Sobre ampliação da pista do Aeroporto Salgado Filho

Resposta ao e-mail do Jânio (Jake) por parte do presidente da Amal sobre a ampliação do Aeroporto Salgado Filho

“Infelizmente as informações que tu tens são distorcidas, pois nossa Pista, e a TAP já anunciou isto, tem condições de Voar sem escalas POA – Lisboa, POA-Miami, etc… o que acontece com as cargas é o Següinte: O RS exporta 48% de sua carga área que vem de caminhão de Caxias destruindo as estradas, 32% do Vale dos Sinos e 20% do resto do Estado e da Capital.

O Governo Federal que tem dinheiro sobrando e que sabe que o Aeroporto de Porto Alegre e a cidade não tem uma convivência dentro das regras, pois há hoje 574 obstáculos acima do nível de segurança para pousos e decolagens em POA, e com a ampliação da pista serão mais de 800 obstáculos a que todos nós estamos sujeitos cada vez que embarcamos numa aeronave.

Para resolver o problema das cargas no RS é tão simples para o Governo que tem dinheiro dos meus impostos, dos teus impostos sobrando, construir um aeroporto entre os dois maiores pólos de exportação do Estado, ou em algum deles. O que transformaria POA num bom aeroporto de passageiros, e funcionaria como Congonhas e Guarulhos, quem vai para o exterior em SP deve ir até Guarulhos! PQ não um grande aeroporto de Cargas e com grandes capacidades em NH? é mais perto do que Guarulhos de SP.

Minhas declarações nada tem de ideológicas, não são oposição ao PT simplesmente, é oposição ao disperdício de dinheiro que se está fazendo e do pensar pequeno dos gaúchos que deveriam lutar para como MG, SP, e RJ contar com 2 grandes aeroportos, para honrar o tamanho de nossa economia, achar que lutar não adianta e estar passivo, não me serve, por isso vou denunciar as irregularidades todas de operação e do projeto de ampliação ao Ministério Público Federal e embargar as obras, sem nenhuma culpa e em paz com minha consciência.

Att,

Daniel Kieling
Presidente da AMAL”

 

 



Categorias:Outros assuntos

17 respostas

  1. Primeiro chegou o Salgado Filho em 1925, certo, ai o povo vai morar lá e ai. A próxima geraçäo de turbinas vai reduzir em 20 % o barulho. Os aeroporto tem que crescer e a regiäo vai junto. Em NÓIA e CXS onde tem lugar para pista de 3200 metros??? Mas Salgado Filho tem muito espaço a crescer, é só usar inteligência.

    Curtir

  2. Eduardo, som de avião se ouve por toda cidade.

    Curtir

  3. Ander, como eu disse, não significa que chegue a incomodar, mas é possível ver e ouvir os aviões daqui… porém já estão tão alto que o som se mistura a pássaros cantando, etc. Pena estar nublado, senão eu filmaria algum avião decolando. Mas repito, não é nada que chegue a incomodar ou mesmo a oferecer risco.

    Curtir

  4. Carlos, reflita. Quer comprar o silêncio de um “Ipanema” pelo preço de banana? O aeroporto está ha bastante tempo aí, desde que você se mudou aposto que ele já se encontrava em tal local. O seu IPTU é com certeza menor que o de alguém que mora afastado do aeroporto.

    Eu entendo a sua preocupação de não conseguir dormir pela noite, devido ao barulho e medo. No entanto, a escolha da moradia em tal lugar é completamente sua. Esse projeto de expansão é antigo. E, tem que ter muita falta de senso, pra não imaginar que “cidades crescem, aeroportos crescem”.

    Beijos,
    Lucas

    Curtir

  5. Para a questão do barulho hoje existem aquelas esquadrias redutoras de ruído, e outros materiais fonoabsorventes. Quanto a um terminal cargueiro em Caxias do Sul, realmente seria interessante, mas querer impedir que o aeroporto de Porto Alegre tenha condições de segurança para a operação de aeronaves maiores é uma mentalidade extremamente atrasada. Quem não gosta de avião grande deveria se mudar para aquelas regiões de garimpo no meio da Amazônia onde só pousa teco-teco…

    Curtir

  6. Eles querem o que?
    Que um novo aeroporto seja construido em Belem Novo ou em NH?
    Que toda uma população seja prejudicada por que meia duzia de moradores não estão satisfeitos com a desvalorização dos seus imoveis?

    Eles não tem nem o que discutir. Ninguem foi obrigado a comprar um imovel ali, e não interessa se na época o movimento de voos era baixo, as coisas mudam, Porto Alegre é uma cidade grande e o aumento no número de pousos e decolagens é algo inevitável.

    Alem do mais, a ampliação da pista do Salgado Filho irá beneficiar milhões de gauchos, principalmente a cadeia produtiva do Estado, melhorando a competitividade de setores voltados a exportação e trazendo mais visibilidade para o RS.

    O impacto positivo desta obra para nós gauchos nem se compara aos “problemas” enfrentados por alguns moradores insatisfeitos. É mais barato eles mudarem dali do que um aeroporto.

    Curtir

  7. Conheço idosos que moram perto, os aviões passam colados na casa deles,e nunca reclamam.

    Eu moro perto do aeroporto, são raros os momentos em que me incomodo com isso.
    Estudei na Fatec, tinha que passar pela região e ir até o sarandi, nunca tive problemas, nem passando na frente do aeroporto nem nada.

    Pode ser chato pra quem mora colado ao aeroporto, mas se for, se muda né…

    Sai mais barato tirar essas pessoas de la do que fazer um aeroporto novo… alias, nosso aeroporto é muito bem localizado, com uma boa infro estrutura, bastante terreno… não faz sentido tirar ele.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: