Duplicação da Voluntários da Pátria preservará fachadas de prédios históricos

Conjunto de porticados será mantido no canteiro central - Pedro Moreira

Obra deve começar durante o segundo semestre deste ano e está estimada em R$ 30 milhões

Obra que figura entre as ações previstas pela prefeitura para preparar Porto Alegre para receber a Copa do Mundo de 2014, a duplicação da Rua Voluntários da Pátria ganhou um novo impulso. O Conselho Municipal do Patrimônio Histórico Cultural (Compahc) aprovou um novo desenho para o traçado da via, preservando a fachada de prédios históricos no trecho entre a Rua da Conceição e a Avenida Sertório.

A decisão acaba com um entrave que impedia o andamento do projeto, agora previsto para sair do papel a partir do segundo semestre. Considerada fundamental para desafogar o trânsito, criando uma alternativa de ligação com a Zona Norte para as saturadas avenidas Farrapos e Castelo Branco, a duplicação também será importante no processo de revitalização da região do antigo Quarto Distrito. A via terá três faixas em cada sentido – uma delas preferencial para ônibus –, ciclovia, canteiro central e calçadas nas laterais.

Com custo estimado de R$ 30 milhões e verba prevista na Matriz de Responsabilidades da Copa – contratos de financiamento assinados entre prefeitura e Caixa no valor de R$ 426 milhões –, o projeto estava emperrado por causa da discussão sobre a preservação dos prédios históricos, ignorada pelo traçado previsto ainda no Plano Diretor de 1959. As construções são inventariadas, ou seja, precisam ser preservadas mesmo que não sejam tombadas.

– Sabíamos que havia um conjunto de fachadas com interesse sociocultural no trajeto. As propostas que tínhamos exigiam ou muitas desapropriações ou a retirada dessas fachadas. O Compahc aprovou uma outra alternativa, apresentada pelos representantes da Secretaria Municipal da Cultura, que mantém fachadas preservadas no canteiro central – explica o secretário municipal de Gestão e Acompanhamento Estratégico, Newton Baggio.

Obra concluída até 2013

De acordo com o coordenador da Memória Cultural da SMC, Luiz Custódio, uma fachada que fica entre o prolongamento da Rua Barros Cassal e a Rua Garibaldi será mantida, assim como um conjunto de porticados (espécie de galeria) e uma chaminé na esquina da Ernesto Alves. Também haverá um pequeno desvio no trajeto entre as ruas Câncio Gomes e Almirante Barroso, onde há quatro galpões.

Com o consenso em torno do traçado, o projeto deve ser finalizado e encaminhado à Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e, após, à Caixa. O canteiro de obras entre a Conceição e a Sertório, numa extensão de 3,5 quilômetros, deve ser montado no segundo semestre. A duplicação deve estar pronta em 2013, antes da Copa das Confederações. Ainda não se sabe o número de desapropriações.

Zero Hora

Share



Categorias:Outros assuntos, Patrimônio Histórico, Prédios, Restaurações | Reformas, Revitalização 4º Distrito

Tags:,

7 respostas

  1. Possuo um prédio na voluntarios da pátria, no sentido
    centro/bairro, apontado para conservação. Onde posso
    informar-me sobre a situação do mesmo?

    Curtir

  2. Não entendo porque manter os galpoes que são usados como depósito de lixo, esses galpões são as dor de cabeça de comerciantes da região, esses locais são verdadeiros dépósitos de ratos e custuma em dia bdia de ventos sujar ainda mais nossa cidade

    Curtir

  3. Tem muitas fachadas bonitas na região. O problema é q os prédios estao ocupados por mecanicas, borracharias, alguns vazios, enfim, o tipo de negócio q nao tem faz nenhuma questão de ser bem apresentável. Isso sem contar q é um tradicional ponto de prostituiçao.

    Curtir

  4. Mais importante que recuperar as fachadas é tirar os nóias de crack e as prostitutas da região.

    Curtir

  5. Bah, não sei o que tem muito para preservar ali… se bem que parece que há algum prédio do Wiederspah ali. Não sei qual é mas as projetos dele costumam ser muito bonitos.

    Curtir

  6. Muito bom.

    Essa duplicação vai dar uma valorizada na regiã… graças a deus.

    Tomara que a prefeitura saiba tirar um pouco do transito da Farrapos e levar ele pra voluntarios, um pouco mais de movimento ali ajuda na valorização comercial da area.

    Ainda mais com uma avenida arrumada, bonita….

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: