Carta Consulta e Cais do Porto

Antes da coletiva de imprensa, Carlos Pestana teve uma reunião com o governador Tarso Genro. Sem revelar detalhes da conversa, disse aos jornalistas que não tratou do encaminhamento das cartas-consulta para empréstimos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco Mundial.

“Já estão prontas e deverão ser encaminhadas ao governador nos próximos dias pelos secretários da Fazenda (Odir Tonollier) e do Planejamento e Gestão (João Motta), que estão tratando do assunto”, disse.

As cartas-consulta que devem ser encaminhadas, ainda nos primeiros dias de gestão, aos bancos nacional e internacional, já estão prontas. Do total de R$ 2 bilhões solicitados, R$ 1,7 bilhão deverá ser obtido no BNDES e R$ 300 milhões no Banco Mundial. Os recursos se destinam a investimentos em políticas microrregionais e à modernização da gestão.

Entre outros temas prioritários e anunciados como metas para o mês de janeiro, está uma resolução sobre o projeto de revitalização do Cais Mauá, informou o chefe da Casa Civil. A análise do governo estadual sobre o projeto herdado de Yeda Crusius deve estar concluída até a próxima semana e, segundo Pestana, a ideia é evitar alterações no processo jurídico em andamento. “Queremos o projeto, ele é importante, mas, não queremos um projeto destes sob acusações jurídicas”, alertou.

Pestana disse que as negociações com a Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), que entrou com ação no Supremo Tribunal Federal contra o projeto, e com os investidores, que venceram a licitação, devem ocorrer nos próximos dias.

“Não podemos correr o risco de ter alguma impugnação. Vamos sentar com a agência para construção de uma solução consensuada. Buscamos alguma adequação sem impugnar a licitação”, disse.

Este é um trecho de matéria do Jornal Digital Sul 21

Share



Categorias:Projeto de Revitalização do Cais Mauá, QUERO CAIS

Tags:, ,

%d blogueiros gostam disto: