Caixa único: esses números desmentem a retórica falsa do novo governo do RS

Foi proposital a enxurrada de queixumes de naturezas diversas feitas pelo novo secretário da Fazenda, misturando contas diferentes para embaralhar sua principal preocupação: atacar as afirmativas do governo tucano de que tinha alcançado o déficit zero no RS. Sobre o déficit do ano passado, o que é claro nas contas do novo secretário, admito pelo anterior: o déficit de 2010 não foi zero. É que ele foi de R$ 150 milhões. Longe de ser dramático, este déficit corresponde a tres dias iniciais de arrecadação. Mas até que o secretário pegou leve e evitou adjetivos. Quem queria ver sangue, acabou vendo somente algumas escoriações. Tonnolier disse que talvez haja déficit este ano (R$ 550 milhões). É possível. Basta que seu governador continue promovendo anistias e aumentando salários na casa dos tres dígitos percentuais, como acabou de fazer. As denúncia do secretário da Fazenda do governo do sr. Tarso Genro, Odir Tonnolier, sobre os saques do caixa único,  não resistem a qualquer análise técnica. Disse o sr. Odir: ” Ao contrário do que disse o governo anterior, que o Rio Grande do Sul começaria o ano com R$ 3,6 bilhões em caixa, o que encontramos é um Estado com caixa negativo em R$ 4,6 bilhões e um déficit de R$ 150 milhões em 2010. Em 3 de janeiro, o saldo no caixa do Rio Grande do Sul era literalmente zero”. O secretário sabe bem que os saques são cumulativos e grande parte do “rombo”  foi formado pelo próprio PT no governo, se é que se pode chamar assim o governo do sr. Olívio Dutra, que terminou sua administração sem dinheiro para pagar o 13o salário, valor  que lhe alcançou o prsidente FHC em troca de estradas que o PT entregou-lhe de mão beijada. Estas tabelas a seguir, vão em valores correntes e corrigidos. Elas são incontestáveis e desconstróem a retórica falsa do novo governo.
Tabela 8.1 – Resgates do Sistema de Caixa Único – SIAC

Em valores correntes
ANO/ VALOR/ GOVERNO/ %/ SACOU/ VAR.%
1999 767.307.404 100,0
2000 1.040.328.202 135,6 35,6%
2001 1.351.828.202 176,2 29,9%
2002 1.728.728.202 OLÍVIO 225,3 1.728.728.202 27,9%

2003 1.663.319.366 216,8 -3,8%
2004 2.335.000.000 304,3 40,4%
2005 2.729.600.000 355,7 16,9%
2006 3.242.116.272 RIGOTTO 422,5 1.513.388.070 18,8%

2007 4.736.916.272 617,3 46,1%
2008 4.636.916.272 604,3 -2,1%
2009 4.636.916.272 YEDA 604,3 1.394.800.000 –
Fonte: Balanços do Estado.
Nota: O saldo de 2009 permanece em setembro/2010.

Tabela 8.2 – Resgates do Sistema de Caixa Único – SIAC
Em valores atualizados para 2009 pelo IPCA
ANO/ VALOR/ % /SACOU/ Relativo
1999 1.488.546.456 100,0
2000 1.885.386.853 126,7
2001 2.293.064.476 154,0
2002 2.703.903.987 OLÍVIO 181,6 2.703.903.987 100,0%]

2003 2.267.881.131 152,4
2004 2.986.660.045 200,6
2005 3.266.961.285 219,5
2006 3.724.548.517 RIGOTTO 250,2 1.738.582.709 64,3%

2007 5.250.597.420 352,7
2008 4.863.571.091 326,7
2009 4.636.916.272 YEDA 311,5 1.394.800.000 51,6%
Fonte: Balanços do Estado.

 

Políbio Braga



Categorias:Outros assuntos

8 respostas

  1. Eles mentem, depois as bases (sindicatos e movimentos “sociais”) espalham e tudo fica por isso mesmo.

    Curtir

  2. o que é o pt senão um bando de gangsters tupiniquim ?

    Curtir

  3. Meu irmão e um dos meus cunhados contribuiam parte do salário deles ao PT todo o mês. Depois do mensalão, o meu cunhado migrou para o PSOL, e o meu irmão continuou contribuindo ao PT e negando tudo o que havia acontecido. As vezes é difícil acreditarmos que ideais podem ser saqueados. Preferimos acreditar em outras explicações. É um processo de negação natural em todos nós. Mesmo com tabelas, escândalos, récordes em desvios e mentiras desmascaradas em menos de 24 horas, ainda assim preferimos nos enganar e continuar convictos de que todos são como nós e que ideais são mais fortes do que o dia a dia cru da verdade humana.

    Natural que petistas de arteirinha defendam essas mentiras intencionadas a manter o povo pobre em progresso e com noções moldadas da verdade. O meu irmão também utilizaria a democracia para tentar defender esse tipo de desrespeito ao povo e continuar negando que estava errado e que foi enganado.

    Ditado Popular: “Um corno geralmente é o primeiro a saber, mas o último a enxergar”

    Não usemos a democracia para justificar mentiras ao povo e a construção de cenários negativos e interesseiros.

    Curtir

  4. Realmente a parte triste é que para aumentar salários do primeiro escalão ou do judiciário nunca falta dinheiro (não importa quem está no governo).

    Curtir

  5. “gangster” “organização criminosa”… olha o que virou esse site… pessoal mau perdedor. Aceitem o que a maioria decidiu.

    Curtir

  6. Esses gangster do PT sao imprestaveis mesmo, nao havia duvidas que eles estavao armando algo, quando alguem vai com muita fome ao pote tem que desconfiar dos motivos…aumentos estratosfericos de salarios a seus comparsas, desistencia em investimentos e essa foi so’ a primeira semana…imagina oque essa organizacao criminosa nao ira aprontar daqui para frente!

    Curtir

  7. O Políbio tá brabinho pq falaram mal da yedinha.

    Curtir

  8. Tenho bastante dificuldade de ler esta tabela, ainda não entendi bem o que aconteceu. Mas bem, nós gaúchos já estamos acostumados com a choradeira de todo governador que assume né 🙂

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: