Diante do silêncio do Inter, Grêmio se assanha para fazer de sua nova arena o palco do Mundial

Giovanni Luigi, presidente do Inter: silêncio diante das investidas do rival tricolor Crédito: Divulgação - Jefferson Bernardes - Vipcomm

O impasse do Internacional para decidir qual construtora assumirá as obras do estádio Beira-Rio acordou seu maior adversário. Em matéria publicada no jornal O Estado de São Paulo na quinta-feira (10), o presidente da Grêmio Empreendimentos, Eduardo Antonini, avisou que se a reforma colorada não sair, o novo estádio gremista estará pronto para sediar o Mundial. Procurado pela reportagem, o presidente do Inter, Giovanni Luigi, preferiu não se pronunciar.

A confiança gremista está baseada na afirmação da construtora OAS, responsável pela nova arena do time, que garante conseguir, até abril, um crédito de R$ 210 milhões do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Social).

Segundo fontes ligadas ao Internacional, apesar de o clube já ter feito várias reuniões com a Andrade Gutierrez, gigante da construção civil brasileira, existem mais três ou quatro grupos interessados na parceria. 

No dia 20 de janeiro último, o diretor comercial da empresa, Leonardo Salvaterra, declarou ao jornal Zero Hora que bastava o Conselho Deliberativo do clube dizer “agora!” para as obras de remodelação começarem. Dentro de uma semana, após pequenos ajustes, o executivo esperava ligar as máquinas. De lá para cá, nenhum contrato foi assinado.

Blog De Olho em 2014

Share



Categorias:Arena do Grêmio, COPA 2014, Gigante para Sempre (Beira Rio), Grêmio e Inter

Tags:, , , , , , ,

10 respostas

  1. P.S.: Desculpa os erros de digitação, mas to quase dormindo aqui 😛

    Curtir

  2. Mas isso já está certo: o entorno não sairá até a Copa. E não sou eu quem digo (apesar de ter certeza) mas sim o próprio Inter já afirmou em uma entrevista.

    Infelizmente não me recordo da matéria mas sei que a mesma foi postada aqui no blog. Sei disso porque quando li me decepcionei bastante.

    Apesar de gremista reconhece que, como disse o João, o Beira Rio tem um projeto bem mais ‘turístico’

    Mas a realidade é essa: só sai o estágio, o gigantinho e o edifício garagem.

    Até porque tem outra matéria (também postada aqui no site) falando das tratativas do Internacional em fazer um Campo de Concentração na região metropolitana. E, como sabemos, o projeto do Beira Rio prevê campos para treino e estcionamento em baixo.

    Enfim. O projeto, como vemos naquelas maravilhosas fotos, não sai.
    Um pena! 😦

    Curtir

  3. O entorno eu acho mais difícil ser feita alguma coisa, no máximo um edifício-garagem e um trapiche.

    Curtir

  4. Gerson,

    Realmente é isso q me preocupa. Nao ouvi nenhuma noticia a respeito dos hoteis, torres comerciais, bares, restaurantes, deques e marina q estao previstos para o entorno.

    Lamentável.

    Curtir

  5. ^^ E vc realmente acha que o “entorno” vai sair ateh a Copa!?!?
    De gracas a Deus se o estadio estiver pronto.

    Curtir

  6. Sou gremista, mas acho q o projeto do Beira-Rio é muito mais “turístico” se realmente se confirmar toda a estrutura q terá ao redor do estádio, aproveitando-se principalmente da proximidade com o Guaíba.

    Sem dúvida seria o complexo mais bonito do Brasil durante a Copa.

    Curtir

  7. Não existe disputa, mas uma opção segura e bem encaminhada para a cidade de Porto Alegre ser bem representada em 2014, a Arena do Grêmio. Por enquanto o estádio indicado pela cidade é o Beira-rio reformado e só depende da boa execução do projeto proposta para a sua confirmação como o estádio da Copa.

    Curtir

  8. ^^ concordo.

    Curtir

  9. Não vejo sentido nenhum Grêmio e Inter se preocuparem tanto em ser sede dos jogos da Copa. Eles devem se preocupar em construir bons estádios e terem uma bela estrutura patrimonial para satisfazerem suas enormes torcidas, e não para 3 ou 4 jogos. A cornetagem e a flauta devem existir sobre conquistas do futebol e não por serem sedes da Copa.

    Curtir

    • Concordo plenamente Paulo ! Não tem porque este GRE-NAL da sede da Copa. O mais importante é que a cidade ganhe dois modernos estádios, o que vai qualificar os dois grandes times do RS.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: