Vem aí o primeiro gramado sintético do Brasil

Está quase pronto o novo gramado do estádio do São José. Leonardo Gottems, assessor de imprensa da empresa Gramados Sintéticos, parceira do Zequinha, envia algumas informações sobre a obra:

“As próximas duas semanas marcam a reta final de conclusão dos trabalhos para a inauguração do primeiro estádio brasileiro com grama sintética – o “Passo D’Areia”, do Esporte Clube São José. Empresa responsável pela obra, a “Gramados Sintéticos Assessoria Esportiva” corre contra o calendário em função de três fatores: o atraso no início das obras, contratempos relacionados à falta de infra-estrutura da região e as péssimas condições climáticas dos últimos dias em Porto Alegre.

O maior desafio enfrentado no momento é o terreno sobre o qual o estádio está localizado. Trata-se de uma região de natural acúmulo de água subterrânea, e que tem uma situação piorada pela grave falta de infra-estrutura da rede pública de escoamento pluvial.

Em função desse panorama, foram necessárias obras adicionais para dotar o novo campo do São José com um sistema extra de drenagem – o que atrasou o cronograma das obras. O anterior não contava com dreno apropriado para escoar a água da chuva.

O próprio início da obra de substituição pelo piso sintético teve de ser adiado em 20 dias. Isso porque houve atraso na remoção da antiga grama natural (não realizada pela “Gramados Sintéticos”), que foi transferido para o estádio do “Cerâmica Atlético Clube”, de Sapucaia do Sul.

Volume histórico de chuva

Outro contratempo significativo foram as constantes e fortes pancadas de chuva que assolam a Capital gaúcha desde dezembro. De acordo com a Prefeitura de Porto Alegre, o volume de água neste mês de janeiro, por exemplo, já supera a média histórica antes mesmo do final de sua primeira quinzena”.

Apesar dos atrasos, já está em fase de acabamento o gramado sintético do Zequinha. Nada mal, para o futebol gaúcho: em breve, dois estádios moderníssimos, particulares, e o primeiro gramado sintético do Brasil. E ninguém diz que o gaúcho é quem mais gosta de futebol, no Brasil. Pode, até, não ser, mas os melhores dirigentes de clubes do país sempre estiveram aqui, salvo honrosas exceções.

Blog do Wianey Carlet

Share



Categorias:Outros assuntos

Tags:, ,

2 respostas

  1. Não entendo qual é o motivo de usar gramado sintético. Numa quadra fechada tudo bem, mas em área aberta eu tenho lá minhas dúvidas quanto à conservação.

    Curtir

  2. Sou contra o uso de gramado sintético.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: