Enxurradas estragam calçadas – Moradores de Porto Alegre reclamam dos diversos problemas, principalmente buracos, em áreas do Centro e dos bairros

Chuvas dos últimos dias agravaram situação das calçadas na Capital - Crédito: TARSILA PEREIRA

Os dias de chuva em Porto Alegre agravam um problema visível em ruas de todos os bairros: o mau estado de conservação das calçadas, que causam todo o tipo de transtorno. O estudante Felipe Machado, que trabalha no Centro e mora no Partenon, comentou: “Caminhando pelo Centro a impressão que se tem é de abandono. Em dias de chuva tem buraco e acúmulo de água em quase todas as calçadas”. “Onde moro é quase tudo paralelepípedo. Até que está melhor por lá”, acrescentou o estudante.

Morador da rua Riachuelo, o chaveiro Sérgio Candido assiste de camarote aos reflexos da falta de qualidade das calçadas da cidade. “Idosos, mulheres que andam de calçado aberto e os homens que andam de sapato precisam ficar atentos, pois, do contrário, voltam para casa com o calçado ou até a roupa suja”, afirmou o profissional, que trabalha na Rua dos Andradas.

A Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) é responsável pela conservação das calçadas de prédios públicos e locais que não têm meio-fio. A conservação dos passeios é de responsabilidade do proprietário.

As reclamações podem ser feitas por telefone ou ainda por meio da página da Smov no site www.portoalegre.rs.gov.br/smov. Depois da reclamação, a demanda entra na rotina da fiscalização. A denúncia passa por triagem, é separada e distribuída entre as regiões Sul, Norte e Centro. O prazo médio para o reparo é de 15 a 30 dias, dependendo da situação da calçada. No ano passado, a Smov emitiu mais de mil autuações e quase metade deste total foi registrada no Centro. Confirmada a falta de conservação da calçada, a multa pode chegar a R$ 1.082,90.

Correio do Povo

Share



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

5 respostas

  1. Eu ja não gosto mto desses ladrilhos… ainda mais pra um lugar de grande circulação, como no centro. Gostei mto da calçada nova em frente ao Edel Trade Center… ficou bonita. Mas acho que no centro deveria ser um concreto alisado, com um “piso especial” em alguns locais, como praças, glenio peres, canteiros, etc

    Curtir

  2. Ainda acho que os ladrilhos estilo portugues, muito legais. Várias cidades brasileiras entre elas, Curitiba, tem em seu centro essa técnica utilizado onde formas características de elementos da cultura local são colocadas como por ex: pinhas, araucárias, etc… Aqui nem as que tem no entorno da Praça da Alfandêga ( que é tombada) não é respeitada, como se vê no dia-a-dia, os vários remendos com cimento que é posto emcima.
    Poderiamos em alguns locais colocar ladrilhos desse tipo com formas que remetem a nossa cultura como: erva-mate, elementos gaúchos, etc… além é claro, de iluminação e bancos decentes para todos sentarem. Tudo padronizado!!!
    paginas com exemplos de ladrilhos:http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=860420&page=3
    Curitiba: http://forum.skyscraperpage.com/showthread.php?t=166860
    Vila Isabel/RJ: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=797992
    Obviamente que tem q haver grande manutenção, mas além de embelezar a cidade, protegeria ( ao gerar empregos) um saber dos poucos trabalhadores detêem.

    Curtir

  3. Concordo.. mas acho que o Centro deveria ter um mobiliário urbano e um calçamento próprios.. e um belo calçamento, durável…

    Curtir

  4. Poderia haver padronização de calçada não só no Centro, mas nas principais avenidas também. Deveria haver padronização de canteiros (jardins), calçamento e mobiliário urbano, ja q mtas vezes postes, telefones publicos e placas são colocados simplesmente no meio da calçada.

    Curtir

  5. Leva tempo e custa dinheiro, mas eu queria a padronização das calçadas no centro, até como uma identidade do bairro.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: