro bem a data), como nesta época o movimento ecológico começava ela conseguiu que a rua não tivesse a largura necessária e conservou as belas árvores.

    Beleza, beleza se não tivesse a segunda parte, como os terrenos valorizaram para o comércio, as casas da região foram vendidas, as árvores como soei acontecer na frente de prédios comerciais morreram de morte natural e os comerciantes ficaram com uma bela área de estacionamento num trecho da rua mais estreito.

    Não sei o que aconteceu com esta senhora, mas talvez tenha falecido morando numa cobertura da Bela-vista e rindo de todos os Porto-alegrenses que a apoiaram no seu movimento de “preservação momentânea do seu patrimônio”.

    Resumo da Ópera: quando se trata de interesses pessoais quanto maior o valor do patrimônio com mais facilidade é entregue este bem cultural (ou no caso ambiental) desde que se pague bem.

    Curtir

  5. prometer e não cumprir é TÍPICO do partido corruPTo desde que foi criado, mas agora eles estão se especializando em assinar contratos e não honrá-los.

    Curtir

  6. Em relação a manter o terminal 2 eu repito minha opinião: se é pra usar ele as palavras são integração e reforma (total).

    Curtir

  7. Em relação a patrimonio arquitetônico não te esquece (além de teus exemplo) de dezenas de casarões do Moinhos, o centro histórico… por aí vai. Uma vez vi uma foto da Avenida Salgado Filho no centro, cheio de prédio neclássicos… cara, é triste. Hoje a gente passa lá e vê aqueles predioões horrorosos típicos do nosso centro.

    Aliás, o papo de “centro histórico” veio de onde? Só pra ficar mais parecido com Curitiba? 🙂

    Curtir

  8. Calma Gilberto

    Não precisa se exaltar. Eu nem estou aí sobre a demora para ampliação do aeroporto. O atual se for bem operado ainda tem uma boa sobre-vida. O que não concordo é com a tentativa de desqualificação de um prédio simpático e humano que era o antigo aeroporto. Se dá para reformá-lo, colocá-lo em condições de operação, porque não fazê-lo.

    Sou engenheiro mas acho que meus colegas construtores gostam de demolir tudo para reconstruir, se os engenheiros franceses, italianos e ingleses fossem assim Paris, Roma e Londres não seriam as cidades que são.

    Podes dizer que não temos prédios históricos como estas cidades os tem, logicamente não os temos porque os demolimos.

    Na região da cidade baixa até 1950 ainda tínhamos remanescentes da Porto Alegre colonial, vieram os modernizadores impulsionados por guapos “reporters” e demoliram toda aquela velhice, hoje resta uma amostra do que perdemos na travessa dos Venezianos.

    Já há menos tempo tínhamos uma bela avenida que se chamava Carlos Gomes, belas mansões davam a todos o que passavam alguns belos exemplos de uma arquitetura eclética ou até moderna, construiu-se a terceira perimetral e todos os proprietários, na ânsia de faturar um pouco mais, destruiram o seu próprio passado, vendendo por trinta moedas o passado de suas famílias.

    Os exemplos são inúmeros, poderia preencher páginas e páginas sobre a perda de memória arquitetônica em nome de modernismos imediatistas, e vejo nesta crítica ferrenha ao prédio do Terminal dois mais uma manifestação disto tudo, por isto digo, calma, muita calma, se não daqui a trinta anos estaremos chorando o passado que perdemos.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: