AEROPORTO SALGADO FILHO – Avança licitação para o aeromóvel

A Trensurb recebeu ontem as propostas referentes à licitação para fornecimento dos veículos que irão operar na linha do Aeromóvel – que ligará a Estação Aeroporto do metrô ao Terminal 1 do aeroporto Salgado Filho. Após a abertura dos envelopes, a sessão foi suspensa para análise técnica. Não há prazo definido para divulgar o resultado da licitação. O processo foi aberto no dia 23 e compreende o fornecimento de dois veículos, incluindo serviços de engenharia, suprimentos, montagem, instalações, fabricação e transporte.

Zero Hora

Share



Categorias:Aeromóvel, aeroportos brasileiros

Tags:

3 respostas

  1. Bem que poderia ter uma administração decente para os aeroportos brasileiros. Infraero é ineficiente, seria melhor deixar nas mãos dos militares da FAB.

    Curtir

  2. Bem que a Zero Hora poderia fazer uma reportagem à respeito do descaso com o salgado filho!

    Curtir

  3. Um comentário sobre o Salgado Filho. Quando inaugurado dez anos atrás por FHC o novo terminal tinha um chão que reluzia, muito bonito, estava sempre encerado, dando um aspecto moderno ao terminal.

    Já quando Lula assumiu simplesmente ignorou o terminal de FHC. Hoje em dia, nem o enceram, deixando-o sujo e opaco, deixando as pessoas à vontade para darem ao piso do terminal o mesmo tratamento que dão à rodoviária central de POA. Na próxima vez que visitarem o terminal observem a quantidade de chicletes colados no chão na área próxima às filas do check-in. Os chicletes chegam a estar pretos de tão grudados e piosteados. Aquele piso não vê um pano de chão e uma enceradeira há anos. Tá parecendo a rodoviária.

    Isso pra não falar da lamentável decisão da infraero de não renovar a concessão inovadora de cinemas no aeroporto, a contra-gosto do dono dos cinemas, que queriam renovar, sob o pretexto que a administração da infraero precisava da área para escrirórios internos deles. Ora, deveriam ter construído um prédio de escritórios ali na área do atual TECA, entre os dois terminais, e construir uma passarela com esteiras rolantes ligando os dois terminais, como existe no Galeão, ao invés de regredirem e retirarem à força os cinemas, retomando a àrea deles em desfavor da população.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: