Modelo BRT de ônibus para Porto Alegre


Sugestão de post: Jânio (Jake)



Categorias:Outros assuntos

29 respostas

  1. Caro Felipe X

    Temos que ter ônibus, BRT e LTR, ou seja, integrarmos todos os meios de transporte. Mas os luminares da prefeitura (e até que o prefeito parece com um poste!) não pensam num projeto integrado. Deveria ter algo projetado para quando sobrar dinheiro se tenha a onde investir, mas isto é muito para quem só pensa nos próximos 3 anos.

    Desse jeito continuaremos ser a capital nacional da latinha.

    La tinha um transporte coletivo eficiente.
    La tinha prefeitos que planejavam para mais de uma década.
    La tinha inteligência…..

    Curtir

  2. Rogério, concordo que um “light railway” seria uma solução melhor, mas não acho que as soluções sejam tão mutuamente excludentes como falas. Creio que no momento que houver dinheiro, tempo e vontade política os portais da cidade poderiam ser transformados neste modal.

    E do jeito que falta luz com qualquer chuvinha aqui em POA…

    Curtir

  3. Mais uma vez estamos com o mesmo problema, não estamos pensando no futuro, sugiro que acompanhem o seguinte site http://www.oil-price.net/index.php?lang=pt , trata-se nada mais nada menos a cotação do petróleo dia a dia nos últimos 5 anos.

    O que se vê de interessante nisto, é que mesmo no meio de uma crise internacional de todo o capitalismo, o preço do petróleo não baixou de US$ 65 o barril, e hoje ele está em US$ 91. Se olharmos neste gráfico extremamente interessante veremos que no último ano e meio há uma subida constante do preço do petróleo, lenta porém constante, fazendo com que se possa facilmente projetá-la um preço livre de US$100,00 o barril para daqui no máximo meio ano.

    Bem, qual a conclusão que se pode tirar de algo que não está sendo manipulado (ninguém manipula a cotação do petróleo durante anos a fio, sem que haja altos e baixos na cotação do mesmo), é que o petróleo está cada vez se tornando um recurso mais escasso.

    A onde se encaixa isto tudo nos BRT de Porto Alegre? Se encaixa exatamente na solução que se está propondo para o transporte de massa, uma solução que será SOLUÇÃO até a próxima copa, depois disto deverá se fazer novos investimentos para transformar esses BRTs em LTRs para poder eletrificá-los.

    De novo perderemos o fio da história propondo soluções para uma só década.

    Já escutaram a expressão “Peak Oil”? Se não escutaram procurem olhar na rede. Fico espantado que vereadores e demais políticos, que se dizem preocupados com o meio ambiente, ou até ONGs ambientais gaúchas, AGAPAM, GAIA, etc… simplesmente se abstêm de algo tão importante como a política do transporte urbano.

    Ecologia para Porto-alegrense é não deixar a Prefeitura cortar uma árvore que está caindo na cabeça da população. Ecologia para nós é colocar um bicicletário no mercado público para cinco ou seis pessoas irem sábado no mercado para comerem sorvete na banca 40.

    Agora, implantar um sistema de transporte que será solução para quatro anos e depois construir tudo de novo para voltar a 1960, isto não é ir contra o meio ambiente.

    Curtir

  4. É.. faz sentido, anderson

    Curtir

  5. Gente,
    há portas em ambos os lados. Do outro lado elas são altas. Oservem a foto, cliquem pra abrir maior.
    Há fotos do outro lado como o colega postou mais acima:

    Observem que dá pra ver nessas fotos que as portas de um lado são altas e as do outro lado são baixas, com escadas.
    Não dá pra construir um ônibus só com portas altas. E em caso de uma emergência ou de um pneu furado o ônibus seja obrigado a parar fora das estações altas? O povo sai de lá pulando naquelas infláveis, como fazem nos aviões em caso de pane?

    Curtir

  6. Só mais uma porta e ta bom.
    =D

    Bonito o onibus.

    Curtir

  7. Em relação as portas concordo 100%, elas até parecem desproporcionais em relação ao ônibus.

    Curtir

  8. É mais fácil ver como não fazia sentido tirar os bondes 30 anos depois, na época provavelmente não era tão óbvio.

    Como o próprio Rogério falou antes, aquela época o petróleo era barato. Estamos nos comparando muito com a Europa, mas nos anos 60 o Brasil crescia bastante e a Europa ainda estava se reconstruindo, são situação diferentes.

    Infelizmente copiamos o modelo americano de transporte individual sem adotar o planejamento urbano. Acho que foi a pior opção possível.

    Curtir

  9. Quem desenhou esse ônibus já pegou um T11 em horário de pico só com uma porta de saída? Obviamente não. Pois é. E ônibus com porta baixa assim geralmente significa uma coisa: Impossibilidade de conexão sem ter que pagar uma outra passagem.

    Curtir

  10. Os bondes foram extintos em nome do progresso e desenvolvimento, veja so’. A Suica, Austria e Alemanha sao todos paises sub-desenvolvidos e, por isso, ainda os utilizam.

    Curtir

    • HAHAHAHA!Isto é pra rir,Suíça,Alemanha e Áustria são países subdesenvolvidos?Acho que vc se equivocou…aliás os bondes elétricos dos europeus são novos.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: