INTER – Reforma deve ter parceria

O Inter abriu o caixa, viu os orçamentos e decidiu repensar a reforma do Beira-Rio. O clube estuda fechar uma parceria com uma grande empreiteira para concluir a obra até o final de 2012, a tempo de receber a Copa das Confederações, em 2013.

– Estamos debruçados sobre esse assunto e vendo da possibilidade de parceria para a obra. Os gastos, caso banquemos sozinhos, terão repercussão no futuro financeiro do clube – explicou o presidente Giovanni Luigi.

O projeto está em fase final de estudo e será apresentado ao Conselho Deliberativo. Inicialmente, o Conselho havia aprovado a reforma com recursos próprios do clube. Mas a nova direção assumiu e estimou gastos acima de R$ 200 milhões para deixar o estádio pronto para a Copa. A questão é que encontrou em caixa pouco mais de R$ 30 milhões para tocar a obra.

O tamanho da conta assustou a nova direção. Há grande temor de que a falta de recursos atrase a obra e faça com que o clube perca as melhorias do entorno que serão feitas com recursos públicos. Em caso ainda mais extremo, há medo de que a Copa de 2014 pare na Arena gremista.

Zero Hora

Share



Categorias:Arena do Grêmio, COPA 2014, Copa das Confederações 2013, Gigante para Sempre (Beira Rio), Grêmio e Inter

Tags:, , ,

11 respostas

  1. Anos falando que iriam construir com recursos próprios; que aprovar isenções para a Arena do Grêmio iria só ajudar a empreiteira OAS; que tinham dinheiro em caixa para construir tudo sozinhos.

    Puro marketing!

    A verdade vai aparecendo agora.

    Nem o entorno, que é a parte bonita do projeto (esse mesmo que aparece na foto no cabeçalho do blog), não vai mais sair.

    Vai virar um legítimo REMENDO DE ALGUEL!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: