Turismo internacional teve crescimento de 6,7% em 2010

Em 2010, foram 935 milhões de chegadas de turistas internacionais

O turismo mundial registrou um crescimento de 6,7% em 2010, contra uma previsão de 5 a 6%, anunciou nesta segunda-feira a Organização Mundial do Turismo (OMT), órgão ligado às Nações Unidas.

— Estimulado pelas melhores condições econômicas no mundo, o turismo internacional se recuperou mais rapidamente do que o previsto após os impactos da crise financeira mundial e da recessão econômica do final de 2008 e de 2009 — explicou a organização.

Em 2010, foram 935 milhões de chegadas de turistas internacionais, contra os 920 a 930 milhões previstos inicialmente. Com este nível, o turismo mundial supera o registrado antes da crise, em 2008 (913 milhões).

— Apesar de todas as regiões terem registrado aumento na chegada de turistas internacionais, as economias emergentes seguem sendo o principal motor da recuperação — destacou a OMT.

Segundo a organização, a Ásia foi a primeira região a recuperar o fluxo de turistas, com um crescimento de 13%, o equivalente a 204 milhões de chegadas. Já a África, que foi a única zona com números no azul em 2009, registrou um aumento de 6% de turistas em 2010. O Oriente Médio obteve alta de 14%, a zona americana, de 8%, e a Europa, de 3%. O continente europeu teve dificuldades com a erupção vulcânica islandesa e as incertezas econômicas da zona do euro.

Em termos de gastos no exterior, o turismo foi impulsionado pelas grandes economias emergentes como o Brasil, onde esse tipo de despesa subiu 52%, enquanto na Arábia Saudita o aumento foi de 28%, na Rússia, de 28%, e na China, de 17%.

— O poder das economias emergentes dos BRIC (China, Índia, Brasil e Rússia) reflete no turismo. O Brasil aumentou seus resultados em 52%, o que é muito impressionante. Mais uma vez, o turismo demonstrou que é um setor muito resistente — disse o secretário-geral da OMT, Taleb Rifai.

De acordo com Rifai, o balanço “é melhor do que muitos especialistas esperavam”.

Para a OMT, a demanda do turismo “se manteve bem em 2010, apesar da persistente incerteza econômica em alguns mercados importantes, as catástrofes naturais sofridas em alguns países, a instabilidade política e social em outros, as graves perturbações do tráfego aéreo por causa da erupção vulcânica na Islândia em abril passado e o problemático clima em parte da Europa e nos Estados Unidos em dezembro”.

O turismo também aproveitou “grandes acontecimentos” como a Exposição Universal de Xangai, o Mundial de Futebol na África do Sul, os Jogos Olímpicos de Inverno no Canadá e os Jogos da Commonwealth na Índia.

— O mais importante é que estamos acima do nível de 2008… O desafio agora é confirmar este crescimento, o que não será uma tarefa fácil — advertiu.

Segundo a OMT, o crescimento deverá continuar em 2011, mas com um ritmo menos acentuado, entre 4 e 5%.

— Os elevados índices de desemprego seguem sendo uma preocupação importante. A gradual recuperação do mercado de trabalho prevista para 2011 não será suficiente para compensar os empregos perdidos durante a crise econômica — disse a OMT.

AFP

________________________

Mais um motivo para a cidade se preparar nos próximos anos.  A Copa dará publicidade para Porto Alegre. É inegável que antes mesmo da Copa, emissoras do mundo todo (especialmente dos países que jogarão aqui) farão matérias, contarão a história da cidade, do estado, etc.

Uma das minhas diversões durante os anos e meses que antecederam a Copa na África foi o de assitir programas especiais sobre o país e sobre as cidades sedes. Desde Discovery Channel, People + Arts (atual Liv) até canais fechados e de esportes. Muito se falou em África e menos em futebol e mais sobre o cotidiano do país e de suas cidades sedes.

Porto Alegre precisa urgentemente de um “Diretor de Marketing” que ajude a impulsionar a imagem da cidade e atrair turistas. Talvez vendo a cidade cheia de pessoas do mundo todo, algumas pessoas daqui consigam pensar “fora do quadrado” e pensar na cidade como um todo e não só em sua rua e seu bairro.

Anderson Vaz



Categorias:Outros assuntos

14 respostas

  1. pessoal, já viram o modelo do ônibus do sistema BRT de porto alegre ? muito bonito!

    Curtir

  2. se esse (des)governo miserá*el não fizer o mínimo de esforço para continuar com as ações definidas pelo governo anterior para a copa do mundo (cais do porto, ampliação da pista em geral).. o único passeio turístico de porto alegre será andar de aeromóvel, e pra isso, nem precisaria adentrar a cidade, o laçador é aí perto e a serra é virando a direita.

    Curtir

  3. O brique é melhor que muita feirinha em muita capital badalada mundo a fora.
    E os gringos que eu conheço aqui vivem indo lá. Gostam sempre e é o tipo de lugar que eles exploram em cada países que visitam.
    O que eu não gosto é que muita gente acha que pra POa ser uma cidade turística tem que se parecer como as cidades nos filmes. Aquele trecho perfeito que aparece nos filmes.
    Cada cidade tem sua essência, seu povo, sua história, suas particularidades. E precisa saber explorar isso. Não precisa parecer mais moderna ou uma Paris ou Veneza. Ou uma NY. O mundo tem milhares de cidades e as pessoas querem que Poa seja as vezes só como as top 10 mais famosas. O Italiano e a Venezuelana que recebi há uns meses atrás, donos de hotéis e até uma empresa aérea de Caracas, adoraram circular a pé pelo Centro. Entrarma em tudo que é lojinha da Salgado Filho. Depois me ligaram e busquei eles na rua, no Centrão, na Otávio Rocha. E me disseram que é isso que eles gostam, gente de verdade, vida de verdade. E não coisas óbvias, fakes.
    Depois fomos jantar no Bah do Barra Shopping e adoraram, disseram que é nível “Miami”…
    Uma cidade turística tem que ter isso tudo. Eles amaram mais POrto Alegre que Buenos Aires, só pra constar. Assim como as duas americanas que agora estão morando em BH e ficaram 2 anos em Poa que preferem Poa à Buenos Aires e a BH. Então, um Diretor de MKT experiente ia direto nessa gente e descobrir oq ue ele smais gostam em Porto Alegr e o que menos gostam. Aposto que a Usina, o Brique e outras feirinhas iam estar no topo das coisas que gostam. É saber ouvir os turistas. Porque se ouvir só os portoalegrenses vai ser destruir as melhores caracatristicas da cidade pra virar uma Miami ou Punta…

    Curtir

  4. Mas o meu comentário abaixo do texto principal foi extamente sobre isso, que a cidade precisa pensar no Turismo, ou seja, MUDAR pra virar uma cidade turística. Não disse que ela tá pronta e sim precisa melhorar pra virar uma cidade turística. (cais, centro limpo e organizado, passeio de bonde no centro, aeromóvel, parques cuidados e seguros já seriam grande coisa…)
    Turismo não se resume em lugares pra bater fotos. Porto Alegre é uma cidade muito mais fotogência que Curitiba e Curitiba recebe mais turistas que Porto Alegre. Porto Alegre tem muito mais história, prédios históricos, opções de bares e restaurantes.. É mais arborizada, com grandes parques..
    Mas Curitiba atrai mais turistas só pelo marketing em cima de cidade limpa e planejada.
    Focaram em algo e transformaram Curitiba em sinônimo de qualidade de vida, limpeza e organização. Case de Marketing! É disso o que eu falo quando digo que Poa precisa de um Diretor de Marketing. Precisa de alguém inteligente e antenado que vai saber tirar o potencial máximo da cidade.
    E não é detonando seus pontos fortes. A Usina não deve ser impodida e sim, ser melhor aproveitada. Duvido que exista alguma cidade no mundo que não desejaria ter uma usina/fábrica antiga na beira de um rio, num dos pontos de mais visibilidades que pudessem transformar num Centro Cultural ou museu.
    O que acontece é que o lugar precisa ser muito melhor do que é e não só um puxadinho. Mas jamais implodí-lo e sim potencializar as possibilidades com um Centro Cultural desses. Não é renegando as principais caracteristicas da cidade que vai se conseguir deixar a cidade turística e sim melhorando o que de melhor a cidade tem a oferecer.

    Curtir

  5. Eu tenho vergonha dessa desgraça de investir em feirinhas, parece coisa de cidade de 5 mundo onde as grandes atrações são pessoas mortas de fome se humilhando por uns trocados, ou, umas feiras onde o pessoal se mata pra produzir algo e ter de vender por um valor muito baixo desmerecendo o seu trabalho, sem contar a sujeira e outras coisas…

    Não to falando em Shopping, isso Poa ja tem, falta modernidade, coisas bonitas.

    Acho o brique uma coisa feia, estranha, não gosto…

    Olha o que é a usina do gasometro, ta louco.
    Vendedores de churros vendendo nuns carrinhos que podem explodir, é incrivel.

    Curtir

  6. andervaz

    Tu não entendeu o que eu disse cara.

    Leia com atenção.

    Não disse que porto alegre NÃO PODE SER UMA CIDADE TURISTICA, disse que ela hoje não tem o que apresentar.

    Poucas mudanças ja ajudariam nisso, investimentos na orla, reformas no centro e pronto.
    Quem é que vai querer vir pra Poa pra bater foto dentro de um bar?
    Tem que dar um jeito na orla e fazer as pessoas quererem vir para Poa para bater uma foto la, pode ser com o por do sol ou não, mas num lugar que chame as pessoas para ver o lago/rio.
    Porto Alegre não tem nada que chame a atenção, é tudo mal cuidado, oportunidades a cidade tem, mas ai vem os “ambientalistas” e ferram tudo.

    Curtir

  7. Se porto alegre passar vergonha durante a copa..acho eu que NAO seria muito ruim nao!!! Se passarem vergonha, talvez a mentalidade atrazada que ainda impera seja enterrada!!! Coisas do tipo Ecochatos, Petismos e esquerdismos radicais do genero seriam vistos pelo que sao, coisas tristes, burras e atrasadas, quem sabe?? Depois de passar vexame, talvez as pessoas se sintam tao mal que tentem mudar a coisa e comecem a tratar a cidade com um pouco mais de capricho, higiene e inteligencia. Mas acho que outras cidades passarao muito mais vexame do que POA! Olha o Rio, em dois meses tiveram ataques armados de guerrilheiros e agora veio o morro a baixo. Imagina oque nao ira acontecer por la!!!

    Curtir

  8. Que isso Guilherme, Porto Alegre possui diversas opções de lazer.

    Nós possuimos um lindo e majestoso Bar Flutuante na nossa Orla, tem o Brique da Redenção, a Usina do Gasometro e seu entorno de “primeiro mundo” e até lá talvez o Cais Mauá já esteja pronto, com algumas bancas de artesanato e um mercado popular.

    Mas com certeza haverá diversos programas especiais antes da copa mostrando a nossa cidade, os problemas e curiosidades da Capital, mas que cidade vamos mostrar para o mundo?
    Pelo visto poucas pessoas estão preocupadas com isso, e como bem ilustrou o Anderson Vaz, existem alguns, (eu diria vários) que não conseguem pensar “fora do quadrado” e assim nossa cidade vai caminhando em direção a Copa do Mundo, uma cidade desunida, suja, movida a interesses politicos e pessoais, ideologias ultrapassadas e muita incopetencia.

    Curtir

  9. Guilherme, discordo de ti.
    O que Buenos Aires tem de apelo natural? E Montevidéo?
    Essa semana ainda fiquei sem carro e resolvi pegar um ônibus depois de anos… Desci na praça em frente a Santa Casa e vim a pé pela Rua da Praia. Cheia de possibilidades, cheia de prédios lindos que deveriam ser restaurados..
    Porto Alegre tem o mesmo apelo dessas cidades. Deve explorar o histórico, o cultural, a beleza da cidade construída… Nosso Rio não tem o mesmo apelo do mar, mas se a Orla for bem estruturada e aproveitada, acaba sendo um lugar mais lindo que muito marzão por aí…
    Porto Alegre deve incentivar o surgimento de Restaurantes como o Chicafundó, Barbieri, Mercato Dárte, Oscar… Bares como o Natalício, Prefácio… O novíssimo Pampa Burger.. Espaços como o Restaurante Casa da Moeda e Café do Cofre no Santander Cultural e o Restaurante do Multipalco…
    Esse tipo de características são atrativos de turistas. Quantas vezes eu já ouvi de gente que quis ir pra BH só pro causa dos Bares? E pra Punta, o que tenho de amigos que só falam dos restaurantes e points.. Porque o Mar de Punta não é muito melhor que o nosso.

    Existe um ranço de alguns gaúchos com a própria capital. Se Porto Alegre fosse Buenos Aires, iam dizer que precisaríamos explodir o Obelisco, passar o trator na feirinha de San Telmo, Aterrar o Cemitério onde Evita está enterrada, destruir e construir um shopping no Caminito… E sobretudo, rir a torto e direito do Tango.

    Curtir

  10. Mas é complicado, outras cidades do Brasil até tudo bem, mas o que mostrar em Porto Alegre para os gringos?
    Só temos a tia carmem mesmo, e suas belas mulheres, por que de resto, que tedio.

    Gramado se sairia melhor, Porto Alegre vai ser o outdoor de cidades do interior, vai continuar na mesma, pessoal só vai parar aqui pra seguir viagem em direção a serra.

    No dia que derrubarem a Usina do gasometro, ai sim começo a acreditar no tursimo de Poa.
    Simbolo do ecoseissabemoque.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: